Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5798
Tipo do documento: Dissertação
Título: A mediação do professor e a aprendizagem de geometria plana por aluno com transtorno do espectro autista (síndrome de Asperger) em um laboratório de matemática escolar
Título(s) alternativo(s): Teacher mediation and the learning of plane geometry by students with autistic spectrum disorders (Asperger syndrome) in a school mathematics laboratory
Autor: Delabona, Stênio Camargo
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2654994370007822
Primeiro orientador: Civardi, Jaqueline Araújo
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/2625858563605104
Primeiro membro da banca: Civardi , Jaqueline Araújo
Segundo membro da banca: Kranz, Cláudia Rosana
Terceiro membro da banca: Gonçalves Júnior, Marcos Antonio
Quarto membro da banca: Lyra, Gene Maria Vieira
Resumo: Pensar a educação como um processo de formação humana, a partir das relações sociais, culturais, históricas, em um contexto inclusivo, é um desafio para professores e pesquisadores em todas as áreas conhecimento. Nesse sentido, esta pesquisa busca contribuir para o processo de educação inclusiva em relação à Educação Matemática de alunos com o Espectro Autista. O presente estudo objetivou analisar o significado dado ao objeto de estudo geométrico por um aluno com Síndrome de Asperger, a partir da aplicação de uma proposta pedagógica que valorize o desenvolvimento de atividades no Laboratório de Matemática Escolar (LME). O objeto da pesquisa é: As mediações desenvolvidas no LME e seus impactos no processo de argumentação e aprendizagem geométrico por um aluno com Síndrome de Asperger. A problemática dessa investigação é composta por três perguntas: (1) Quais são as mediações desenvolvidas por um professor de Matemática para aluno com Síndrome de Asperger, quando envolvido em atividades de geometria plana em um LME? (2) Quais são os atos mediadores que emergem em atividades coletivas de aprendizagem geométrica quando um aluno com Síndrome de Asperger nela está envolvido? (3) Quais são os argumentos utilizados por aluno com Síndrome de Asperger no desenvolvimento de problemas de geometria plana? A abordagem investigativa foi a qualitativa e o método em uso foi o estudo de caso de observação. Os procedimentos e recursos metodológicos, adotados na pesquisa, envolveram registros de oficinas de aprendizagem desenvolvidas com o sujeito da investigação, entrevistas, diálogos, registros e análise documental. Os pressupostos teóricos que a nortearam estiveram fundamentados na Teoria Histórico-Cultural. Os resultados apresentam uma evolução no processo de argumentação e resolução de atividades matemáticas por parte do estudante, o que denota uma melhor manipulação dos signos matemáticos e também a aquisição de conceitos científicos. As mediações e as interações sociais entre os alunos e o professor foram fundamentais para o desenvolvimento e para a aprendizagem de conceitos geométricos com maior significado por um aluno com Síndrome de Asperger. Como produto educacional desta pesquisa, elaboramos um CD, contendo um roteiro de todas as oficinas realizadas no LME, com o planejamento, os motivos e as necessidades que levaram à sua aplicação.
Abstract: Thinking of education as a process of human formation, based on social, cultural, historical relations in an inclusive context, is a challenge for teachers and researchers in all fields of knowledge. In this sense, this research aims to contribute to the inclusive education in mathematics of students with autistic spectrum disorders. This study set out to analyze the meaning given to the geometric object of study by a student with Asperger syndrome, through the application of a pedagogical proposal, which would favor designing activities in the School Mathematics Laboratory (SML). The object of the research is mediations designed in the SML and their impact on the process of argumentation and geometric learning by a student with Asperger syndrome. The research problem consists of three questions: (1) What are the mediations designed by a teacher of Mathematics for students with Asperger syndrome involved in plane geometry activities in an SML? (2) What mediator actions emerge in collective geometrical learning activities when a student with Asperger syndrome is involved? (3) What arguments are used by a student with Asperger syndrome in solving plane geometry problems? This study takes a qualitative approach and the method used was that of a case study of observation. The procedures and methodological resources adopted in the research involved learning workshop records drawn up with the subject of the research, interviews, dialogues, record and documentary analyses. The underlying theoretical assumptions were based on the Cultural-Historical Theory. The results show evolution in the process of argumentation and in solving mathematical activities on the part of the student. This denotes better manipulation of mathematical signs and also the acquisition of scientific concepts. Mediations and social interactions between students and the teacher were crucial to the development and learning of geometrical concepts with greater meaning for the student with Asperger syndrome. As an educational product of this research, a CD was designed containing the script of all the workshops held in the SML, the planning, reasons and needs which led to its application.
Palavras-chave: Autismo
Síndrome de Asperger
Educação especial
Laboratório de matemática
Mediação docente
Autism
Asperger syndrome
Special education
Mathematics Laboratory
Teacher mediation
Área(s) do CNPq: EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação - CEPAE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ensino na Educação Básica (CEPAE)
Citação: DELABONA, S. C. A mediação do professor e a aprendizagem de geometria plana por aluno com transtorno do espectro autista (síndrome de Asperger) em um laboratório de matemática escolar. 2016.195 f. Dissertação (mestrado em Ensino na Educação Básica) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5798
Data de defesa: 15-Mar-2016
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Ensino na Educação Básica (CEPAE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Stênio Camargo Delabona - 2016.pdf4,1 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons