Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5950
Tipo do documento: Dissertação
Título: Performances em Hamlet: textualidades, teatralidades e liminaridades
Título(s) alternativo(s): Performances in Hamlet: textualities, theatricalities and liminalities
Autor: Barros , Edlúcia Robélia Oliveira de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5274146545017252
Primeiro orientador: Reinato, Eduardo José
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9142540932437553
Primeiro membro da banca: Reinato, Eduardo José
Segundo membro da banca: O'Shea, José Roberto Basto
Terceiro membro da banca: Junior, Roberto Abdala
Resumo: Essa dissertação é resultante de uma pesquisa bibliográfica diversa e tem por objetivo analisar em múltiplos aspectos a tragédia Hamlet, Príncipe da Dinamarca (1600-1601), do inglês William Shakespeare (1564-1616), como um texto performativo. Para tanto, estabelece relações entre essa tragédia e algumas questões discutidas pelos estudos da performance, especificamente a teatralidade, a liminaridade e a textualidade. A história de Hamlet é relacionada principalmente ao conceito de teatralidade do dramaturgo e diretor teatral russo Nicolas Evreinov (1879-1953), bem como dialoga com a noção de liminaridade discutida pelo folclorista e etnógrafo germânico Arnold van Gennep (1873-1957), e com as ideias do pensador russo Mikhail Bakhtin (1895-1975) acerca da performance da linguagem, dentre outras noções acerca das práticas performáticas e performativas humanas. Hamlet, o texto, é apresentado no limiar, entre a completude e o movimento, entre a textualidade e a teatralidade, entre leituras e culturas. É descrita e analisada ainda a montagem de Hamlet no Teatro de Arte de Moscou (TAM), uma das famosas leituras e reescritas da tragédia shakespeariana. Uma produção cênica que apresenta o diálogo e o embate entre texto e cena, entre estéticas, entre leituras da tragédia que se expressam através das performances do encenador, do ator e do espectador. Finalmente, trata de aspectos da recepção de Hamlet.
Abstract: This dissertation is the result of a diverse literature and aims to analyze multiple aspects in the tragedy Hamlet, Prince of Denmark (1600-1601), the Englishman William Shakespeare (1564-1616), as a performative text. To do so, it establishes relationships between this tragedy and some issues discussed on performance studies, specifically theatricality, liminality and textuality. Hamlet’s story is first related to the concept of theatricality as state from the Russian playwright and theater director Nicolas Evreinov (1879-1953), as well as establishes dialogues with the notion of liminality discussed by folklorist and ethnographer Arnold van Gennep German (1873-1957), also with ideas of the Russian thinker Mikhail Bakhtin (1895-1975) about the performance of language, among other notions about performing and human performance practices. Hamlet, the text, appears on the threshold between completeness and movement, between textuality and theatricality, between readings and cultures. It is described and further analyzed Hamlet assembly in Moscow Art Theatre (MAT), one of the famous readings and rewrites the Shakespearean tragedy. A scenic production, which features dialogues and confrontations between text and scene, between Aesthetics, between readings of the tragedy, which express themselves through the collisions between the directors of this performances, the actors and the spectators. Finally comes to aspects of reception of Hamlet.
Palavras-chave: Hamlet
Performance
Teatralidades
Textualidades
Liminaridades
Hamlet
Performance
Theatricalities
Textualities
Liminalities
Área(s) do CNPq: ARTES::TEATRO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Música e Artes Cênicas - EMAC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Performance Cultural (EMAC)
Citação: BARROS, Edlúcia Robélia Oliveira de. Performances em Hamlet: textualidades, teatralidades e liminaridades. 2015.123 f. Dissertação (Mestrado em Performance Cultural) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5950
Data de defesa: 3-Dez-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Performances Culturais (EMAC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Edlúcia Robélia Oliveira de Barros - 2016.pdf4,01 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons