Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6076
Tipo do documento: Dissertação
Título: Big data, meio e linguagem novas tecnologias e práticas linguísticas
Título(s) alternativo(s): Big data , medium and language new technologies and linguistic practices
Autor: Santos, Vinícius Vargas Vieira dos
Currículo Lattes do Autor: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4272704T0
Primeiro orientador: Pinto, Joana Plaza
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4790476H4
Primeiro membro da banca: Pinto, Joana Plaza
Segundo membro da banca: Rajagopalan
Terceiro membro da banca: Nascimento, André Marques do
Resumo: Big data, Meio e Linguagem: Novas tecnologias e práticas linguísticas objetiva assimilar possíveis relações entre novas mídias digitais e certos aspectos conceituais da linguagem, como significado e performatividade. Big data é o termo que se refere ao acúmulo de dados digitais que caracterizou as mídias de comunicação em massa nas duas últimas décadas e está diretamente relacionado à atual configuração da plataforma de serviços de tecnologia Web 2.0. Objetos contemporâneos complexos, como big data, nos remetem à consequente necessidade de conceber metodologias que correspondam a suas naturezas superdiversas. Por conseguinte, teve-se em vista, na presente pesquisa, a necessidade de se expandir fronteiras disciplinares, buscando em estudiosos das tecnologias subsídios teóricos para compreensão da natureza dos novos suportes midiáticos. Aparelhos como computadores e celulares com acesso à World Wide Web estão aceleradamente transformando o panorama das trocas linguísticas, possibilitando que práticas comunicacionais, a cada dia mais, realizem-se através dos mesmos. É neste ponto que se compreende a própria estrutura computacional como o meio (mídia) através do qual se efetiva a linguagem, a partir de então suas características próprias de design (affordances) passam a estimular a ancoragem semântica e a performatividade linguística. As escalas de desmedido volume e variedade de dados digitais e altos índices de velocidade que caracterizam o big data modificam as paisagens de contexto social, provocando, consequentemente, atualizações nas escalas da linguagem. Afinal, contextos em ambientes virtuais entram em colapso, pois ao assumir as próprias características do meio, revelam-se superdiversos, simultâneos, fragmentados, não estruturados, ausentes de marcadores familiares, excedendo escalas tradicionais de tempo, espaço e alcance social.
Abstract: Big data, Meio e Linguagem: Novas tecnologias e práticas linguísticas aims to assimilate possible relationships between new digital media and certain conceptual aspects of language, such as meaning and performativity. Big data is a term that refers to digital data gathering, which characterized mass communication media in the past two decades, and it is directly related to the current configuration of Web 2.0 technology services platform. Complex contemporary objects such as big data call for methodological development to meet their super diverse natures. Therefore, it was the goal of this research to expand disciplinary boundaries, searching for theoretical basis in technology studies in the purpose to understand the nature of new media supports. Devices such as computers and mobile phones, with access to the World Wide Web, are increasingly transforming the landscape of linguistic exchanges, enabling communication practices to take place through them. This is why we understand the very computational structure as the medium (media) through which language happens, from then on this structure’s design features (affordances) are stimulating semantic anchoring and linguistic performativity. The scales of excessive volume and variety of digital data and its high speed, which characterize the big data, change the social context settings, and thus causing updates on language. After all, contexts in virtual environments collapse because in assuming the characteristics of the medium they reveal themselves as super diverse, simultaneous, fragmented, unstructured, missing family markers, exceeding traditional scales of time, space and social reach.
Palavras-chave: Big data
Meio
Contexto
Affordance
Performatividade
Medium
Context
Affordance
Performativity
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: SANTOS, V. V. V. Big data, meio e linguagem novas tecnologias e práticas linguísticas. 2016. 92 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6076
Data de defesa: 29-Abr-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Vinícius Vargas Vieira dos Santos - 2016.pdf1,68 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons