Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6108
Tipo do documento: Dissertação
Título: Limpeza de feridas: caracterização e validação de protótipo para aquecimento de soro fisiológico e normatização de seu uso em unidades ambulatoriais
Título(s) alternativo(s): Cleansing of wounds: characterization and validation of a prototype to heat the saline solution; and standardization of its use at ambulatory units
Autor: Bezerra, Jaqueline Evangelista da Costa
Primeiro orientador: Bachion, Maria Márcia
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8503907944360635
Primeiro coorientador: Nerys, José Wilson Lima
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/6816730643886734
Primeiro membro da banca: Bachion, Maria Márcia
Segundo membro da banca: Nerys, José Wilson Lima
Terceiro membro da banca: Vieira, Marcus Fraga
Quarto membro da banca: Pereira, Lílian Varanda
Resumo: Embora a literatura evidencie a importância de usar solução aquecida para a limpeza de feridas durante a realização de curativo, ainda não existe um procedimento seguro e acessível para o aquecimento de soluções com essa finalidade. Objetivos: Testar a eficácia de equipamentos produzidos para aquecer soro fisiológico destinado ao tratamento de feridas em ambulatório de curativos; identificar o tempo para o resfriamento do soro fisiológico aquecido, quando exposto à temperatura ambiente. Método: Estudo experimental de inovação tecnológica realizado em três etapas: desenvolvimento de protótipo; teste de eficácia para aquecimento de frascos de soro fisiológico; determinação do tempo de usabilidade das soluções aquecidas. Resultado: Desenvolveram-se três protótipos: um de aquecimento mediante células de Peltier, outro de aquecimento por resistência e outro por radiação eletromagnética, com diferentes resultados em relação à eficácia. O tempo de resfriamento variou de 3 a 35 minutos, dependendo do aquecimento inicial e do tamanho do frasco e tipo de invólucro. Conclusão: O protótipo que melhor atendeu à finalidade de aquecimento seguro das soluções foi o micro-ondas adaptado por engenharia reversa, a partir de parâmetros de normatização criados nesta pesquisa. O protótipo foi eficaz para aquecer frascos exceto o de 100 ml de embalagem rígida, que não alcançou a temperatura desejada, porém isso não inviabiliza a sua utilização no tratamento de feridas. As soluções aquecidas apresentaram tempo de usabilidade diferenciado em relação ao volume dos frascos. Na prática clínica pode-se recomendar a usabilidade dos frascos de 100 a 250 ml por 10 minutos (exceto para a embalagem rígida de 100 ml, que é 3 minutos) e de 20 minutos para os frascos maiores.
Abstract: Although the literature evidence the importance of using heated solution to clean injuries while doing a curative, there is not a safe and accessible procedure to heat solutions for this purpose yet. Objective: Test the efficiency of equipment produced to heat saline solution applied to treat injuries at ambulatory of curative; identify the time to cold the heated saline solution when exposed to the environmental temperature. Objective: Test the efficiency of equipment produced to heat saline solution applied to treat injuries at ambulatory of curative; identify the time to cold the heated saline solution when exposed to the environmental temperature. Method: Experimental study of technological innovation accomplished in three stages: the prototype development; efficiency test of heating saline solution flacons; instruction of the using time of the heated solutions. Result: It was developed three prototypes: one of heating by means of Peltier cells, other one of heating by resistance and another one by electromagnetic irradiation, with different results regarding the efficiency.The time of cooling varied from 3 to 35 minutes, depending on the inicial heating,the size of the flacon and the type of wrapper Conclusion: The prototype that best complied with the purpose of safe heating of the solutions was the adapted microwave by reverse engineering, from parameters of standardization created at this research. The prototype was efficient to heat flacons except the 100-ml -tough wrapper flacon which did not reach the expected temperature, however it does not derail its use at wounds treatment. The heated solutions presented time of use differed in relation to the volume of the flacons. At clinical practice can be recommended the use of the flacons of 100 ml to 250 ml per 10 minutes ( except the 100- ml- tough flacon, which is 3 minutes) and of 20 minutes for larger flacons.
Palavras-chave: Feridas
Aquecimento
Transferência de calor
Micro-ondas
Wounds and injuries
Heating
Sodium chloride
Microwave
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN)
Citação: BEZERRA, Jaqueline Evangelista da Costa. Limpeza de feridas: caracterização e validação de protótipo para aquecimento de soro fisiológico e normatização de seu uso em unidades ambulatoriais. 2015. 217 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6108
Data de defesa: 9-Nov-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Enfermagem (FEN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Jaqueline Evangelista Costa Bezerra - 2015.pdf7,29 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons