Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6207
Tipo do documento: Dissertação
Título: “Cura gay é o meu caralho!”: a normalização da homossexualidade e a Resolução CFP 1/99
Título(s) alternativo(s): "Gay cure is my fucking!": homossexuality normalization and the CFP Resolution 1/99
Autor: Teixeira, Natália Beatriz Viana
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7625149803477618
Primeiro orientador: Lima, Ricardo Barbosa de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3943209743451118
Primeiro membro da banca: Almeida Neto, Luiz Mello de
Segundo membro da banca: Teixeira, Flávia do Bonsucesso
Terceiro membro da banca: Lima, Ricardo Barbosa de
Resumo: Nesta pesquisa analiso os discursos de legitimação da Resolução CFP nº 1/99 (Res. 1/99), e busco responder parcialmente como a prática discursiva que positivou esta norma funcionou entre outras práticas de ordem discursiva, jurídica e política. Para isso, parto de discursos presentes na relação entre enunciados favoráveis e contrárias à sua instituição, a partir dos textos (1) da própria res. 1/99; (2) da Ação Civil Pública 2011.51.01.018794-3 movida pela Sessão Judiciária do Rio de Janeiro do MPF; (3) do PDC 234/11; (4) das notícias no site institucional do CFP sobre a res. 1/99; (5) de seleção de notícias contrárias à Resolução CFP nº 1/99 na internet; e (6) de imagens de manifestações de rua, charges e memes disponíveis na internet relacionadas às reações contrárias ao PDC 234/11. Emprego um método de pesquisa inspirado na arqueologia e genealogia foucaultiana; e descrevo acontecimentos antecedentes à Res. 1/99, que embasam sua emergência, relacionados à emergência da homossexualidade como patologia e seu deslocamento à normalidade. Analiso a co-dependência entre Estado, ciência e profissão que se legitimam mutuamente nas sociedades modernas; aponto limites da Res. 1/99 enquanto estratégia de resistência diante do regime heteronormativo; e, por fim, esboço como a polarização identitária entre gays e evangélicos demarca e reifica estratégias de vitimização, homogeneização e integração que caracterizam o atual acirramento da tensão e intolerância social.
Abstract: In this research I review the discourses of legitimation of CFP Resolution No. 1/99 (Res 1/99), and I seek answer in part: how a discursive practice that made real this policy worked out among other practices discursive, legal and political order? To do this, I analyze discourses present in the relationship between favorable and contrary statements to their institution, from the texts (1) of the res itself. 1/99; (2) Public Civil Action 2011.51.01.018794-3 filed by Judicial Session of Rio de Janeiro – MPF; (3) the PDC 234/11; (4) the CFP institutional site of news about the res. 1/99; (5) Selection of news CFP contrary to the Resolution No. 1/99 on the internet; and (6) Images of street manifestations, cartoons and memes available on the internet related to the negative reactions to the PDC 234/11. We employ a search method inspired by Foucault's archeology and genealogy; and describe happenings previous to the Res 1/99, that support their emergency related to the emergence of homosexuality as a pathology and their displacement to normality. I analyze the co-dependence between state, science and profession mutually legitimate in modern societies; I point limits of Res 1/99 as a strategy of resistance before the heteronormative regime; and, finally, outline how the identity polarization between gays and evangelicals demarcates and reifies victimization strategies, homogenization and integration that characterize the present intensification of social tension and intolerance.
Palavras-chave: Homossexualidade
Resolução CFP 1/1999
Dispositivo da sexualidade
Foucault
Direitos sexuais e saúde
Homosexuality
CFP Resolution 1/1999
Dispositif of sexuality
Foucault
Sexual rights and health
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS)
Citação: TEIXEIRA, N.B.V. “Cura gay é o meu caralho!”: a normalização da homossexualidade e a Resolução CFP 1/99. 2014. 174 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6207
Data de defesa: 4-Jul-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Natália Beatriz Viana Teixeira - 2014.pdf4,53 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons