Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6246
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise do comportamento e marxismo: (im)possibilidades de diálogo
Título(s) alternativo(s): Behavior analysis and marxism: (im)possibilities of dialogue
Autor: Castro, Thales Cavalcanti e
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2589129556784748
Primeiro orientador: Lacerda Júnior, Fernando
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/0864307656064852
Primeiro membro da banca: Lacerda Júnior, Fernando
Segundo membro da banca: Santos, André Vieira dos
Terceiro membro da banca: Boechat, Filipe Milagros
Quarto membro da banca: Heck, Elisa Tavares Sanabio
Quinto membro da banca: Souza, Tatiana Machiavelli Carmo
Resumo: O presente trabalho teve por objetivo analisar a relação entre análise do comportamento e o marxismo problematizando os fundamentos e concepções de transformação social presentes nas propostas de diálogo. Teve como objetivos específicos: a identificação das principais preocupações presentes em trabalhos que relacionam a análise do comportamento e marxismo; a identificação do tratamento dado tanto aos fundamentos da análise do comportamento, quanto aos do marxismo; a identificação na literatura sobre as concepções de transformação social a partir das propostas de articulação entre o marxismo e a análise do comportamento; a discussão das possibilidades de contribuição e contradições presentes na relação entre análise do comportamento e marxismo. A pesquisa trata-se de uma revisão bibliográfica, investigou 17 textos que houvesse um diálogo entre a análise do comportamento e o marxismo ou uma tentativa de ampliar uma dessas teorias com outros referenciais. Os textos foram categorizados em cinco eixos de análise: 1) os fundamentos dos trabalhos, 2) a concepção de behaviorismo, 3) concepção de marxismo, 4) tipo de relação e 5) concepção de transformação social. Apresentou como resultados: não há uma única concepção de behaviorismo ou marxismo nos textos analisados; em todos os textos, o marxismo aparece apenas como um campo do conhecimento, ou seja, tem o objetivo de estudar a sociedade capitalista; em metade deles, o marxismo aparece também como guia para a ação, com diferentes acepções como crítica à sociedade, concepção revolucionária, além de trabalhos que não trazem nenhuma concepção de transformação social. Esses resultados podem contribuir na reflexão crítica sobre os limites e possibilidades na relação entre a análise do comportamento e o marxismo em relação aos esforços por emancipação humana.
Abstract: This study aimed to analyze the relationship between behavior analysis and Marxism questioning the foundations and concepts of social transformation present in the proposals of dialogue. The work had the following objectives: to identify the main concerns present in works that relate to behavior analysis and Marxism; the identification of the treatment given to both areas; the identification of the concepts of social transformation from the proposed link between Marxism and Behavior Analysis; the discussion of possible contributions and contradictions in the relationship between Behavior Analysis and Marxism. The research is a literature review that investigated 17 texts there was a dialogue between behavior analysis and Marxism or an attempt to expand one of these theories with other frameworks. The texts were categorized into five axes of analysis: 1) the fundamentals, 2) the definition of behaviorism, 3) definition of Marxism, 4) type of relationship and 5) concept of social transformation. The research reached the following results: there is no single conception of behaviorism and Marxism in the analyzed texts; in all text, Marxism appears only as a field of knowledge, i.e., aims to study the capitalist society; in half of them, Marxism appears also as a guide to action, with different meanings as critical to society, revolutionary design, as well as jobs that do not bring any conception of social transformation. These results can contribute to critical reflection on the limits and possibilities in the relationship between Behavior Analysis and Marxism in relation to efforts for human emancipation.
Palavras-chave: Behaviorismo
Behaviorismo radical
Análise do comportamento
Marxismo
Emancipação
Behaviorismo
Radical behaviorismo
Behavior analysis
Marxism
Emancipation
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia (FE)
Citação: CASTRO, T. C. Análise do comportamento e marxismo: (im)possibilidades de diálogo. 2016. 111 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6246
Data de defesa: 26-Ago-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação -Thales Cavalcanti e Castro - 2016.pdf1,74 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons