Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6570
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação dos macrófagos espumosos hepáticos e do peso de carcaça quente de bovinos criados extensivamente no pasto de Brachiaria spp
Título(s) alternativo(s): Evaluation of liver foamy macrophages and the hot carcass weight of cattle created extensively in Brachiaria spp pasture
Autor: Gonzaga, Bruno César Ferreira
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0451352616282678
Primeiro orientador: Cunha, Paulo Henrique Jorge da
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3363890096623194
Primeiro coorientador: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/8772502020076257
Primeiro membro da banca: Cunha, Paulo Henrique Jorge da
Segundo membro da banca: Ferreira, Apóstolo Martins
Terceiro membro da banca: Menezes, Liliana Borges de
Resumo: O capim braquiária, com ampla distribuição geográfica no Brasil, vem sendo apontado como causa de fotossensibilização e do aparecimento de macrófagos espumosos no fígado e linfonodos hepáticos e mesentéricos de ruminantes. Foram relatadas perdas de peso na ordem de 2,52% em bovinos com fotossensibilização hepatógena subclínica e estimou-se que mais de R$ 100.000 em perdas anuais por lesões hepáticas em apenas um frigorífico fosse decorrente do consumo de Brachiaria spp. O objetivo deste estudo foi correlacionar a extensão do parênquima hepático contendo macrófagos espumosos com o peso de carcaça quente dos bovinos. As carcaças dos bovinos, com idade entre 20 a 36 meses, foram pesadas e distribuídas em dois grupos: Grupo 1 (247,15 a 275,39 kg) e Grupo 2 (312,72 a 343,48 kg). Os fígados dos bovinos foram pesados e amostras do lobo direito coletadas para análise histopatológica. As áreas do parênquima hepático contendo macrófagos espumosos hepáticos foram mensuradas utilizando-se o programa ImageJ®. A análise estatística dos parâmetros (peso do fígado, peso da carcaça quente e área comprometida do tecido hepático) foi realizada de forma quantitativa, calculando a média, desvio padrão e coeficiente de variação. Esses dados foram analisados quanto à normalidade e homogeneidade das variâncias, por meio dos testes de Kolmogorov-Smirnov e Bartlett. Como as variáveis foram homogêneas e tiveram uma distribuição normal, foram avaliadas pelo teste paramétrico de análise de variâncias. A correlação das variáveis foi realizada pela correlação de Spearman. O grau de significância adotado foi de 5% e todas as análises descritivas foram realizadas pelo programa EXCEL e os testes estatísticos pelo programa R. Os bovinos sob pastejo de Brachiaria spp. apresentaram lesões hepáticas caracterizadas por degeneração, necrose, presença de infiltrados inflamatórios de intensidade leve e pequena área do tecido hepático contendo macrófagos espumosos. Não houve influência da área comprometida do parênquima hepático contendo macrófagos espumosos com o peso de carcaça quente dos bovinos.
Abstract: The Brachiaria grass, with broad geographic distribution in Brazil, has been shown to cause photosensitization and appearance of foamy macrophages in the liver and liver and mesenteric lymph nodes of ruminants. Weight loss of 2.52% in cattle with subclinical hepatogenous photosensitization was documented and it is estimated that in one year in a single slaughterhouse more than R$ 100,000 in annual losses are caused by liver damage resulting from consumption of Brachiaria spp. The aim of this study was to corelate the extent of liver parenchyma containing foamy macrophages with hot carcass weight of cattle. Carcasses of cattle aged 20-36 months were weighed and divided into two groups: Group 1 (544.87-607.13 pounds) and Group 2 (689.42-757.24 pounds) The livers of bovines were weighed and samples of the right lobe were collected for histopathologic analysis. The areas of hepatic parenchyma containing foamy macrophages were measured using the ImageJ® program. Statistical analysis of the parameters (liver weight, hot carcass weights and affected area of liver tissue) was performed quantitatively, by calculating the mean, standard deviation and coefficient of variation. These data were analyzed for normality and homogeneity of variances, through the Kolmogorov-Smirnov and Bartlett tests. As the variables were homogeneous and had a normal distribution were evaluated by parametric test analysis of variance. The correlation of variables was performed by Spearman test. The significance level was set at 5% and all descriptive analyzes were performed by EXCEL program and statistical tests by the software R. Cattle grazing Brachiaria spp. presented hepatic lesions characterized by degeneration, necrosis, presence of mild inflammatory infiltrates and small area of hepatic tissue containing foamy macrophages. There was no influence of the affected area of the hepatic parenchyma containing foamy macrophages with hot carcass weight of cattle.
Palavras-chave: Brachiaria
Estereologia
Macrófagos espumosos
Brachiaria
Foamy macrophages
Stereology
Área(s) do CNPq: CLINICA E CIRURGIA ANIMAL::CLINICA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: GONZAGA, B. C. F. Avaliação dos macrófagos espumosos hepáticos e do peso de carcaça quente de bovinos criados extensivamente no pasto de Brachiaria spp. 2016. 38 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6570
Data de defesa: 30-Set-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciência Animal (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Bruno César Ferreira Gonzaga - 2016.pdf2,79 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons