Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6571
Tipo do documento: Dissertação
Título: A experiência cotidiana do lugar: relatos de espaço dos velhos moradores da cidade patrimônio
Título(s) alternativo(s): The daily experience of the place: space accounts of the heritage city’s elrederly residents
Autor: Silva, Kelly Cristina Rodrigues
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4944806040576573
Primeiro orientador: Silva, Ana Cristina da
Currículo Lattes do primeiro orientador: https://lattes.cnpq/6202698545747351
Primeiro membro da banca: Silva, Ana Cristina da
Segundo membro da banca: Marandola, Eduardo José
Terceiro membro da banca: Pereira, Valéria Cristina
Resumo: A presente dissertação, filiada à corrente humanista da Geografia, constitui, em diálogo com outras ciências, um estudo de conceitos ainda pouco trabalhados por essa disciplina. A princípio, propõe uma análise geográfica da memória. Em seguida, promove uma reflexão sobre a velhice na tentativa de apreendê-la pelo viés humanista, reconhecendo a capacidade memorativa dos sujeitos. O estudo tem como objetivo principal a compreensão das memórias como um elemento capaz de revelar a experiência dos moradores com o lugar que habitam cotidianamente, bem como identificar o sentido de patrimônio nos relatos de espaço dos velhos moradores. O desdobramento dessa ideia inicial constitui a formulação dos objetivos específicos, quais sejam: entender a relação que se estabelece entre os sujeitos da pesquisa e a patrimonialização, a partir da obtenção do título de Patrimônio da Humanidade, concedido à Cidade de Goiás pela UNESCO em 2001; identificar as estratégias utilizadas pelos moradores na reinvenção de seu cotidiano ao lidarem com a gestão patrimonial; reconhecer a necessidade de incluir os papeis das experiências e das vivências dos sujeitos no processo de valorização do Patrimônio Histórico; descrever os lugares mais significativos e presentes na história de vida dos velhos moradores, e identificar as mudanças físicas e funcionais que esses lugares sofreram ao longo do tempo. O percurso metodológico é trilhado em diálogo com dois principais autores que elaboraram trabalhos importantes: Ricoeur (2007) com a fenomenologia da memória e a concepção do terceiro espaço, ligado ao sentido do habitar; e Certeau (2014) com os relatos de espaço que evidenciam a relação cotidiana do indivíduo com seus lugares. A partir dessas concepções foram realizadas conversas com treze moradores do centro histórico da Cidade de Goiás, guiadas por algumas questões norteadores, com o intuito de evidenciar as experiências das pessoas com os lugares da cidade nas diferentes fases de suas vidas. Em seguida, foi feito um levantamento dos principais lugares, havendo sido retratados por meio de fotos de arquivo histórico e de registro atual elaborado pela pesquisadora, juntamente com as descrições e os relatos das experiências dos velhos moradores. A pesquisa bibliográfica aliada às experiências dos relatos permitiu a construção de reflexões a respeito da importância do lugar no exercício memorativo, uma vez que essa atividade revela as experiências de vida atreladas a lugares específicos, o que evidencia o apego e a relação afetiva das pessoas com a cidade. Essa relação é capaz de elucidar significados outros que não aqueles costumeiramente divulgados pela oficialidade do Patrimônio Histórico; que se ligam às experiências de cada indivíduo. Por essa ótica, entendese que a noção de Patrimônio pode ultrapassar a necessidade de valorização das formas materiais, e incluir as múltiplas histórias daqueles que vivenciam o lugar
Abstract: The present dissertation, affiliated to the humanistic tradition of geography, constitutes, in dialogue with other sciences, a study of concepts which have not been profusely examined yet. To begin with, it proposes a geographical analysis of memory. Afterwards, it promotes some reflections about the elderhood with the aim of grasping it by means of the humanistic prism, thus acknowledging the remembrance capacity of the subjects. The study sets as its main objective the comprehension of memories as an element capable of revealing the experience of locals with the place they live in on a daily basis, as well as identifying the meaning of heritage within the space accounts of the elderly. The unfolding of this preliminary idea constitutes the formulation of specific objectives, namely: understand the relation established between the subjects of this research and the patrimonialization process which has taken place since 2001, when UNESCO designed Cidade de Goiás as a World Heritage Site; identify the strategies employed by locals in reinventing their daily life while dealing with the heritage management; acknowledge the need of including, as elements of appreciation of the heritage, the roles played the subjects’ experiences and their daily livings; describe the most meaningful and recurrent places in the life histories of the elderly locals, and identify the physical and functional changes that these places went through along the passage of time. The methodological enterprise is undertaken in dialog with a couple of the leading authors who have publish in some related areas: Ricoeur (2007) with his phenomenology of memory and his conception of the third space, bound to the meaning of inhabiting; and Certeau (2014) with his accounts of space which show the everyday relationship kept between the individuals and their places. Out of these conceptions, we had conversations with thirteen locals of Cidade de Goiás’ Historic Downtown, which, driven by a few guiding questions, aimed to highlight their experiences with the places of the city throughout different periods of their lives. Afterwards, we catalogued the main places and described them with the aid of historical archive photographs as well as photographs taken by the author herself, along with descriptions and accounts from the elderly inhabitants. The bibliographic research together with the accounts’ experiences allowed the development of reflections concerning the significance of the place for remembrance exercises, given that this activity reveals the binding between life experiences and specific places, which evinces the attachment and the sentimental relation connecting the people to the city. This relation is capable of elucidating meanings other than those usually made public by Heritage officers; other ones which are bound to each individual’s experiences. From this point of view, the notion of Heritage can be understood as a concept with potential to transcend the need of appreciation of material shapes, thus capable of including the multiple histories of those who live (in) the place.
Palavras-chave: Lugar
Experiência
Velhice
Memória
Patrimônio
Place
Experience
Elderhood
Memory
Heritage
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA)
Citação: SILVA, K. C. R. A experiência cotidiana do lugar: relatos de espaço dos velhos moradores da cidade patrimônio. 2016. 350 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6571
Data de defesa: 23-Jun-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Kelly Cristina Rodrigues Silva - 2016.pdf11,78 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons