Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6652
Tipo do documento: Tese
Título: A profissionalização e a conduta ético-política do professor no Brasil: as relações saber/poder nos processos discursivos de objetivação/subjetivação e as possibilidades de resistência
Título(s) alternativo(s): Knowledge, power and resistance in discursive processes of teacher objectification/subjectivation in Brazil
Autor: Silva, Odália Bispo de Souza e
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0289889103129970
Primeiro orientador: Sousa, Kátia Menezes de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1920351654350013
Primeiro membro da banca: Sousa, Kátia Menezes de
Segundo membro da banca: Fernandes, Cleudemar Alves
Terceiro membro da banca: Lima, Lucielena Mendonça de
Quarto membro da banca: Borges, Guilherme Figueira
Quinto membro da banca: Souza, Agostinho Potenciano de
Resumo: Esta tese, cujo título é A profissionalização e a conduta ético-política do professor no Brasil: as relações saber/poder, nos processos discursivos de objetivação/subjetivação e as possibilidades de resistência se propõe a descrever a rede de enunciados a que estão submetidos os discursos sobre o professor no Brasil, em função de jogos de saber/poder e dos feixes de relações resultantes dos atravessamentos vários e das marcações históricas que constituem a materialidade dos enunciados. A sustentação teórica bem como a metodologia de trabalho estão pautadas em ferramentas identificadas na arquegenealogia foucaultiana e que, a nosso ver, nos permitem refletir sobre os saberes que comparecem na base dos mecanismos discursivos que objetivam e subjetivam o sujeito/profissional professor. Conceitos como arquivo, memória, descontinuidade, regularidade enunciativa, saber, poder, objetivação, subjetivação, poder pastoral e resistência são fundamentais no tratamento que dispensamos, nesta pesquisa, a discursos que promovem algum tipo de categorização para o professor. Embora conscientes de que são inúmeras as possibilidades de classificar o professor, optamos por sistematizar os dados de nosso arquivo em duas grandes categorias: sua conduta ético-política e sua profissionalização, com o objetivo de observar o entrecruzamento de saberes e práticas que sustentam a compreensão do que deve se constituir como requisito precípuo de sua atividade laboral e, em circunstâncias diversas, do seu modo de ser. A problematização desses enunciados possibilita a compreensão de que, muitas vezes, há uma anuência quase generalizada de que o professor é desvalorizado e que por isso é necessário partir em sua defesa. Disso resulta na tendência de se colocar como elemento principal na escala valorativa a importância do sujeito/profissional professor ao 1. instruir os jovens para conviver em sociedade de forma harmoniosa, para tudo fazer sem desprezar princípios próprios aos valores tradicionais. 2. contribuir com o desenvolvimento da pátria por meio de sua capacidade de formar pessoas qualificadas para o mercado de trabalho e, consequentemente, cooperar com o crescimento da Nação. Ambas as possibilidades de objetivação do professor foram observadas tanto nos enunciados proferidos por cidadãos comuns e profissionais de outras áreas quanto nos enunciados materializados pelos próprios professores. Entretanto, a partir dos dados analisados foi possível constatar também a existência de um espaço de resistência o qual é concebido aqui como indício de que há uma escapatória a ponto de serem negadas certas formas de objetivação. Ao se subjetivar, não raramente, o professor contesta o lugar que o toma como o bom pastor, como o exemplo a ser seguido e, por isso mesmo, profere enunciados e adota posturas diversas que fogem às expectativas que existem em torno dele, podendo, inclusive, culminar no que acreditamos ser o ponto máximo de sua capacidade de “pular a janela”, a saber, no abandono da profissão.
Abstract: This thesis, entitled The professionalization and teacher's ethical and policy conduct in Brazil: relations knowledge/power in discursive processes of objectification/subjectification and the possibilities of resistance, in terms of game knowledge/power and beam resulting relationships of the various crossings and historical markings constituting the materiality of the statements. The theoretical framework and the working methods are guided in tools identified in Foucault's arquegenealogia and that, in our view, allow us to reflect on the knowledge that attend on the basis of discursive mechanisms that aim and subjectify the subject/professional teacher. Concepts such as file, memory, discontinuity, enunciative regularity, knowledge, power, objectivity, subjectivity, pastoral power and toughness are essential in the treatment we give this research, the speeches that promote some kind of categorization for the teacher. Although aware that the possibilities are numerous to classify the teacher chose to systematize the data of our file into two broad categories: its ethical political conduct and its professionalism, in order to observe the interweaving of knowledge and practices that support the understanding what should it be a requirement preciput of their work activities and in different circumstances, their way of being. The problematics of these statements makes it possible to understand that, often, there is almost universal agreement that the teacher is undervalued and therefore it is necessary to leave in his defense. This results in the tendency to put as the main element in the evaluative scale the importance of the subject / professional teacher to 1. instruct young people to live in harmonious society to do everything without neglecting own principles to traditional values. 2. contribute to the development of the country through its ability to form qualified people to the labor market and thus cooperate with the growth of the nation. Both objectification possibilities teacher were observed both in the statements delivered by ordinary citizens and professionals from other areas as set out in materialized by teachers themselves. However, from the data analyzed it was also possible to establish the existence of a space of resistance which is designed here as an indication that there is a way out to the point of being denied certain forms of objectification. By subjectively, not infrequently, the teacher denies the place that takes as the good shepherd, as the example to be followed and, therefore, makes statements and adopts different postures that are beyond the expectations that exist around it, and may, even culminate in what we believe to be the peak of its ability to "jump the window", namely, the abandonment of the profession.
Palavras-chave: Discurso
Professor
Saber
Poder
Resistência
Speech
Teacher
To know
Power
Resistance
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: SILVA, Odália Bispo de Souza e. A profissionalização e a conduta ético-política do professor no Brasil: as relações saber/poder nos processos discursivos de objetivação/subjetivação e as possibilidades de resistência. 2016. 187 f. Tese (Doutorado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6652
Data de defesa: 24-Nov-2016
Aparece nas coleções:Doutorado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Odália Bispo de Souza e Silva - 2016.pdf2,37 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons