Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6684
Tipo do documento: Dissertação
Título: O caso diário de classe – a verdade: poder e resistência na escola
Título(s) alternativo(s): The case diário de classe – a verdade: power and resistance at school
Autor: Santos, Cristhiane Gomes dos
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5400749748904126
Primeiro orientador: Souza, Agostinho Potenciano de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/2081738892561567
Primeiro membro da banca: Souza, Agostinho Potenciano de
Segundo membro da banca: Oliveira, Ilse Leone Borges Chaves de
Terceiro membro da banca: Sousa Filho, Sinval Martins de
Quarto membro da banca: Costa, Alexandre Ferreira da
Quinto membro da banca: Silva, Luzia Rodrigues da
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo principal descrever, analisar e compreender a relação entre poder e resistência na escola por meio dos enunciados que foram produzidos na fanpage Diário de Classe – A Verdade, criada pela estudante adolescente Isadora Faber, em 2012. Tratamos este objeto de pesquisa a partir de um estudo sobre a produção em ambiente virtual (LÉVY, 1999), o suporte (MARCUSCHI, 2003) e os gêneros (BAKHTIN, 2003), bem como das reflexões proporcionadas por Michel Foucault (1985, 2012, 2014 a, 2015) a respeito da existência dos enunciados e as relações entre poder, saber e resistência. Deste modo, pela observação da prática de resistência instaurada com a criação da fanpage Diário de Classe – A Verdade, investigamos os enunciados que constituíram saberes e poderes no campo discursivo da rede social Facebook. Desenvolvemos uma pesquisa qualitativa aplicada a um estudo de caso, pautando-nos nos postulados da Análise do Discurso de orientação francesa, principalmente nas contribuições de Foucault, para realizar uma análise discursiva desta rede de práticas de resistência e poder. Compreendemos o método como um caminho a ser percorrido até o objeto pesquisado e, assim, consideramos a noção de dispositivo como um mapa que nos guia nesse percurso. Ao lançarmos nosso olhar sobre esta prática, questionamos quais as condições de existência dos enunciados encontrados nesta fanpage, buscando compreendê-los em um feixe de relações. Verificamos que a fanpage em estudo serviu para exigir melhorias e denunciar possíveis irregularidades no ambiente escolar do qual Isadora Faber fazia parte, funcionando como forma de resistência à submissão e às tentativas de silenciamento naquele ambiente. Os dados analisados nos permitem vislumbrar aspectos relevantes das relações de poder em um ambiente escolar, pois a partir do estudo destes enunciados encontramos evidências de que a escola rejeita práticas libertárias, indicando que ainda é uma instituição disciplinadora. A análise dos dados nos leva a concluir que uma investida contra o poder pode ser considerada uma condição básica do cuidado de si e do outro.
Abstract: This research aims to describe, analyze and understand the relationship between power and resistance at school through the statements that were produced on the fanpage entitled “Diário de Classe – A Verdade”, created by a teenage student named Isadora Faber in 2012. We treated this research subject from a study about writing on a virtual environment (LÉVY, 1999), the support (MARCUSCHI, 2003) and the genders (BAKHTIN, 2003), as well as the reflections provided by Michel Foucault (1985, 2012, 2014 a, 2015) about the existence of the statements and the relations between power, knowledge and resistance. Therefore, by observing the practice of resistance established with the creation of the fanpage “Diário de Classe – A Verdade”, we investigated the statements that constituted knowledge and power in the discursive field of the social network named Facebook. We developed a qualitative research applied to a case study, guiding us in the postulates of the French discourse analysis, especially in Foucault's contributions to perform a discursive analysis of this network that provides practices of resistance and power. We understand the method as a way to go to reach the researched subject and, thus, we consider the notion of the device as a map to guide us on this path. As we looked at this practice, we questioned what are the conditions of existence of the statements found on this fanpage, seeking to understand them in a bundle of relations. We found that the fanpage in study served to demand improvements and report possible irregularities in the school environment which Isadora Faber was part of, working as a form of resistance to submission and also to the attempts to silence in that environment. The analyzed data allow us to glimpse important aspects of the power relations in a school setting. From the study of these statements on, we found evidence that the school rejects libertarian practices, indicating that it is still a disciplinary institution. The analysis of the data leads us to conclude that an assault against power can be considered a basic condition of the care of both the self and of the other.
Palavras-chave: Discurso
Escola
Poder
Resistência
Diário de classe – a verdade
Discourse
School
Power
Resistance
Diário de classe – a verdade
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: SANTOS, C. G. O caso diário de classe – a verdade: poder e resistência na escola. 2016. 106 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6684
Data de defesa: 30-Ago-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Cristhiane Gomes dos Santos - 2016.pdf3,09 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons