Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6771
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeitos do alho (allium sativum) in natura sobre salmonella infantis experimentalmente inoculada em frango de corte
Título(s) alternativo(s): Effects of in natura garlic (allium sativum) on salmonella infantis in experimentally-inoculated broiler chicken
Autor: Mota, Bárbara de Paiva
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7238221111536596
Primeiro orientador: Andrade, Maria Auxiliadora
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9441751521255467
Primeiro coorientador: Café, Marcos Barcellos
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/9860968235125158
Primeiro membro da banca: Andrade, Maria Auxiliadora
Segundo membro da banca: Hidase, Hilari Wanderley
Terceiro membro da banca: Stringhini, José Henrique
Resumo: O presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos de diferentes doses do alho in natura no controle de Salmonella Infantis e suas consequências sobre o desempenho, excreção de Salmonella e parâmetros sanguíneos em frangos de corte experimentalmente inoculados. Foram utilizados 256 pintos machos de um dia de idade, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso com oito tratamentos, quatro repetições e oito aves por unidade experimental. As aves foram inoculadas via oral ao primeiro dia de idade com 0,5 mL de solução salina tamponada, contendo aproximadamente 5,0 x 103 UFC/mL de Salmonella Infantis. O tratamento 1 (T1) consistiu o grupo controle (Placebo); T2- recebeu o alho na dose de 1,5% na ração; T3- recebeu o alho na dose de 3,0% ; T4 – recebeu o alho na dose de 4,5%; T5- grupo inoculado via oral (Controle positivo Salmonella Infantis.); T6- inoculado via oral tratado com 1,5%; T7 – inoculado via oral tratado com 3,0%; T8 – inoculado via oral tratado com 4,5%. O desempenho foi avaliado aos sete, 21 e 35 dias. Aos oito, 15 e 29 dias quatro aves por tratamento foram submetidas a um jejum de seis horas, pesadas, eutanasiadas, necropsiadas e órgãos foram coletados para determinação do peso e para pesquisa de Salmonella. Foram coletados suabes de cloaca aos três, 13 e 28 dias de idade e amostras de sangue aos 14 e 36 dias de idade, após jejum de oito horas, para a avaliação dos parâmetros sanguíneos. Aos sete e 21 dias o ganho de peso e peso final foram menores nas aves que receberam 4,5% de alho, e não houve diferença significativa no período de 1-35 dias. O peso do intestino e do fígado aos 29 dias foi maior nas aves inoculadas e tratadas com 3,0% de alho. O peso do baço foi maior nas aves inoculadas aos 29 dias. Observou-se que o alho nas doses utilizadas não inibiu a invasão de Salmonella no baço e também não reduziu a população intestinal de E. coli, mas reduziu a de Salmonella. Observou-se que o alho influenciou os níveis de colesterol. Conclui-se que o alho in natura nas doses utilizadas não altera o desempenho, assim como não inibi a migração de Salmonella para o baço, mas influencia nos níveis séricos de colesterol e reduz a excreção fecal de Salmonella.
Abstract: This study aimed to evaluate the effects of different doses of in natura garlic on the control of Salmonella Infantis and their consequence on performance, fecal excretion of Salmonella and blood parameters in experimentally inoculated broiler chickens. In this experiment we used 256 one-day-old male chicks, distributed in a completely randomized design with eight treatments, four replications with four replicates of eight birds each. The birds were orally inoculated at one-day-old with 0.5 ml of buffered saline, containing approximately 5.0 x 103 CFU / ml of Salmonella Infantis. Treatment 1 (T1) was the control group (Placebo); T2 - received garlic at a dose of 1.5%; T3 - received garlic at a dose of 3.0%; T4 - received garlic at a dose of 4.5%; T5 – was orally inoculated (Positive Control SI); T6 – was orally inoculated and treated with 1.5%; T7 – was orally inoculated and treated with 3.0%; T8 – was orally inoculated and treated with 4.5%. The performance was measured at seven, 21 and 35 days. At the days eight, 15 and 29 four birds for treatment were submitted to six hour fasting, and then they were weighed, euthanized, necropsied, and the organs were collected for weight determination and detection of Salmonella. Cloacal swabs were collected at three, 13, and 28 days and blood samples were collected at 14 and 36 days of age, after fasting for eight hours to evaluate blood parameters. At seven and 21 days, weight gain and final weight were lower in birds fed 4.5% of garlic, and there was no significant difference in the period of 1-35 days. The weight of the intestine and liver at 29 days was higher in birds inoculated and treated with 3.0% of garlic. Spleen weight was higher in birds inoculated at 29 days. Garlic did not inhibit Salmonella invasion in the spleen at the doses used. We found garlic did not reduce the intestinal E. coli population, but it reduced Salmonella. We observed garlic influenced cholesterol levels. In conclusion, fresh garlic in natura at the doses used does not alter the performance, as well as it does not inhibit the migration of Salmonella to the spleen; however, it influences serum cholesterol levels and reduces Salmonella fecal excretion of.
Palavras-chave: Aves
Desempenho
Fitoterápicos
Parâmetros sanguíneos
Salmoneloses
Birds
Blood parameters
Performance
Phytoterapic
Salmonellosis
Área(s) do CNPq: MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA::SAUDE ANIMAL (PROGRAMAS SANITARIOS)
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: MOTA, B. P. Efeitos do alho (allium sativum) in natura sobre salmonella infantis experimentalmente inoculada em frango de corte. 2015. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6771
Data de defesa: 15-Jul-2015
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciência Animal (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Bárbara de Paiva Mota - 2015.pdf1,38 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons