Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6878
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo morfo-lexical de provérbios em língua Tewe e suas estratégias de (não) correspondência no Português usado no Brasil
Título(s) alternativo(s): The morpho-lexical study of proverbs in Tewe language and its correspondence (or non-correspondence) strategies in Portuguese language used in Brazil
Autor: Quiraque, Zacarias Alberto Sozinho
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4784030310003074
Primeiro orientador: Paula , Maria Helena de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6122217498972532
Primeiro membro da banca: Paula, Maria Helena de
Segundo membro da banca: Xavier, Vanessa Regina Duarte
Terceiro membro da banca: Sitoe, Bento
Quarto membro da banca: Almeida, Manoel Mourivaldo Santiago
Resumo: A presente pesquisa, intitulada “Estudo morfo-lexical de provérbios em língua Tewe e suas estratégias de (não) correspondência no português usado no Brasil”, centra-se no estudo da interface entre dois campos da Linguística Teórica e Descritiva (morfologia lexical e semântica) e objetiva fazer um estudo da interface entre a morfologia lexical da língua tewe (língua bantu falada majoritariamente em Moçambique, província de Manica, com o código S.13b, na classificação de Guthrie, 1967-71) com a língua portuguesa falada no Brasil. Além de descrever a estrutura morfológica de provérbios destas línguas, com base no processamento semânticocultural (sentido e ensinamento), identificamos e analisamos as estratégias de correspondência (ou não correspondência) dos provérbios das duas línguas para, num futuro em médio prazo, coletar mais dados a fim de elaborar um dicionário bilíngue de parêmias (provérbios), contribuindo, deste modo, não só com o estudo das línguas de Moçambique, mas também na educação bilíngue daquele país. A revisão bilbiográfica, a coleta de dados (gravação digital de material oral) com falantes nativos da língua tewe e a coleta de dados bibliográficos dos provérbios no português constituem os métodos desta pesquisa. Foram no total nove (9) gravações de conversas com igual número de sujeitos participantes da pesquisa, falantes nativos da língua tewe, que nos forneceram cento e quarenta e nove (149) expressões que constituíram o corpus deste trabalho, dos quais selecionamos cinquenta e nove (59) provérbios para comporem os nossos dados, os quais foram confrontados com provérbios do Português usado no Brasil, selecionados da obra “Provérbios em Goiás” de Mota (1974). Ratificando nossas hipóteses, verificamos que os critérios usados para descrição da estrutura morfológica de provérbios das duas línguas precisaram ser completamente diferentes, pois apresentaram estruturas morfológicas distintas, porque o tewe é uma língua aglutinante e o português, flexional. Considerando que o provérbio é uma fraseoparemiologia que tende a ser repositório de saberes a ser transmitidos, com caráter de uma lição, e buscando a relação entre as línguas e as culturas por elas veiculadas, identificamos três (3) níveis de correspondência lexicultural: sete (7) provérbios correspondentes parcialmente, trinta e quatro (34) com correspondência conceptual e dezoito (18) sem correspondentes ou correspondência zero.
Abstract: This research named “The morpho-lexical study of proverbs in Tewe language and its correspondence (or non-correspondence) strategies in Portuguese language used in Brazil” focuses on the study of the interface between two fields of Theoretical and Descriptive Linguistics (lexical morphology and semantic). The research aimed to study the lexical morphology between Tewe language and the Portuguese language spoken in Brazil. Tewe is a Bantu language mostly spoken in Mozambique, Manica province, with code S.13b, in the classification of Guthrie (1967-71). Beyond describing the morphological structure of proverbs of these languages, we also intend, to identify and analyze the strategies of correspondence (or non-correspondence) of the proverbs of those two languages, based in their semantic-cultural processing (meaning and teaching). After that, we want, in future, collect more datas to elaborate a bilingual dictionary of proverbs (tewe-Portuguese) to contribute in the study of the languages of Mozambique, and in the bilingual education of this country. The bibliographic research, the oral collect of tewe proverbs, recorded digitally with the native speakers of this language, and the bibliographic collection of the Portuguese proverbs, were the basic methods of this research. It was nine (9) recordings of conversations with the same number of participants included in this research, with native speakers of the tewe language, who provided us one hundred and forty-nine (149) expressions that constituted the corpus of this work. From this number of expression, we selected fifty-nine (59) proverbs to compose our data, which we confronted with proverbs from Portuguese of Brazil selected from the book “Provérbios em Goiás” of Mota (1974). Ratifying our hypotheses, we find that the criterion used to describe the morphological structure of proverbs of those two languages was completely different, since they presented different morphological structures. The tewe is an agglutinating language and Portuguese, flexional language. Considering that the proverb is a phraseology that tends to be a repository of knowledge to be transmitted to other people, with lesson character, and searching for the relation between the languages and the cultures that they convey, we identified three (3) levels of lexicultural correspondence of proverbs: seven (7) proverbs corresponded partially, thirty-four (34) with of conceptual correspondence, and eighteen (18) without corresponding.
Palavras-chave: Morfologia lexical
Provérbios
Língua Tewe
Português
Correspondência lexicultural
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Regional Catalão (RC)
Programa: Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem (RC)
Citação: QUIRAQUE, Z. A. S. Estudo morfo-lexical de provérbios em língua Tewe e suas estratégias de (não) correspondência no Português usado no Brasil. 2017. 214 f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Universidade Federal de Goiás, Catalão, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/6878
Data de defesa: 21-Fev-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Estudos da Linguagem (RC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Zacarias Alberto Sozinho Quiraque - 2017.pdf2,81 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons