Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7174
Tipo do documento: Dissertação
Título: Áreas de arenização e areais no sudoeste de Goiás: o uso do sensoriamento remoto para identificação e mapeamento
Título(s) alternativo(s): Arenization areas and in sand Goiás southwest : use of remote sensing for identification and mapping
Autor: Machado, Leonardo Martins
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2436964177986374
Primeiro orientador: Scopel, Iraci
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4241342785862156
Primeiro coorientador: Martins, Alécio Perini
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/4037183605742666
Primeiro membro da banca: Martins, Alécio Perini
Segundo membro da banca: Corrêa, Robson Schaff
Terceiro membro da banca: Assunção, Hildeu Ferreira da
Resumo: Estudos relacionados a arenização e a formação de areais entre outros impactos ambientais associados a degradação dos solos arenosos na microrregião Sudoeste de Goiás, vem sendo realizados desde 2002 segundo Scopel; Peixinho e Sousa (2005). O processo de arenização para Suertegaray (1996) apud Sousa et al. (2012) acontece por conta do "retrabalhamento de depósitos areníticos com pouca consolidação ou solos arenosos não consolidados que, nessas áreas promove dificuldades para a fixação da vegetação associado à constante movimentação de sedimentos". Os areais são conceituados segundo Sousa et al. (2012) como sendo manchas de solos expostos resultantes do processo de rarefação da vegetação em áreas arenosas.Esses autores, mencionam que os fatores condicionantes da formação dos areais, estão associados as transformações recentes da paisagem, havendo forte ligação com elementos naturais. Entre esses, o material de origem, arenitos da Formação Botucatu. Ainda entre os condicionantes que potencializarão a arenização e formaram os areais, estão o uso e manejo dos solos arenosos. Esses processos por sua vez, são transformações recentes da paisagem, consequência do processo socioeconômico de ocupação de solos menos produtivos à agropecuária, dos quais foram observados a partir da década de 80. A metodologia utilizada nessa pesquisa, consistiu em identificar, mapear e quantificar as possíveis áreas em arenização e areais utilizando o sensoriamento remoto e técnicas de Geoprocessamento. A saber, utilizou-se imagens do sistema sensor Landasat8, dos quais foram feitas correções atmosféricas por meio de algoritmos de balanço de energia, método SEBAL segundo Allen et al. (2002). Para o processo de conversão dos valores de (ND) das imagens do sistema sensor Landsat8, utilizou-se os valores de coeficientes radiométricos que estão contidos nos metadados das imagens.Na tentativa de identificação e mapeamento desses alvos, utilizou-se os resultados dos cálculos de NDVI, Albedo no topo da atmosfera, Albedo de superfície e temperatura de brilho. Os melhores resultados, foram obtidos por meio do Albedo de superfície. Enquanto benefícios, a utilização do sensoriamento remoto nessa pesquisa, possibilitou trabalhar com uma área de 56.111,526 km², com excelente custo benefício de se obter informações das possíveis áreas de arenização e areais na microrregião. Mesmo diante da confusão espectral dos areais e possíveis áreas de arenização com outros alvos, foi possível determinar os valores de NDVI, Albedo no topo da atmosfera, Albedo de superfície e temperatura de brilho.
Abstract: Studies related to arenization and the formation of sandbanks among other environmental impacts associated to the sandy soils degradation in the Southwest microregion of Goiás are being conducted since 2002 according to Scopel, Peixinho e Sousa (2005). To Suertegaray (1996) apud Sousa et al. (2012), the process of arenization happens due to the “reworking of sandstone deposits with lack of consolidation or unconsolidated sandy soils which cause complications regarding the fixing of vegetation in these areas, combined with the constant movement of sediments”. Sandbanks are defined by Sousa et al. (2012) as soil exposed spots resulting from the process of vegetation rarefaction in sandy areas. These authors mention that the conditioning elements of sandbanks formation are associated with the recent landscape transformation, strongly connected with natural elements. Among them, the source material, the sandstones from “Botucatu” formation. Still about the conditioning aspects that potentiated the arenization and formed the sandbanks, there are the usage and management of sandy soils. These two processes, in turn, are recent landscape transformation, consequence of the socioeconomic process of occupation of less productive soils to agricultural and livestock activities, which were observed ever since the 80’s. The methodology used in this research consisted in identifying, mapping and quantifying the possible arenization and sandbank areas through the usage of remote sensing and geo-processing techniques. Images provided by the Landsat8 sensor system were used, of which atmospheric corrections were made through energy balance algorithms, SEBAL method according to Allen et al. (2002). For the ND values conversion process of the Landsat8 images, radiometric coefficient values incorporated in the images metadata were used. In an attempt of identifying and mapping the mentioned targets, use was made of results of NDVI calculations, Albedo at the top of the atmosphere, surface and brightness temperature Albedo. The best results were obtained by surface Albedo. As benefit, using remote sensing in this research enabled the work of a 56.111,526 km² area, and with excellent cost-benefit when obtaining information on possible arenization and sandbank areas in the microregion. Even with spectral confusion issues in the sandbanks and possible arenization areas with other targets, it was possible to determine NDVI values, Albedo at the top of the atmosphere, surface and brightness temperature Albedo.
Palavras-chave: Sensoriamento remoto
Arenização
Solos
Geoprocessamento
Remote sensing
Arenization
Soils
Geoprocessing
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Regional Jataí (RJ)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (RJ)
Citação: MACHADO, L. M. Áreas de arenização e areais no sudoeste de Goiás: o uso do sensoriamento remoto para identificação e mapeamento. 2016. 115 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Jataí, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7174
Data de defesa: 20-Mai-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (RJ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Leonardo Martins Machado - 2016.pdf4,21 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons