Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7198
Tipo do documento: Dissertação
Título: Jornalismo como trincheira: o discurso crítico de Rachel de Queiroz na revista O Cruzeiro na década de 50
Título(s) alternativo(s): Journalism as trench: the critical discourse of Rachel de Queiroz in the magazine O Cruzeiro in the decade of 50
Autor: Jury, Letícia Arantes
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3069426017717757
Primeiro orientador: Santos, Goiamérico Felício Carneiro dos
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4360025460772301
Primeiro membro da banca: Santos, Goiamérico Felício Carneiro dos
Segundo membro da banca: Tuzzo, Simone Antoniaci
Terceiro membro da banca: Campos, Raquel Machado Gonçalves
Resumo: Resumo: O presente trabalho se propõe a analisar o discurso crítico da cronista Rachel de Queiroz em sua coluna ‘Última Página’ da revista O Cruzeiro, na década de 50, e investigar se ele se configura enquanto prática social. Ela é a jornalistas que mais atuou na imprensa brasileira, foram 70 anos, tendo iniciado sua carreira no jornal O Ceará aos 16 anos e encerrado aos 93 anos no Estadão. Catalogamos 496 crônicas e nelas observamos as intenções humanitárias da cronista em denunciar o descaso com a infância abandonada e com os nordestinos, retirantes, vítimas da seca. Rachel de Queiroz faz críticas ao preconceito racial no Brasil, a política brasileira, a discriminação sofrida pela mulher, a ausência de valorização da cultura e da literatura brasileira. Dada à rica e profusa produção da autora, buscamos empreender as nossas análises a partir de um recorte. Dessa forma, a nossa opção metodológica levou à definição de nove crônicas para procedermos com a Análise Crítica do Discurso, que contemplam o cerne da presente Dissertação: o ‘jornalismo como trincheira’ nas páginas da revista ilustrada dos arranha céus.
Abstract: The present work proposes to analyze the critical discourse of the chronicler Rachel de Queiroz in her 'Last Page' column of the magazine O Cruzeiro, in the 50s, and investigate if it is configured as a social practice. She is the journalist who most acted in the Brazilian press, were 70 years old, having started her career in the newspaper O Ceará at age 16 and ended at 93 years in the State. We catalog 496 chronicles and in them we observe the humanitarian intentions of the chronicler in denouncing the neglect with the abandoned childhood and with the Northeastern, retired, victims of the drought. Rachel de Queiroz criticizes racial prejudice in Brazil, Brazilian politics, discrimination suffered by women, lack of appreciation of Brazilian culture and literature. Given the rich and profuse production of the author, we seek to undertake our analyzes from a cut. Thus, our methodological option led to the definition of nine chronicles to proceed with the Critical Discourse Analysis, which contemplate the heart of the present Dissertation: 'journalism as a trench' in the pages of the illustrated magazine of the skyscrapers.
Palavras-chave: O Cruzeiro
Última Página
Jornalismo
Resistência
Análise crítica do discurso
O Cruzeiro
Last Page
Journalism
Resistance
Critical discourse analysis
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: JURY, L. A. Jornalismo como trincheira: o discurso crítico de Rachel de Queiroz na revista O Cruzeiro na década de 50. 2017. 172 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7198
Data de defesa: 20-Mar-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Letícia Arantes Jury - 2017.pdf6,9 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons