Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7204
Tipo do documento: Tese
Título: Memória de aula: dispositivo de disciplina e controle
Título(s) alternativo(s): Class memory: discipline and control device
Autor: Lisboa, Jussara Regina de Souza
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4495299575121643
Primeiro orientador: Paniago, Maria de Lourdes de Faria
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8997183290450687
Primeiro membro da banca: Paniago, Maria de Lourdes de Faria
Segundo membro da banca: Potenciano, Agostinho
Terceiro membro da banca: Souza Filho, Sinval Martins de
Quarto membro da banca: Pires, Luciene Lima de Assis
Quinto membro da banca: Momesso, Maria Regina
Resumo: Este trabalho surgiu da preocupação com a escrita de textos no ensino superior quando eu lecionava para o curso de Pedagogia, no ano de 2012. Observei que tal prática ocorria de forma mínima, cerca de, no máximo, duas vezes em cada disciplina e por semestre. Diante disso, inseri no plano de aula a produção textual dentro da sala de aula na forma de Memórias de Aula (MA), ou seja, uma escrita cuja função era a de incitar o aluno à reflexão crítica sobre as questões trabalhadas em sala e a pertinência delas para o aluno em formação. As MAs apresentam duas características importantes: a primeira diz respeito ao fato de que, feita a cada aula, incitam a retomada de pontos importantes discutidos que contribuem para a reflexão do aluno em termos de conhecimentos teóricos; e a segunda, centra-se na exigência feita ao aluno de que se posicione diante da teoria de forma crítica, isto é, discuta as questões apresentadas, bem como a pertinência delas para o graduando em Pedagogia. Diante de tal gênero que apresenta tais exigências, a investigação centrou-se no questionamento de estarmos diante de um dispositivo de disciplina, e controle do aluno e de seu discurso. A análise desenvolveu-se com base em métodos qualitativos e a partir do Paradigma Indiciário de Ginzburg (1989), o que possibilitou pontuar a singularidade para investigá-la com rigor científico. Além disso, o referencial teórico pauta-se nos estudos do filósofo Michel Foucault sobre disciplina e controle, assim como estudos de outros pesquisadores que, a partir da proposta do filósofo, deslocaram as questões teóricas para o campo da educação. O corpus da investigação são as MAs produzidas por alunos do segundo semestre de Pedagogia, no período de 2014 a 2015. Objetivou-se, então, investigar como ocorre a disciplina e o controle do sujeito e do discurso por meio da MA. A hipótese de tal investigação é a de que a MA assume o papel de dispositivo de disciplina e controle do sujeito e do discurso, incitando-o, através de uma autorreflexão, de enunciados confessionais e de um mostrar-se pelas narrativas pessoais e escritas de si, a assumir o discurso e a posição aceita dentro dessa ordem escolar. As indagações desta investigação centram-se na reflexão de como essas produções exercem o poder de disciplinar e controlar os sujeitos; que discurso a escola prioriza e quais excluem; que sujeito a disciplina e o controle constroem. Diante do exposto, observou-se que as MAs são dispositivos de disciplina e controle do sujeito e do discurso cujas estratégias de atuação são bastante sutis, o que torna o dispositivo bastante eficiente na condução de condutas nas referidas condições de produção escolar.
Abstract: This work arose from the concern of text writing in the high degree when I taught to the pedagogy course, in the year of 2012. I observed that such practice occurred on a minimal way, about twice in each subject at maximum by semester. Therefore, I inserted to the lesson plan template the textual production inside the classroom in the context of using memories of class (MC), which means, a kind of writing whose function was to initiate the student to the critics reflection about the worked issues in the classroom and their pertinence to the student in process of graduation. The Memories of Class MC(s) present two important features: the first is related to the fact that done each class it triggers the restarting important points discussed that contribute to the student’s reflection in terms of theoretical knowledge, and the second one is centered on the student’s exigency which is demanded to give his/her point of view before the theory on a critical manner, which means that he or she should discuss the presented issues, as well as their pertinence to the pedagogy student. Before such gender which presents such demands, the investigation centered on the questioning of being before a discipline device, and student’s control of his/her discourse. The analysis was developed based on qualitative methods and from the clue paradigm of GINZBURG (1989), what made possible to indicate the singularity to investigate it with scientific exigency. Besides that, the theoretical reference is based on philosophical studies of Michel Foucault about discipline and control, as well as studies from other researchers in which from the philosopher proposal arose the theoretical issues to the field of education. The corpus of investigation are the MC(s) Memories of Class produced by the students from the second semester of pedagogy, from 2014 to 2015. Then the goal was to investigate how does it occur the person’s discipline and control of the discourse through the Memories of Class MC(s). The hypothesis of such investigation is that the MCMemory of Class assumes an important role of discipline device and person’s control and of its discourse, stimulating it, through a self-reflection of confessional statements and one being shown by the personal written and personal narratives of oneself. To assume the discourse and the accepted position in this scholar order. The questions of this investigation are centered in the reflection of how these productions do the power of disciplining and controlling the people and which, discourse and school prioritize and the ones that exclude, once is vulnerable to discipline and to the built control. Before the shown, it was seen that the MC(s)- Memories of Class are devices of discipline and person’s control and of discourse whose strategies of acting are very subtle, what becomes the device very efficient on the conduction of behavior in the referred conditions of school production.
Palavras-chave: Análise do discurso
Memória de aula
Controle
Disciplina
Discourse analysis
Memory of class
Control
Discipline
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: LISBOA, J. R. S. Memória de aula: dispositivo de disciplina e controle. 2017. 187 f. Tese (Doutorado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7204
Data de defesa: 17-Mar-2017
Aparece nas coleções:Doutorado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Jussara Regina de Souza Lisboa - 2017.pdf15,94 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons