Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7322
Tipo do documento: Dissertação
Título: Confrontando e reconstruindo teorias pessoais e identidades: uma pesquisa sobre reflexão crítica na formação de professores de língua estrangeira
Título(s) alternativo(s): Confronting and reconstructing personal theories and identities: a research about critical reflection in foreign language teachers education
Autor: Rosa, Leanna Evanesa
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7573860530079170
Primeiro orientador: Pessoa, Rosane Rocha
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3633216363498900
Primeiro membro da banca: Pessoa, Rosane Rocha
Segundo membro da banca: Costa, Alexandre Ferreira da
Terceiro membro da banca: Jorge, Míriam Lúcia dos Santos
Resumo: O ensino crítico surgiu, no contexto da Linguística Aplicada, como um projeto político que busca questionar práticas hegemônicas de modo que as pessoas sejam encorajadas a participar ativamente dos debates públicos e a buscar mudanças sociais no que tange assuntos como opressão, sofrimento, injustiça, desigualdade e marginalização. Trata-se de um projeto amplo que almeja abstrair a teoria por meio dos contextos de práxis. Com base nesses preceitos, delimitei meu projeto de mestrado, que se baseou em um estudo sobre as contribuições de discussões críticas para a formação de professores de línguas. Esta pesquisa justifica-se pela necessidade de compreender processos de formação profissional com base em teorizações críticas sobre ensino e formação de professores. O objetivo principal deste trabalho foi investigar o processo de reflexão crítica e de tomada de consciência de sete professoras e de dois professores participantes da disciplina “Reflexão crítica na formação do professor de língua estrangeira”, oferecida pelo curso de Pós-Graduação da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás (UFG). Também objetivei analisar: 1) as concepções de reflexão e reflexão crítica dos participantes e 2) se as reflexões sobre os estudos críticos tiveram consequências para as teorias pessoais e identidades dos docentes. Tendo em vista os objetivos apresentados, os princípios que nortearam minha análise foram: as teorizações sobre reflexão crítica e formação de professores (CONTRERAS, 2002; SMYTH, 1991a, 1991b, 1991c; ZEICHNER; LISTON, 1996a, 1996b, 1996c; CELANI 2001; MOITA LOPES, 2008b; PESSOA, 2003; BORELLI, PESSOA, 2011b); as teorizações sobre discurso como prática social e sobre consciência discursiva crítica (FAIRCLOUGH, 1999, 2001a, 2001b); as teorizações da Linguística Aplicada Crítica (MOITA LOPES, 1996, 2003, 2008a, 2008b; PENNYCOOK, 1998, 1999, 2008; RAJAGOPALAN, 2003; FABRÍCIO, 2008); as teorizações da pedagogia crítica (CONTRERAS, 2002; FREIRE, 2009; GIROUX, 1997; HOOKS, 1994; ELLSWORTH, 1992, PENNYCOOK, 1999); as teorizações dos Estudos Culturais (HALL, 2006, 2011; WOODWARD, 2011; SILVA, 2006, 2011) e as teorizações dos estudos feministas (LOURO, 2000; HOOKS, 1994; BUTLER, 2000). O presente trabalho foi um estudo de caso ancorado nos pressupostos metodológicos da pesquisa qualitativa crítica (DENZIN; LINCOLN, 2005, 2006a, 2006b). Os dados foram coletados entre março e junho de 2010. Os resultados indicaram algumas mudanças pessoais e possíveis mudanças na prática docente dos participantes. Eles também apontaram para um maior engajamento no processo de reflexão crítica por parte dos participantes no decorrer do curso, para a tomada de consciência e posicionamento discursivo, para o fortalecimento dos professores, para o engajamento político dos docentes, para a desconstrução de histórias únicas, bem como, para a afirmação de identidades outrora veladas.
Abstract: Critical thinking education emerged in the Applied Linguistics context as a political project which aims at questioning hegemonic practices. In this teaching perspective, teachers and students are encouraged to actively take part in the public debate and also to engage in the social changing actions connected to any subject regarding oppression, suffering, injustice, inequality, and marginalization. It is a wide project that seeks to theorise from praxis contexts. Based on these principles, I defined my master project, which was based on a study about the contributions of critical debates to language teacher education. This research is justified by the need of understanding professional education processes based on the critical theorizations about teaching and teacher education. It aimed at investigating the process of critical reflection and awareness of seven female and two male teachers who attended the course “Critical reflection in foreign language teacher education”. This course was offered by the post-graduation program at Faculdade de Letras of the Universidade Federal de Goiás. It also aimed at analyzing: 1) the participants’ conceptions of reflection and critical reflection and 2) if the reflections about critical thinking education implicated in the participants’ personal theories and identities. The analysis made in this research was based on the following theorizations: critical reflection and teacher education (CONTRERAS, 2002; SMYTH, 1991a, 1991b, 1991c; ZEICHNER; LISTON, 1996a, 1996b, 1996c; CELANI 2001; MOITA LOPES, 2008b; PESSOA, 2003; BORELLI, PESSOA, 2011b); discourse as social practice and critical awareness of language (FAIRCLOUGH, 1999, 2001a, 2001b); Critical Applied Linguistics (MOITA LOPES, 1996, 2003, 2008a, 2008b; PENNYCOOK, 1998, 1999, 2008; RAJAGOPALAN, 2003; FABRÍCIO, 2008); Critical Pedagogy (CONTRERAS, 2002; FREIRE, 2009; GIROUX, 1997; HOOKS, 1994; ELLSWORTH, 1992, PENNYCOOK, 1999); Cultural Studies (HALL, 2006, 2011; WOODWARD, 2011; SILVA, 2006, 2011); and Feminists Studies (LOURO, 2000; HOOKS, 1994; BUTLER, 2000). This work was a case study and it followed the methodological assumptions of critical qualitative research (DENZIN; LINCOLN, 2005, 2006a, 2006b). The data was collected between March and June, 2010. The results indicated that there were some personal changes and there were also some possible changes in the participants’ teaching practices. They also pointed to a greater engagement in the critical reflection process by the participants’ throughout the course, to some awareness raising and discursive positioning, to some empowerment of participants, to some political engagement of participants, to the deconstruction of personal theories, and to the assumption of new identities.
Palavras-chave: Formação de professores
Reflexão crítica
Pedagogia crítica
Problematização
Teacher education
Critical reflection
Critical pedagogy
Problematization
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: ROSA, L. E. Confrontando e reconstruindo teorias pessoais e identidades: uma pesquisa sobre reflexão crítica na formação de professores de língua estrangeira. 2013. 164 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7322
Data de defesa: 26-Ago-2013
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Leanna Evanesa Rosa - 2013.pdf2,47 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons