Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7338
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise da percepção do paciente com a segurança no atendimento em unidade de urgência e emergência
Título(s) alternativo(s): Analysis of patient perception with safety in emergency room and emergency
Autor: Arruda, Nara Lília Oliveira
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4226275254254095
Primeiro orientador: Bezerra, Ana Lúcia Queiroz
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/0088227879433410
Primeiro membro da banca: Bezerra, Ana Lúcia Queiroz
Segundo membro da banca: Silva, Ana Elisa Bauer de Camargo
Terceiro membro da banca: Prado, Marinésia Aparecida
Quarto membro da banca: Paranaguá, Thatianny Tanferri de Brito
Quinto membro da banca: Rosso, Claci Fátima Weirich
Resumo: Este estudo objetivou analisar a percepção dos usuários quanto a segurança no atendimento em saúde, oferecida pelos profissionais, em uma unidade de urgência e emergência de um hospital de ensino do centro-oeste brasileiro. A população foi composta por 100 pacientes que atenderam aos critérios pré-estabelecidos para a pesquisa. Trata-se de um estudo transversal descritivo, de natureza qualiquantitativa. Os dados foram coletados de 31 de maio a 30 de agosto de 2015 por meio de entrevistas, norteadas por um instrumento semi estruturado, adaptado e testado. Os dados quantitativos foram inseridos no Statistical Package For The Social Science (SPSS) versão 20.0 e analisados, descritivamente, por meio de frequências simples e absolutas. Para análise qualitativa, foi utilizada a análise de conteúdo de Bardin. Os resultados mostraram que 53,0% dos pacientes eram do sexo feminino com idade variável entre 19 e 84 anos, com média de 50,6 anos. Quanto ao atendimento, 100% foram de urgência para tratamento clinico. 99% dos pacientes demonstram-se satisfeitos com o atendimento recebido e, 99% sentiram-se seguros com o atendimento dos profissionais; 96% não tiveram problemas durante o período que permaneceram na unidade de urgência e emergência. Como condutas seguras, destacaram que 99% dos profissionais confirmam o nome antes de qualquer procedimento e 89% explicaram claramente os procedimentos; 86% foram orientados sobre possíveis complicações; 93% referiram que os profissionais mostraram habilidade na realização de procedimentos; 69% que os profissionais consultavam sempre a prescrição antes do procedimento. Quanto à ocorrência de erros, 97% gostariam de ser informados sobre a ocorrência de erros durante o tratamento, mesmo que, não causasse dano; 80% confiavam nos profissionais que prestavam cuidado e julgaram não ter condições para se antecipar ao possível erro durante o cuidado. A satisfação dos pacientes sobre o atendimento e cuidados recebidos no serviço de urgência e emergência foi considerada um importante indicador de resultado da qualidade da assistência nas unidades de urgência e emergência do hospital. Espera-se que este estudo contribua para a formulação e potencialização de ações educativas como um caminho estratégico para o alcance e/ou fortalecimento da satisfação do paciente com a segurança assistencial, bem como, para elaboração de políticas que, subsidiem a formação de uma cultura de segurança, minimizando os riscos da internação e garantindo melhorias na qualidade do cuidar nas unidades de urgência e emergência no contexto local e nacional.
Abstract: This study aimed at analyzing users' perception due to safeness of health care offered by professionals in an emergency and urgency unit of a university hospital in Midwest of Brazil. The population was composed of 100 patients who met pre – established criteria for research. This is a cross-sectional, descriptive, quanti-qualitative study. The data were collected from May 31 to August 30, 2015 through interviews, guided by a semi-structured adapted and tested tool. The quantitative data were entered in the Statistical Package for The Social Science (SPSS) version 20.0 and analyzed, descriptively, by means of simple and absolute frequencies. For qualitative analysis, Bardin content analysis was used. The results showed that 53.0% of the patients were females from 19 to 84 years, an average of 50.6 years. Regarding the care, 100% were of urgency for clinical treatment. 99% of the patients were satisfied with the care received, and 99% felt safe with professionals care; 96% had no problems during the period they remained in the emergency and urgency unit. As a safe conduit, they pointed out that 99% of the professionals confirmed the name before any procedure and 89% clearly explained the procedures; 86% were advised on possible complications; 93% reported that professionals showed skill in performing procedures; 69% that professionals always consulted the prescription before the procedure. Regarding the occurrence of errors, 97% would like to be informed about the occurrence of errors during the treatment, even if, it did not cause damage; 80% relied on the team and judged they were unable to anticipate the possible error in care. Patients' satisfaction with the care and rehabilitation of the emergency and urgency services was considered an important indicator of assistance quality in emergency and urgency units in the hospital. It is expected that this study contributes to the formulation and enhancement of educational actions as a strategic way to reach and / or strengthen patient satisfaction with care security, as well as, for the policies elaboration that subsidize the formation of a culture decreasing the risks of hospitalization and ensuring improvements in care quality in emergency and urgency units in local and national context.
Palavras-chave: Atendimento de urgência e emergência
Segurança do paciente percepção do paciente
Enfermagem
Urgent and emergency care
Nursing
Patient safety patient perception
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PRPG)
Citação: ARRUDA, N. L. O. Análise da percepção do paciente com a segurança no atendimento em unidade de urgência e emergência. 2017. 123 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7338
Data de defesa: 19-Dez-2016
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Saúde Coletiva (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Nara Lília Oliveira Arruda - 2017.pdf1,38 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons