Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7356
Tipo do documento: Dissertação
Título: Instrução explícita e diferenças individuais na aquisição de enunciados declarativos e interrogativos totais em Espanhol/L2
Título(s) alternativo(s): Explicit instruction and individual differences in acquisition of declaratives and total interrogatives in Spanish/L2
Autor: Rodrigues, Rhanya Rafaella
Currículo Lattes do Autor: lattes.cnpq.br/5294193411339202
Primeiro orientador: Preuss, Elena Ortiz
Currículo Lattes do primeiro orientador: lattes.cnpq.br/1294160176645666
Primeiro membro da banca: Preuss, Elena Ortiz
Segundo membro da banca: Finger, Ingrid
Terceiro membro da banca: Sousa Filho, Sinval Martins de
Quarto membro da banca: Rezende, Tânia Ferreira
Quinto membro da banca: Vieira, Gláucia
Resumo: O processo de aquisição de L2 tende a gerar muitas controvérsias no que se refere ao nível de desempenho avançado dos aprendizes. Enquanto alguns estudiosos atribuem o nível de proficiência obtido às práticas pedagógicas desenvolvidas em sala de aula, outros afirmam que são as diferenças individuais (DIs), ou seja, as características pessoais de cada aprendiz, que interferem nesse processo (ORTIZ-PREUSS; SANZ, 2016). No entanto, Sanz (2005) sugere que se deve investigar a interação entre as condições pedagógicas e as diferenças individuais dos aprendizes, com vistas a explicar melhor a variabilidade no nível de proficiência avançado de aprendizes adultos de L2. Além disso, outro aspecto que chama a atenção é a carência de pesquisas sobre a aquisição da entoação em espanhol/L2. A partir disso, neste estudo, propõe-se a observar os efeitos da instrução explícita na aquisição de enunciados declarativos e interrogativos totais, que são os que apresentam padrão entoacional mais divergente entre a língua portuguesa e a língua espanhola (DIAS, 2015). Espera-se, também, analisar possíveis interações entre efeitos da instrução explícita e DIs (idade, frequência de uso, experiência linguística, experiência docente e capacidade atencional) na aquisição desses enunciados. À vista disso, realizou-se uma pesquisa semi-experimental de natureza quantitativa. Participam do estudo 19 aprendizes brasileiros de espanhol em nível intermediário-avançado, que fazem parte do contexto de licenciatura em espanhol e do contexto de curso de idiomas. Os participantes estão divididos em quatro grupos, considerando-se: i) o contexto (graduação ou curso livre); e ii) a intervenção (experimental ou controle). Para a obtenção de dados foram usados os seguintes instrumentos: pré-teste e pós-teste linguístico, questionário de histórico e proficiência linguística e teste de capacidade atencional (ANT). Cabe ressaltar que usou-se o software de uso livre PRAAT, tanto na instrução explícita, como forma de evidenciar os contornos melódicos produzidos pelos alunos, quanto na análise de dados, para a atribuição dos escores de acerto ou erro na produção dos enunciados. Os participantes dos grupos experimentais foram submetidos a um período de instrução explícita sobre os enunciados-alvo, entre o pré-teste e o pós-teste. Os resultados indicam que os escores dos participantes dos grupos experimentais aumentaram após o recebimento da instrução explícita, embora as análises não tenham revelado diferença significativa entre os grupos. Além disso, observa-se associação entre efeitos de instrução explícita e idade, frequência de uso, domínio geral de habilidades, vivência em país de fala hispana e experiência docente. Verifica-se, também, que os enunciados interrogativos totais são considerados os que apresentam produção mais difícil aos aprendizes brasileiros de espanhol/L2, em comparação com os enunciados declarativos. Os resultados indicam que a instrução explícita pode contribuir para a aquisição dos enunciados-alvo deste estudo, no entanto, deve-se considerar que algumas DIs podem maximizar ou suprir os efeitos da instrução explícita. Palavras-Chave: Condições Pedagógicas. Diferenças Individuais. Entoação. Espanhol/L2. Efeitos da Instrução Explícita. Enunciados Declarativos e Interrogativos Totais.
Abstract: The process of L2 acquisition tends to produce many controversies regarding the level of advanced performance of learners. Whereas some researchers attribute proficiency level to pedagogical practices worked up in the classroom, others affirm that individual differences, that is, specific characteristics of learners, interfere in this process (ORTIZ-PREUSS; SANZ, 2016). Nonetheless, Sanz (2005) suggests it should be investigated the relations between pedagogical conditions and individual differences of learners, in order to further explain the variability in final proficiency level of L2 adult learners. In addition, another prominent aspect is the lack of researches on acquisition of intonation in Spanish/L2. Based on that, in this research, we propose to observe the effects of explicit instruction in acquisition of total declaratory and interrogative utterances, which possess the most distinct intonational patterns between Portuguese and Spanish (DIAS, 2015). Intending to analyse possible interactions between effects of explicit instruction and IDs – Individual Differences (age, frequency of use, teaching experience and attention span capacity) in the acquisition of these utterances, we conducted a semi-experimental research of quantitative nature. The research participants were Brazilian learners of Spanish from intermediate-advanced level who were in the context of Spanish teaching graduation course and in the context of a language course center. These participants were divided into groups of four, considering: i) the context (graduation course or free course); and ii) the intervention (experimental or control). For obtaining the data, we used the following instruments: linguistic pre-test, linguistic post-test, questionnaire of linguistic background and proficiency, and test of attentional capacity (ANT). It should be noted that we used a free software, PRAAT, not only in the explicit instruction, as a way of evidencing the melodic contours produced by students, but also in the data analysis, to assigning scores to correct or incorrect utterance production. The participants of experimental groups were submitted to a period of explicit instruction about the target utterances in between pre-test and post-test. The results indicate that scores of participants of experimental groups enhanced after receiving explicit instruction, although differences in the analysis cannot be considered significant among the groups. Besides that, we observed the association between explicit instruction and age, frequency of use, general mastery of skills, having lived in Hispanic-speaking country and teaching experience. It was also verified that total interrogative utterances are more difficult for Brazilian learners of Spanish/L2 when compared to declaratory utterances. Lastly, the results point out that explicit instruction can contribute to the acquisition of this study’s target-utterances, however, we must consider that some IDs can maximize or supply the effects of explicit instruction. Keywords: Pedagogical Conditions. Individual Differences. Intonation. Spanish/L2. Effects of Explicit Instruction. Total Declaratory and Interrogative Utterances
Palavras-chave: Condições pedagógicas
Diferenças individuais
Entoação
Espanhol/L2
Efeitos da instrução explícita
Enunciados declarativos e interrogativos totais
Pedagogical conditions
Individual differences
Intonation
Spanish/L2
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: RODRIGUES, R. R. Instrução explícita e diferenças individuais na aquisição de enunciados declarativos e interrogativos totais em Espanhol/L2. 2017. 161 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7356
Data de defesa: 26-Abr-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Rhanya Rafaella Rodrigues - 2017.pdf3,24 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons