Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7374
Tipo do documento: Tese
Título: Resistência e poder no dispositivo da moda
Título(s) alternativo(s): Resistance and power in the fashion device
Autor: Paixão, Humberto Pires da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/6521378836770221
Primeiro orientador: Sousa, Kátia Menezes de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1920351654350013
Primeiro membro da banca: Sousa, Kátia Menezes de
Segundo membro da banca: Prado Filho, Kleber
Terceiro membro da banca: Sargentini, Vanice Maria Oliveira
Quarto membro da banca: Fernandes Júnior, Antônio
Quinto membro da banca: Potenciano, Agostinho
Resumo: A presente tese tem por objetivo descrever e analisar a articulação entre poder e resistência no dispositivo da moda, ou seja, investigar, em enunciados efetivamente produzidos, a possibilidade de resistir ao poder de que se constitui a moda, poder esse amparado em determinados saberes e produtor de subjetividades. Como aparato teórico-metodológico, optou-se pelas formulações de Michel Foucault e seu imbricamento com os postulados da Análise do Discurso francesa (AD), especialmente em seu conceito de dispositivo, para discutir as relações de poder, a subjetivação e a contraconduta na sociedade de controle. A partir de um percurso inspirado nas formulações do mestre francês, especulamos sobre a necessidade de se fortalecer uma AD foucaultiana, já que seu legado constitui-se de um arsenal potente para lidar com os discursos híbridos presentes na atualidade. Também buscamos retomar as noções de dispositivo, poder, saber, sujeito e resistência, por meio das releituras atuais feitas por alguns autores, como Gilles Deleuze, Paul Veyne, Giorgio Agamben, dentre outros. Nesse sentido, procuramos atualizar essas discussões, inserindo nelas a possibilidade de tratar a moda, nosso objeto de pesquisa, no rol dos dispositivos que compõem o cenário biopolítico da contemporaneidade, em sua incidência sobre os corpos e, sobretudo, sobre a população. Tendo em mente que só é possível o exercício do poder num universo em que a liberdade seja sua condição sine qua non, empreendemos a revisão do conceito de poder e resistência para que pudéssemos analisar alguns casos em que tal ação se materializasse. Como decorrência desse movimento de retomadas e atualizações, fez-se necessário, dada a sua reiteração nos textos analisados, examinar o conceito de estilo e sua relação com as linhas de forças e de fuga, bem como a relação entre a subjetivação e a estilização. Para tanto, a noção de dispositivo possibilitou a apreensão dos contornos e movimentos próprios da moda, pois, em se tratando de um conceito operacional ou estratégico, que se volta para as práticas (concretas ou discursivas), com ele pode-se capturar esses processos de constituição de subjetividades. Durante o trabalho, cujo corpus se constituiu a partir de textos de diferentes gêneros discursivos extraídos do universo midiático, detectou-se a confirmação de nossa hipótese de que, no dispositivo da moda, a resistência é sempre reaproveitada em favor da manutenção e do desenvolvimento do próprio dispositivo.
Abstract: This present work aims at describing and analysing the articulation between power and resistance in the fashion device, that is, investigating the possibility of resisting to the power upon which fashion is established, as being supported in certain knowledge fields as well as source of subjectivity. As a theoretical-methodological apparatus, this analysis opted for Michel Foucault's formulations and their contributions to the French Discourse Analysis, especially as to its concept of devices in order to debate the power relations, the subjectivity and the counter-behaviour in the society of control. From a pathway inspired by the formulations of the French master, we speculate on the need of strengthening an AD, once his legacy is composed by an arsenal powerful enough to deal with the hybrid discourses present today. We also seek to resume the notions of device, power, knowledge, subject and resistance by current reinterpretations made by some authors such as Gilles Deleuze, Paul Veyne and Giorgio Agamben, among others. In this sense, we pursuit to update these debates, as well as contemplating the possibility of comprehending fashion – our object of research – in the list of mechanisms that compose the biopolitics scenario in current days, its incidence on the bodies and, mainly, on the population. Keeping in mind that it is only possible to exert power over a universe where liberty is a sine qua non condition, we review the concept of power and resistance so that it would be possible to analyse some cases in which such action would take form. As a result of this movement of renewals and updates, it became necessary to examine the concept of style and its relation to the parameters of forces and escape, as well as the relationship between subjectivity and stylization. For this, the notion of device made possible the apprehension of the contours and movements proper to fashion, because, in the case of an operational or strategic concept, that turns to practices (concrete or discursive), with it can capture these processes of constitution of subjectivities. In the course of this work, which corpus was built upon texts of different discursive genders extracted from the media universe, we found the confirmation of our hypothesis, that is, in the realm of fashion device, resistance is always reutilized in benefit of the maintenance and development of its own device.
Palavras-chave: Dispositivo
Discurso
Moda
Poder
Resistência
Estilização
Device
Discourse
Fashion
Power
Resistance
Stylization
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: PAIXÃO, H. P. Resistência e poder no dispositivo da moda. 2017. 258 f. Tese (Doutorado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7374
Data de defesa: 5-Mai-2017
Aparece nas coleções:Doutorado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Humberto Pires da Paixão - 2017.pdf3,7 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons