Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7520
Tipo do documento: Dissertação
Título: Aproveitamento de resíduo de soja para produção de painéis MDP (Medium Density Particleboard)
Título(s) alternativo(s): Use of soybean residue for production of MDP panels (Medium Density Particleboard)
Autor: Guimarães, Íngrid Luz
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3532558381384684
Primeiro orientador: Guimarães Junior, José Benedito
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/5497377793349287
Primeiro coorientador: Corrêa, Robson Schaff
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/5900350639250816
Primeiro membro da banca: Guimarães Junior, José Benedito
Segundo membro da banca: Corrêa, Robson Schaff
Terceiro membro da banca: Cruz, Edmilson Santos
Quarto membro da banca: Mendes, Rafael Farinassi
Quinto membro da banca: Protásio, Thiago De Paula
Resumo: O resíduo da pré-limpeza de soja é encontrado em grande quantidade no pátio das indústrias de beneficiamento e dos secadores das fazendas, acarretando sérios transtornos caso não seja removido para locais mais afastados antes que o processo de fermentação se inicie. Dentre os resíduos gerados no momento da colheita e limpeza dos grãos estão às vagens de soja, que se apresenta como um material lignocelulósico alternativo para ser utilizado na produção de painéis aglomerados do tipo MDP. Este trabalho teve como objetivo verificar o efeito da utilização de vagens de soja na produção de painéis MDP de eucalipto. Os painéis, com densidade nominal de 0,70 g/cm³, foram constituídos por três camadas, de modo que nas capas foram utilizadas finas partículas de madeira de eucalipto e o miolo foi composto por uma mistura de partículas de eucalipto e de vagens soja. As proporções utilizadas de partículas de resíduo de soja em relação às de eucalipto no miolo foram de 0, 25, 50, 75 e 100%. Para o encolamento das partículas foi utilizado o adesivo uréia formaldeído, na proporção de 12%, tanto para as capas como para o miolo. O ciclo de prensagem teve temperatura de 160°C, por um período de 15 minutos a uma pressão de 4MPa. Para avaliar a qualidade dos painéis produzidos, foram determinadas suas propriedades físicas e mecânicas de densidade aparente; razão de compactação; absorção de água e inchamento em espessura em 2 e 24 horas de imersão; tração perpendicular; módulo de elasticidade e módulo de ruptura na flexão estática. Para atender as exigências da norma brasileira (NBR 14.810/2002), para as propriedades de inchamento em espessura (2h) e módulo de ruptura, a quantidade máxima de vagem de soja recomendada para painéis MDP é de 20%.
Abstract: Soybean pre-cleaning residue is found in large quantities in the processing and processing dryers' farms, resulting in serious inconvenience if it is not removed to farther places before the fermentation process begins. Among the residues generated at the time of harvesting and cleaning of the grains are soybean pods, which presents as an alternative lignocellulosic material to be used in the production of Agglomerated panels of the MDP type. The objective of this work was to verify the effect of the use of soybean pods in the production of eucalyptus MDP panels. The panels, with a nominal density of 0.70 g / cm³, were composed of three layers, the thin layers of eucalyptus wood were used in the covers and the core was composed of a mixture of eucalyptus particles and soybean pods. The proportions used of soybean residue particles in relation to those of eucalyptus in the kernels were 0, 25, 50, 75 and 100%. For the glueing of the particles the adhesive urea formaldehyde, in the proportion of 12%, was used for both the covers and the crumb. The pressing cycle had a temperature of 160 ° C for a period of 15 minutes at a pressure of 4MPa. To evaluate the quality of the panels produced, their physical and mechanical properties of apparent density; Compaction ratio; Water absorption and swelling in thickness at 2 and 24 hours of immersion were determinater; Perpendicular traction; Modulus of elasticity and modulus of rupture in the static bending. To meet the requirements of Brazilian standard (NBR 14.810 / 2002), for the properties of swelling in thickness (2h) and modulus of rupture, the maximum amount of soybean recommended for MDP panels is 20%.
Palavras-chave: Vagem de soja
Resíduos agroindustriais
Painéis reconstituídos
Propriedades físico-mecânicas
Soybean pod
Agroindustrial residues
Reconstituted panels
Physico-mechanical properties
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Regional Jataí (RJ)
Programa: Programa de Pós-graduação em Agronomia - Producao Vegetal (RJ)
Citação: GUIMARÃES, I. L. Aproveitamento de resíduo de soja para produção de painéis MDP (Medium Density Particleboard). 2017. 40 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia - Produção Vegetal) - Universidade Federal de Goiás, Jataí, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7520
Data de defesa: 23-Mar-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Agronomia (RJ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Ingrid Luz Guimarães - 2017.pdf1,37 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons