Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7650
Tipo do documento: Dissertação
Título: Reflexões sobre educação crítica de língua inglesa: uma pesquisa colaborativa de formação docente em uma escola de idiomas
Título(s) alternativo(s): Reflections on critical English language education: a collaborative research of teacher education in a language school
Autor: Sousa, Laryssa Paulino de Queiroz
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2263721183517727
Primeiro orientador: Pessoa, Rosane Rocha
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3633216363498900
Primeiro membro da banca: Pessoa, Rosane Rocha
Segundo membro da banca: Silva, Barbara do Rosário Sabota
Terceiro membro da banca: Lago, Neuda Alves do
Resumo: O estudo desenvolvido teve como enfoque a discussão da educação linguística crítica (DUBOC, 2012, 2014; NORTON; PAVLENKO, 2004; OKAZAKI, 2005; PENNYCOOK, 1999, 2001, 2012, 2017; URZÊDA-FREITAS; PESSOA, 2014, entre outros/as) com docentes de língua inglesa de uma escola de idiomas, localizada em Goiânia, por meio de uma experiência colaborativa de formação crítica docente (ELLSWORTH, 1989; HAWKINS; NORTON, 2009; KUMARAVADIVELU, 2012; PESSOA; URZÊDA-FREITAS, 2012; SILVESTRE, 2016, entre outros/as). Essas perspectivas teóricas são fundamentadas pela Linguística Aplicada Crítica (FABRÍCIO, 2006; MOITA LOPES, 2006a, 2006b, 2013a, 2013b; PENNYCOOK, 1990, 2001, 2004, 2006, 2008, 2010), na qual o processo de ensino-aprendizagem é visto como um ato politizado; a sala de aula, como um espaço de práticas sociais; e docentes e discentes, como agentes ativos/as de suas realidades. A pesquisa é caracterizada como qualitativa (DENZIN; LINCOLN, 2013) e colaborativa (IBIAPINA, 2008; TELES; IBIAPINA, 2009), tendo sido desenvolvida por um grupo de oito docentes e por mim no período de setembro a dezembro de 2015. Durante o estudo, as atividades implementadas foram: leitura e discussão de seis textos acadêmicos e problematização do processo de ensino-aprendizagem de inglês à luz desses textos. Assim, os objetivos do estudo foram: 1) discutir quais reflexões sobre educação linguística crítica se sobressaíram e 2) problematizar como se caracterizou e como os/as educadores/as interpretaram a experiência de formação docente vivenciada, fundamentada pela Linguística Aplicada Crítica. Questionário inicial, discussões do grupo focal sobre os textos selecionados (gravadas em áudio), entrevistas (também gravadas em áudio), anotações de campo e narrativas pessoais constituem as fontes do material empírico. Em relação ao processo de ensino-aprendizagem de línguas, os/as docentes enfocaram a discussão de suas compreensões sobre a perspectiva de educação linguística crítica, de modo a realçar suas realidades locais e sua agência, a questionar conflitos e relações de poder em sala de aula e a problematizar o material didático usado na escola. No que concerne à formação de professores/as de línguas, destacaram-se a preparação docente e os desafios para a implementação de um trabalho crítico, os princípios relacionados a essa perspectiva e cuidados relativos ao seu desenvolvimento e os entraves e as contribuições da pesquisa para o grupo participante.
Abstract: This study focused on the discussion of critical language education (DUBOC, 2012, 2014; NORTON; PAVLENKO, 2004; OKAZAKI, 2005; PENNYCOOK, 1999, 2001, 2012, 2017; URZÊDA-FREITAS; PESSOA, 2014, among others) with English language teachers from a language school, located in Goiânia, through a collaborative experience of critical teacher education (ELLSWORTH, 1989; HAWKINS, NORTON, 2009; KUMARAVADIVELU, 2012; PESSOA; URZÊDA-FREITAS, 2012; SILVESTRE, 2016, among others). These theoretical perspectives are based on Critical Applied Linguistics (FABRÍCIO, 2006; MOITA LOPES, 2006a, 2006b, 2013a, 2013b; PENNYCOOK, 1990, 2001, 2004, 2006, 2008, 2010), in which the teaching-learning process is seen as a politicized act; the classroom is seen as a space of social practices; and teachers and students are seen as active agents of their realities. The research is characterized as qualitative (DENZIN; LINCOLN, 2013) and collaborative (IBIAPINA, 2008; TELES; IBIAPINA, 2009), and it was developed by a group of eight teachers and me in the period of September and December of 2015. During the study, the activities implemented were the reading and the discussion of six academic texts and the problematization of the teaching-learning process of English in the light of these texts. Thus, the objectives of this study were: 1) to discuss which reflections on critical language education stood out and 2) to problematize how the teacher education experience lived was characterized and how the educators interpreted it, grounded on Critical Applied Linguistics. An initial questionnaire, discussions of the focus group on selected texts (recorded in audio), interviews (also recorded in audio), field notes and personal narratives were the sources of the empirical material generated. In relation to the language teaching-learning process, the teachers focused on the discussion of their understandings on the critical language education perspective, in a way they could highlight their local realities and their agency, question conflicts and power relations in the classroom and problematize the teaching materials used in the school. With regard to language teacher education, teacher preparation and the challenges for the implementation of a critical work, principles related to this perspective and the care related to its development, and the hindrances and contributions of the research to the participating group stood out.
Palavras-chave: Educação crítica de língua inglesa
Formação crítica docente
Pesquisa colaborativa
Critical english language education
Critical teacher education
Collaborative research
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: SOUSA, L. P. de Q. Reflexões sobre educação crítica de língua inglesa: uma pesquisa colaborativa de formação docente em uma escola de idiomas. 2017. 167 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7650
Data de defesa: 6-Jul-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Laryssa Paulino de Queiroz Sousa - 2017.pdf2,53 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons