Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7677
Tipo do documento: Dissertação
Título: Trabalho docente e identidade nas classes hospitalares em Goiás
Título(s) alternativo(s): Teaching work and identity in hospital classes in Goiás
Autor: Reis, Luciana Vaz dos
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5493000420103542
Primeiro orientador: Flores, Maria Marta Lopes
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4172815311655078
Primeiro membro da banca: Flores, Maria Marta Lopes
Segundo membro da banca: Gonçalves, Adriana Garcia
Terceiro membro da banca: Tartuci, Dulcéria
Resumo: O trabalho do docente da classe hospitalar acontece em um ambiente diferente do convencional, que ocorre na escola, e requer conhecimentos específicos devido às peculiaridades exigidas por seu ofício. Nesse sentido, levantou-se a seguinte problemática: Como é a atuação do professor da classe hospitalar? Partindo dessa questão, foram estabelecidos os seguintes objetivos de pesquisa: caracterizar o trabalho docente na classe hospitalar; verificar o papel desse professor; e identificar as ações que constituem seu trabalho. Portanto, a presente pesquisa tem como foco de discussão os saberes inerentes ao trabalho docente e a constituição da identidade do professor na classe hospitalar. Além disso, reflete sobre a realidade complexa da atuação do docente em ambiente da saúde. Este estudo foi desenvolvido em três hospitais da cidade de Goiânia, vinculados ao Núcleo de Atendimento Educacional Hospitalar (NAEH), que oferecem atendimento educacional aos estudantes hospitalizados. Os participantes foram três professoras da rede estadual de educação que exercem seu ofício em um hospital. Os dados foram coletados por meio de observação participativa e entrevista semiestruturada, interpretados a partir da Análise de Conteúdo, de acordo com Bardin (2011). As considerações foram agrupadas em cinco categorias, cada qual apresentando subcategorias, quais sejam: rotinas e ambientes de atendimento educacional nos hospitais: rotinas e espaços; planejamento escolar e currículo: planejamento escolar e flexibilização do currículo; conhecendo o aluno: escuta pedagógica, condições físicas e emocionais do aluno; especificidades do atendimento: atendimento individualizado e sala multisseriada, ambiente hospitalar; e comprovação do atendimento: registro diário e avaliação. Os resultados mostraram que a identidade profissional se constitui na prática da atividade docente, diante das especificidades do ofício, que faz parte de um processo sócio-histórico e cultural. Além disso, ficou evidente que os saberes são desenvolvidos ao longo da vida do ser humano, por meio de experiências pessoais e profissionais, e, primordialmente, a partir de formação inicial e continuada, como também por meio da ação e reflexão da prática pedagógica. Por assim ser, no hospital, o docente cria a sua identidade e toma consciência do seu papel. Desse modo, além de viabilizar o início ou a continuidade dos estudos, colabora com o bem-estar do educando, o qual, por meio da superação de suas fragilidades, descobre novos conhecimentos.
Abstract: The pedagogical work in the hospital class happens in an environment which is different from the conventional class and it requires specific knowledge due to the peculiarities that its labor demands. In this sense, the following problem arose: How is the performance of the teacher of the hospital class? Based on this question, the following research objectives were established: characterize the teaching work in the hospital class; verify the role of this teacher; and identify the actions that constitute their work. Therefore, the present research focuses on the knowledge inherent to the teaching work and the constitution of the teacher's identity in the hospital class. Moreover, it reflects on the complex reality of teacher performance in the healthcare environment. This study was developed in three hospitals in the city of Goiânia, linked to the Nucleus of Educational Hospital Attendance (NAEH), which offer educational services to hospitalized students. The participants were three teachers from the state education network who perform their craft in a hospital. Data were collected through participatory observation and semi-structured interviews, interpreted from the Content Analysis, according to Bardin (2011). The considerations were grouped in five categories, each one presenting subcategories, which are: routines and environments of educational attendance in hospitals: routines and spaces; school planning and curriculum: school planning and curriculum flexibilization; knowing the student: pedagogical listening, physical and emotional conditions of the student; specificities of care: individualized care and multi-series room, hospital environment; and proof of attendance: daily recording, evaluation. The results showed that the professional identity is constituted in the practice of the teaching activity, given the specificities of the craft, which is part of a socio-historical and cultural process. In addition, it became evident that knowledge is developed throughout the life of the human being, through personal and professional experiences, and, primarily, from initial and continued formation, as well as through the action and reflection of pedagogical practice. As it is, in the hospital, the teacher creates his identity and becomes aware of his role. In this way, in addition to enabling the beginning or continuation of studies, it collaborates with the well-being of the student, who, through overcoming their weaknesses, discovers new knowledge.
Palavras-chave: Atendimento educacional hospitalar
Aluno em tratamento de saúde
Educação especial
Identidade
Hospital educational service
Student in health treatment
Special education
Identity
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Regional Catalão (RC)
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação (RC)
Citação: REIS, Luciana Vaz dos. Trabalho docente e identidade nas classes hospitalares em Goiás. 2017. 130 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Catalão, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7677
Data de defesa: 15-Mar-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação (RC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Luciana Vaz dos Reis - 2017.pdf2,16 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons