Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7752
Tipo do documento: Dissertação
Título: Produção e qualidade da biomassa de clones de eucalyptus em espaçamentos adensados visando ao uso energético
Título(s) alternativo(s): Production and quality of biomass of eucalyptus clones in adensed spacings for use energy
Autor: Alves, Maiara Aparecida
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8536218207905264
Primeiro orientador: Corrêa, Robson Schaff
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/5900350639250816
Primeiro coorientador: Soares, Thelma Shirlen
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/6593025662947989
Primeiro membro da banca: Corrêa, Robson Schaff
Segundo membro da banca: Cruz, Edmilson Santos
Terceiro membro da banca: Protásio, Thiago de Paula
Resumo: A baixa fertilidade dos solos brasileiros, aliado ao uso da biomassa para fins energéticos em plantios de curta rotação, podem levar à maior remoção de nutrientes do solo. Assim, o conhecimento da dinâmica nutricional destes povoamentos pode permitir o manejo nutricional adequado e a manutenção da produção florestal sustentada nesses sítios. O objetivo deste estudo foi avaliar a exportação de nutrientes da biomassa aérea de clones de eucalipto aos 33 meses de idade submetidos a dois espaçamentos adensados de plantio. O experimento foi instalado em delineamento inteiramente casualizado (DIC), em arranjo fatorial 3 x 2, sendo três clones(AEC1528, I144 e GG100) e dois espaçamentos de plantio (3,0 m x 0,5 m e 3,0 m x 1,0 m), com três repetições. Foram amostradas cinco árvores de cada parcela, posteriormente as árvores foram derrubadas e seccionadas. Em campo, foram retiradas amostras da copa (folhas, galhos verdes e secos) e discos com casca. Estas amostras foram secas em estufa elétrica com circulação e renovação forçada de ar e moídas. Com as amostras moídas do tronco e da copa foi realizada uma amostra composta da biomassa aérea da árvore, a qual foi utilizada para as análises dos teores nutricionais de N, P, K, Ca, Mg e S. Adicionalmente, foi calculado o conteúdo de nutrientes e a eficiência de utilização de nutrientes. Posteriormente, foi realizada a análise de variância, seguida do teste de Tukey a 5% de probabilidade de erro. Para a biomassa aérea da árvore, o maior teor de P foi encontrado para os clones AEC1528 e I144, o maior conteúdo e exportação de macronutrientes foram obtidos para os clones I144 e GG100. O espaçamento mais reduzido levou a maiores quantidades de remoção dos nutrientes do sítio. A maior eficiência de utilização de P ocorreu para os clones I144 e GG100. RESUMO 2: A biomassa florestal apresenta um grande potencial de uso para geração de energia e diminuição do uso dos combustíveis fósseis, sendo necessários estudos que demonstrem a produtividade das diferentes espécies/clones para fins energéticos. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade da biomassa aérea de clones de eucalipto submetidos a dois espaçamentos adensados de plantio para fins energéticos. O experimento foi instalado em delineamento inteiramente casualizado (DIC), em arranjo fatorial 3 x 2, sendo três clones (AEC1528, I144 e GG100), e dois espaçamentos de plantio (3,0 m x 0,5 m e 3,0 m x 1,0 m), com três repetições. Foram amostradas cinco árvores de cada parcela. Em campo, foram retiradas amostras da copa (folhas, galhos verdes e secos) e discos com casca. Estas amostras foram secas em estufa elétrica com circulação e renovação forçada de ar e moídas. As amostras compostas do tronco e da copa foram utilizadas para as análises energéticas da biomassa aérea da árvore. Na biomassa aérea, foi quantificado o poder calorífico superior e inferior, a análise química elementar, sendo estimados os teores de C, H, N, O e S, o teor de cinzas e o potencial energético da biomassa aérea. Adicionalmente, foi realizada a análise da densidade básica da madeira. Posteriormente foi realizado à análise de variância com o uso do teste de Tukey a 5% de significância. Foram observados desempenhos semelhantes entre os clones e os espaçamentos para as características energéticas da biomassa aérea para poder calorífico superior e inferior e para a análise química elementar, com poder calorífico superior e inferior de 4700 Kcal kg -1 e 4352 Kcal kg -1 . Os clones mais produtivos, I144 e GG100, apresentaram os menores teores de cinzas e maior densidade básica da madeira. RESUMO 3: O manejo de povoamentos florestais pode ser realizado pela condução das brotações pelo método de talhadia simples. O entendimento do crescimento e da produção deste regime de manejo é importante para a manutenção da produtividade florestal e para a avaliação da possibilidade de uso do sistema de talhadia simples ao invés da reforma do povoamento. Objetivou-se com esse estudo avaliar o crescimento e a sobrevivência, além de ajustar e selecionar modelos hipsométricos adequados para estimar a variável altura total em povoamentos de clones de eucalipto submetidos ao regime de talhadia simples. Foi instalado um experimento em delineamento inteiramente casualizado (DIC), em arranjo fatorial 3 x 2, sendo três clones (AEC1528, I144 e GG100) e dois espaçamentos de plantio (3,0 m x 0,5 m e 3,0 m x 1,0 m). Aos 33 meses de idade, foi realizado o corte raso na área e quando as brotações estavam com cerca de 1,0 m de altura as cepas foram desbrotadas. Aos 12 meses de idade foi realizado o censo na área e mensurou-se o diâmetro a 1,30 m em relação ao nível do solo e a altura total (HT). Os dados obtidos foram utilizados para ajustar modelos hipsométricos. Também foi avaliada a altura, o diâmetro e a sobrevivência dos clones nos dois espaçamentos de plantio. O melhor modelo ajustado segundo os parâmetros estatísticos utilizados (R2 ajustado, erro padrão da estimativa, valor de F, coeficiente de variação e dispersão dos resíduos), foi log (h – 1,30) = β 0 + β 1 * log [ d / (1/d) ] + e para clones, espaçamentos, tratamentos e todos os dados analisados conjuntamente. O crescimento em altura e diâmetro não foi influenciado pelos clones e nem pelos espaçamentos de plantio aos 12 meses de idade, assim como a sobrevivência.
Abstract: ABSTRACT 1: The low fertility of Brazilian soils, together with the use of biomass for energy purposes in plantations of short rotation, can lead to greater soil nutrient removal. Thus, knowledge of the nutritional dynamics of these stands can allow the adequate nutritional management and the maintenance of the sustainable forest production in these sites. The objective of this study was to evaluate the export of nutrients from the aerial biomass of eucalypts clones at 33 months of age submitted to two densified planted spacing. The experiment was installed in a completely randomized design (DIC), in a 3 x 2 factorial arrangement, three clones (AEC1528, I144 and GG100) and two planting spacings (3,0 m x 0,5 m and 3,0 m x 1,0 m), with three replications. Five trees were sampled from each parcel, after, trees were felled and sectioned. In the field, samples were taken from the tree top (leaves, green and dry branches) and discs with bark. These samples were dried in an electric drying oven with circulation and forced air renewal and grounded. A composite sample of the aerial biomass of the tree was used to analyze the nutritional contents of N, P, K, Ca, Mg and S. In addition, the contents of nutrients and nutrient utilization efficiency. Was calculated Subsequently, the analysis of variance was performed, followed by the Tukey test at 5% probability of error. For the aerial biomass of the tree, the highest P content was found for clones AEC1528 and I144, the highest content and export of macronutrients were obtained for clones I144 and GG100. The smaller spacing led to greater amounts of removal of the nutrients from the site. The higher efficiency of P use occurred for clones I144 and GG100. ABSTRACT 2: Forest biomass has a great potential for use in energy generation and reduction of the use of fossil fuels, and studies are needed to demonstrate the productivity of different species/clones for energy purposes. The objective of this study was to evaluate the aerial biomass quality of eucalyptus clones subjected to two densified planted spacing for energy purposes.The experiment was installed in a completely randomized design (DIC), in a 3 x 2 factorial arrangement, three clones (AEC1528, I144 and GG100), and two planting spacings (3,0 m x 0,5 m and 3,0 m x 1,0 m), with three replications. Five trees were sampled from each parcel, later trees were felled and sectioned. In the field, samples were taken from the tree top (leaves, green and dry branches) and (trunk discs with bark). These samples were dried in an electric drying oven with circulation and forced air renewal and grounded. The composite samples of the trunk and tree top were used for the energy analyzes of the aerial biomass of the tree. In the aerial biomass, the upper and power calorific value and the elemental chemical analysis were quantified. The values of C, H, N, O and S, ash content, and energy potential of aerial biomass were estimated. In addition, the basic wood density analysis was performed. Subsequently, the analysis of variance was performed using the Tukey test at 5% significance level. The similar performances between the clones and the spacings for the energy characteristics of the aerial biomass for upper and power calorific value and for the elemental chemical analysis, with upper and lower calorific value of 4700 Kcal kg -1 and 4352 Kcal kg -1 were observed. The most productive clones I144 and GG100 showed the lowest ash content and the highest wood density. ABSTRACT 3: The management of forest stands can be accomplished by the management of the sprouts by the simple coppice method. The understanding of the growth and production of this management regime is important for the maintenance of the forest productivity and for the evaluation of the possibility of using the simple coppice system instead of the reforestation. The objective of this study was to evaluate growth and survival, as well as to adjust and select suitable hypsometric models to estimate the total height variable in stands of eucalypt clones submitted to the simple coppice regime. A completely randomized design experiment (DIC) in a 3 x 2 factorial arrangement was installed, with three clones (AEC1528, I144 and GG100) and two planting spacings (3,0 m x 0,5 m and 3,0 m x 1,0 m). At 33 months of age, the cut was done in the area, and when the sproutings were about 1,0 m high, the strains were cleared. At 12 months of age the census was carried out in the area and the diameter was measured at 1.30 m in relation to the soil level and total height (HT). The data obtained were used to fit hypsometric models. The height,diameter and survival of the clones in the two planting spacings were also evaluated. The best model adjusted according to the statistical parameters used (adjusted R2, standard error of estimate, F value, coefficient of variation and dispersion of residues) was log (h = 1.30) = β0 + β1 * log [d / 1 / d)] + Ɛ for clones, spacings, treatments and all data analyzed together. Growth in height and diameter was not influenced by clones and planting spacings at 12 months of age, as well as survival.
Palavras-chave: Brotações
Energia da biomassa
Eucalipto
Nutrientes
Sprouts
Biomass energy
Eucalyptus
Nutrients
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Regional Jataí (RJ)
Programa: Programa de Pós-graduação em Agronomia - Producao Vegetal (RJ)
Citação: ALVES, M. A. Produção e qualidade da biomassa de clones de eucalyptus em espaçamentos adensados visando ao uso energético. 2017. 84 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia - Producao Vegetal) - Universidade Federal de Goiás, Jataí, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7752
Data de defesa: 26-Jul-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Agronomia (RJ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Maiara Aparecida Alves - 2017.pdf1,54 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons