Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7869
Tipo do documento: Tese
Título: Jean-Jacques Rousseau e os perigos da corrupção política na República
Título(s) alternativo(s): Jean-Jacques Rousseau and the dangers of corruption political in the Republic
Autor: Alves, Vital Francisco Celestino
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/6335075127431032
Primeiro orientador: Reis, Helena Esser dos
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1045681574037243
Primeiro membro da banca: Reis, Helena Esser dos
Segundo membro da banca: Moscateli, Renato
Terceiro membro da banca: Vento, Marisa Alves
Quarto membro da banca: Nascimento, Milton Meira do
Quinto membro da banca: Freitas, Jacira de
Resumo: A presente pesquisa assume o desafio de vincular Jean-Jacques Rousseau à tradição republicana mediante um fio condutor: a corrupção política. Considera-se, para tal vínculo, o pressuposto de que a corrupção se inscreve como um problema de extrema gravidade e importância para os regimes políticos em geral e, especialmente, para o republicano. Sustentando que o referido problema esteve intrinsicamente ligado às discussões suscitadas por essa tradição desde a Antiguidade, retomado no Renascimento, presente nas reflexões republicanas do Século das Luzes e segue ameaçando os regimes políticos contemporâneos, o estudo, de início, mapeia sucintamente como o objeto de investigação elencado se configura na reflexão dos principais expoentes da estirpe republicana, ao longo da história da filosofia, com o intuito de preparar o terreno para defender a tese de que a corrupção política representa um grave perigo para a República. Logo, o estudo da latência da corrupção na República – analisada e discutida a partir do edifício teórico rousseauísta - possibilita comprovar a ligação do autor genebrino com a linhagem republicana. Ao serem examinadas as razões pelas quais a corrupção se apresenta como um problema nocivo à República, a pesquisa oferece o seu quinhão para a perfilhação de Rousseau ao pensamento republicano, isto porque, ao se buscar realizar esse objetivo, examinam-se outras noções e conceitos que consideramos pertinentes à reflexão sobre os riscos da corrupção política para a República.
Abstract: This research takes on the challenge of linking Jean-Jacques Rousseau to the republican tradition by a common thread: political corruption. For this, it is assumed that corruption is a problem of extreme gravity and importance for political regimes in general, especially the republican regime. Arguing that that problem has been intrinsically linked to the discussions prompted by this tradition since ancient times, was revisited in the Renaissance, is present in republican thinking in the Enlightenment, and continues to threaten contemporary political regimes; this study, initially, briefly maps how its object of research appears in the reflection of the leading exponents of the republican strain, throughout the history of philosophy, in order to prepare the ground to defend the thesis that political corruption is a serious danger to the Republic. Hence, the study of the latency of corruption in the Republic – analyzed and discussed based on the rousseauist theoretical edifice – provides evidence linking the Genovese author with the Republican line. In examining the reasons why corruption is a harmful problem for the Republic, this research offers its share for placing Rousseau in the lineage of Republican thinking, as, in seeking to accomplish our goal, we examine other notions and concepts we consider appropriate for reflection on the risks of political corruption for the Republic.
Palavras-chave: Corrupção política
República
Rousseau
Political corruption
Republic
Rousseau
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Filosofia - FAFIL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Filosofia (FAFIL)
Citação: ALVES, Vital Francisco Celestino. Jean-Jacques Rousseau e os perigos da corrupção política na República. 2017. 317 f. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7869
Data de defesa: 25-Ago-2017
Aparece nas coleções:Doutorado em Filosofia (FAFIL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Vital Francisco Celestino Alves - 2017.pdf2,79 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons