Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7882
Tipo do documento: Tese
Título: Suplementação de ácido linoleico conjugado na dieta de matrizes de frango de corte e da sua progênie
Título(s) alternativo(s): Supplementation of conjugated linoleic acid in the diet of broiler breeders and of their progeny
Autor: Martins, Poliana Carneiro
Currículo Lattes do Autor:  http://lattes.cnpq.br/7874231570814117
Primeiro orientador: Stringhini, José Henrique
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8505634095383289
Primeiro coorientador: Andrade, Maria Auxiliadora
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/9441751521255467
Segundo Coorientador: Carvalho, Fabyola Barros de
Currículo Lattes do segundo coorientador: http://lattes.cnpq.br/4936451314440305
Primeiro membro da banca: Sstringhini, José Henrique
Segundo membro da banca: Oliveira, Maria Cristina de
Terceiro membro da banca: Minafra, Cibele Silva
Quarto membro da banca: Leandro, Nadja Susana Mogyca
Quinto membro da banca: Santos, Januária Silva
Resumo: Foram conduzidos dois experimentos para avaliar os efeitos da inclusão de ácido linoleico conjugado (CLA) na dieta de matrizes e frangos de corte, e as alterações causadas pelo jejum pós-eclosão. No primeiro experimento, foram acompanhados dois lotes de matrizes com 58 semanas de idade, sendo um suplementado 26 dias com 0,025% de CLA. Ao final da suplementação, adotou-se o delineamento inteiramente casualizado, composto por dois tratamentos (0 e 0,025% CLA), para avaliação da qualidade física e da composição dos ovos. Posteriormente, 270 ovos por tratamento foram distribuídos em duas incubadoras, aplicando-se o delineamento em blocos casualizados, determinados pela incubadora utilizada. Avaliaram-se os parâmetros de incubação e determinou-se o perfil de ácidos graxos da ração, gema e saco vitelínico. Após a eclosão, dietas pós-eclosão (0 ou 0,025% de CLA) foram fornecidas por 12 horas, e 320 pintos foram alojados em delineamento inteiramente casualizado e esquema 2x2 (CLA materno x CLA pós-eclosão), totalizando quatro tratamentos e oito repetições de 10 aves cada. Avaliou-se o peso relativo de órgãos, o desenvolvimento intestinal e a imunidade humoral e celular em embriões, neonatos, após 12 horas, e aos sete dias de idade, e o desempenho pré-inicial. A inclusão de CLA na dieta foi capaz de alterar características físicas e bromatológicas dos ovos e sacos vitelínicos da progênie de matrizes suplementadas, causando também alteração do perfil de ácidos graxos, porém sem provocar a morte dos embriões. O intestino também foi influenciado pelo CLA, tanto macroscopicamente, quanto a nível histológico. O CLA oferecido às matrizes influenciou o desenvolvimento intestinal dos pintos desde a fase embrionária e continuou a exercer efeito após a eclosão, aliado à suplementação conjunta da progênie. A suplementação da matriz garantiu melhor desempenho pré-inicial da progênie. No segundo experimento, 320 pintos machos e fêmeas foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x2, considerando os fatores jejum alimentar pós-eclosão (acesso à água por 12 horas; acesso à água e alimento por 12 horas) e a dieta pré-inicial (0; 0,025% de CLA). As aves foram vacinadas aos 15 dias de idade contra o vírus da doença de Newcastle. Avaliou-se a metabolizabilidade das dietas de quatro a sete dias de idade, e o desenvolvimento intestinal e dos órgãos, e a imunidade celular e humoral, semanalmente até os 35 dias de idade. O jejum pós-eclosão afetou o desempenho, e o CLA não foi capaz de minimizar os efeitos negativos do jejum. No entanto, as aves conseguiram se recuperar até os 35 dias de idade. O jejum pós-eclosão prejudicou a resposta imune das aves. Nos dois ensaios, de modo geral, o CLA influenciou positivamente a imunidade humoral e celular. Entre os órgãos avaliados, o fígado foi o principal a sofrer alterações em seu peso relativo em decorrência da utilização de CLA. A prática de suplementar apenas a progênie não trouxe tantos benefícios quando comparada à suplementação da matriz ou de ambos. Os resultados aqui obtidos demonstraram que o nível de inclusão de 0,025% de CLA é seguro para utilização em matrizes e pode trazer benefícios à progênie.
Abstract: Two experiments were carried on to evaluate the effects of the inclusion of conjugated linoleic acid (CLA) on the diets of breeders and broilers, and the alterations caused by post-hatch fasting. In the first experiment, two commercial flocks of breeders aged 58 weeks old were used, and one of them was supplemented for 26 days with 0.025% CLA. At the end of the supplementation, a completely randomized design was applied, composed by two treatments (0 and 0.025% CLA), to evaluate the physical quality and composition of the eggs. Subsequently, 270 eggs per treatment were distributed in two hatcheries, in a randomized block design, determined according to the hatchery used. The incubation parameters were evaluated and the fatty acid profile of the feed, yolk and yolk sac were determined. After hatching, post-hatching diets (0 or 0.025% CLA) were provided for 12 hours, and 320 chicks were housed in a completely randomized design, in a 2x2 scheme (maternal CLA x post-hatching CLA), totalizing four treatments and eight replicates of 10 birds each. The organs relative weight, intestinal development and humoral and cellular immunity were evaluated in embryos, newly hatched chicks, 12 hours after hatching, and at seven days old, as the pre-starter performance. The inclusion of CLA in the diet was able to alter the physical and bromatological characteristics of the eggs and yolk sacs of the progeny from supplemented breeders, also changing the fatty acid profile, but without causing embryonic mortality. The intestine was also influenced by CLA, both macroscopically and histologically. The CLA offered to the breeders influenced the intestinal development of the chicks from the embryonic phase and continued to exert effect after hatching, associated with the progeny supplementation. Breeder supplementation led to a better pre-starter performance of the progeny. In the second experiment, 320 male and female chicks were distributed in a completely randomized design, in a 2x2 factorial scheme, considering post-hatch fasting (access to water for 12 hours; access to water and food for 12 hours) and post-hatch diet (0; 0.025% CLA). The birds were vaccinated at 15 days old against Newcastle disease virus. The metabolizability of diets from four to seven days old, intestinal and organs development, and cellular and humoral immunity were evaluated weekly up to 35 days old. Post-hatch fasting affected performance, and CLA was not able to minimize the negative effects of fasting. However, birds were able to recover up to 35 days old. Post-hatch fasting decreased the immune response of birds. In both assays, CLA generally positively influenced humoral and cellular immunity. Among the evaluated organs, the liver was the main one to have its relative weight altered due to the use of CLA. Supplementing only progeny did not provide as much benefit as compared to supplementation of the breeder or both. The obtained results demonstrate the inclusion level of 0.025% of CLA is safe for use in breeders and may bring benefits to their progeny.
Palavras-chave: Ácido graxo poli-insaturado
Desenvolvimento embrionário
Nutrição da matriz
Nutrição pós-eclosão
Ômega-6
Breeder nutrition
Embryo development
Ômega-6
Poliunsaturated fatty acid
Post-hatch nutrition
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Zootecnia (EVZ)
Citação: MARTINS, P. C. Suplementação de ácido linoleico conjugado na dieta de matrizes de frango de corte e da sua progênie. 2017. 179 f. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7882
Data de defesa: 26-Set-2017
Aparece nas coleções:Doutorado em Zootecnia (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Poliana Carneiro Martins - 2017.pdf2,25 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons