Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7954
Tipo do documento: Tese
Título: Postura intelectual e ambiguidade em Florestan Fernandes
Título(s) alternativo(s): Intellectual posture and ambiguity in Florestan Fernandes
Autor: Proto, Leonardo Venicius Parreira
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0539359805888106
Primeiro orientador: Viana, Nildo
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3744231559402924
Primeiro membro da banca: Viana, Nildo
Segundo membro da banca: Marques, Edmilson Ferreira
Terceiro membro da banca: Golovaty, Ricardo Vidal
Quarto membro da banca: Junqueira, Ivanilda Aparecida Andrade
Quinto membro da banca: Santos, Cleito Pereira dos
Resumo: Nesta tese pesquisamos a postura intelectual de Florestan Fernandes e buscamos problematizar as determinações que geraram tal postura intelectual e os motivos pelos quais assume esta postura no cenário nacional e intelectual. Sua postura intelectual aproximava-se de posicionamentos políticos influenciados pelo leninismo e gramscianismo, conforme sua opção de militância pela via política institucionalizada, em sua atuação no partido político e envolvimento com a atividade parlamentar. A escolha do partido como instrumento de inserção na vida pública nacional estava associado à sua concepção de marxismo e à defesa do que denominou de socialismo proletário. Em termos metodológicos, analisamos sua bibliografia que versava a respeito do marxismo, do Partido dos Trabalhadores (PT), do socialismo, da luta de classes, da democracia burguesa, bem como entrevistas publicadas impressas e em vídeo, com intuito de verificarmos suas ideias e posicionamentos acerca destas questões. Para isto, conforme pode ser verificado neste trabalho, nos apoiamos no referencial teórico do marxismo, e analisamos sua atividade intelectual de acordo com a classe social de pertencimento, no caso, a intelectualidade e a partir da noção de esfera social, da esfera intelectual, discutimos sua posição e posicionamento diante da realidade brasileira e daquilo que considerava como marxismo e as formas de atuação da classe trabalhadora em prol da constituição do socialismo proletário. Para nós, há em sua concepção de marxismo uma aproximação de aportes ideológicos do leninismo-gramscianismo, o que concebemos como deformação do marxismo em termos da falsa consciência sistematizada da realidade, ao defender em seus posicionamentos organizações institucionalizadas, como o partido e o sindicato, compreendidos por ele como instrumentos de luta necessários para a classe trabalhadora superar o capitalismo e extinguir a dominação burguesa. Sua postura intelectual é determinada pela sua formação política leninista e gramsciana, que o permite atuar em organizações burocráticas, expressando assim um posicionamento político oriundo de suas ligações com a universidade e o partido político. Portanto, a necessidade de se envolver com questões candentes do debate nacional e da luta de classes o fez defender instrumentos institucionalizados de luta, gerando uma postura intelectual ambígua, assumida ao longo do desenvolvimento de sua trajetória de atuação no âmbito da universidade e do partido político, confirmando seu distanciamento do marxismo autêntico e do seu caráter revolucionário.
Abstract: In this doctoral dissertation, we research the intellectual stance of Florestan Fernandes and we also seek to flesh out the reasoning that generated such a position and why he assumes this stance in the national and intellectual scenario. His intellectual perspective approximated the political standings influenced by Leninism and Gramscianism, according to his choice of militancy through the institutionalized political path, in his performance in the political party and his involvement with parliamentary activity. The party's choice as an instrument of insertion in national public life was associated with his conception of Marxism and the defense of what is called proletarian socialism. In methodological terms, we analyzed his bibliography which has connections with Marxism, the Workers' Party (PT), Socialism, class struggles and bourgeois democracy, as well as published interviews, printed and on videos, in order to verify his thoughts on these issues. In this regard, as it can be verified in this work, we rely on the theoretical framework of Marxism to analyze his intellectual production according to his social class and sense of belonging, in this case the intellectuality, and from the notion of social sphere and the intellectual sphere. We discuss his standing and stance in the face of Brazilian reality and what he considered as Marxism and the forms of working class action in favor of the constitution of proletarian socialism. For us, there is an approximation of the ideological contributions of Leninism-Gramscianism in his conception of Marxism, which we conceive as the deformation of Marxism in terms of the false systematized consciousness of reality, by defending, in his stances, institutionalized organizations such as the party and the trade union, understood by him as instruments of struggle necessary for the working class to overcome capitalism and extinguish bourgeois domination. His intellectual perspective is determined by his Leninist and Gramscian political formation which allows him to act in bureaucratic organizations expressing, thus, a political positioning derived from his connections with the university and the political party. Therefore, the need of getting himself involved with the burning issues of national debate and the class struggles made him defend institutionalized instruments of struggle, generating an ambiguous outlook assumed throughout the development of his trajectory of action in the scope of the university and of the political party, which confirms his distancing from authentic Marxism and its revolutionary character.
Palavras-chave: Postura intelectual
Intelectualidade
Marxismo
Socialismo e política
Intellectual stance
Intellectuality
Marxism
Socialism and politics
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS)
Citação: PROTO, Leonardo Venicius Parreira. Postura intelectual e ambiguidade em Florestan Fernandes. 2017. 173 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7954
Data de defesa: 5-Out-2017
Aparece nas coleções:Doutorado em Sociologia (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Leonardo Venicius Parreira Proto - 2017.pdf4,52 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons