Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7956
Tipo do documento: Dissertação
Título: Investigação de sapovírus em amostras de swab nasofaringeano e fezes de crianças hospitalizadas de Goiânia, Goiás
Título(s) alternativo(s): Investigation of sapovirus in nasopharyngeal swab samples and feces of hospitalized children from Goiânia, Goiás
Autor: Silva, Thairiny Neres
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3295450689722385
Primeiro orientador: Souza, Menira Borges de Lima Dias e
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/0054562567103606
Primeiro membro da banca: Souza, Menira Borges de Lima Dias e
Segundo membro da banca: Fiaccadori, Fabíola Souza
Terceiro membro da banca: Carneiro, Megmar Aparecida dos Santos
Resumo: Sapovírus são importantes agentes causadores de gastroenterite aguda no mundo todo, sendo mais frequentemente detectados em crianças menores de cinco anos. O presente estudo teve como objetivo, avaliar o índice de positividade e carga viral de sapovírus em amostras de fezes e swab nasofaringeano de crianças, em associação com os sintomas apresentados por essas crianças. Participaram do estudo 102 crianças hospitalizadas no Hospital Materno Infantil, apresentando sintomas de gastroenteríte, atendidas entre o período de maio de 2014 a maio de 2015, sendo obtidas uma amostra de fezes e uma amostra de swab nasofaringeano de cada uma delas. As amostras de fezes e de swab nasofaringeano de todas as crianças, foram submetidas a extração do material genético a partir de kit comerciale triadas para sapovírus por RT-qPCR. A carga viral foi determinada através da construção de uma curva padrão, a partir de plasmídeo recombinante. Foram obtidas uma amostra de fezes e uma de amostra de swab nasofaringeano sendo 47% das crianças foram positivas para sapovírus em pelo menos uma das amostras coletadas, sendo 10,7% positivas apenas nas amostras de fezes e 28,4% positivas apenas nas amostras de swab nasofaringeano. Em relação a carga viral constatou-se uma mediana 7,77 x 10 8 CG/mL para as amostras de fezes. Em relação a carga viral das amostras de swab nasofaringeano, foi observada uma mediana 1,54 x 10 8 CG/mL e um resultado estatisticamente significativo foi observado (13/14 p= 0,01), para as amostras com carga viral acima da mediana obtidas no período chuvoso. A mediana da carga viral das amostras proveniente das crianças com positividade em ambos espécimes clínicos foi de 2,33 x 10 8 CG/mL nas fezes e de 2,67 x 10 8 CG/mL nos swab nasofaringeano. Duas dessas crianças apresentaram carga viral consideravelmente mais elevada, quando comparada com as demais. Espera-se que os dados obtidos possam contribuir para um melhor entendimento da epidemiologia molecular dos sapovírus, bem como para que melhores medidas preventivas sejam desenvolvidas, a fim de limitar os riscos de transmissão dos sapovírus, especialmente em ambiente hospitalar. Este é o primeiro estudo a realizar a pesquisa e detecção de sapovírus em amostra do trato respiratório, o que poderia sugerir uma possível rota alternativa de transmissão viral.
Abstract: Sapoviruses are important agents causing acute gastroenteritis worldwide, and are most often detected in children under five years of age. The present study aimed to evaluate the positivity and viral load index of sapovirus in faecal samples and nasopharyngeal swab of children, in association with the symptoms presented by these children. The study included 102 children hospitalized at the Hospital Materno Infantil, presenting symptoms of gastroenteritis, attended between May 2014 and May 2015, with a sample of faeces and a nasopharyngeal swab sample from each of them. Samples of faeces and nasopharyngeal swabs from all children were submitted to extraction of the genetic material from a commercial kit and screened for sapovirus by RT-qPCR. The viral load was determined by constructing a standard curve from recombinant plasmid. A faecal sample and a nasopharyngeal swab sample were obtained and 47% of the children were positive for sapovirus in at least one of the samples collected, being 10.7% positive only in faecal samples and 28.4% positive only in the samples of nasopharyngeal swab. Regarding viral load, a median of 7.77 x 108 CG / mL was found for stool samples. Regarding the viral load of the nasopharyngeal swab samples, a median 1.54 x 108 CG / mL was observed and a statistically significant result was observed (13/14 p = 0.01), for the samples with viral load above the median obtained in the rainy season. The median viral load of samples from positive children in both clinical specimens was 2.33 x 108 CG / mL in the faeces and 2.67 x 108 CG / mL in the nasopharyngeal swab. Two of these children presented a considerably higher viral load when compared to the others. It is hoped that the data obtained may contribute to a better understanding of the molecular epidemiology of sapoviruses, as well as to the development of better preventive measures, in order to limit the risk of transmission of sapoviruses, especially in a hospital environment. This is the first study to carry out the research and detection of sapovirus in a respiratory tract sample, which could suggest a possible alternative route of viral transmission.
Palavras-chave: Sapovírus
Virus
Swab nasofaringeano
Gastroenterite Sapovirus
Nasopharyngeal swab
Virus
Children
Gastroenteritis
Crianças
Área(s) do CNPq: BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::VIROLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro (IPTSP)
Citação: SILVA, Thairiny Neres. Investigação de sapovírus em amostras de swab nasofaringeano e fezes de crianças hospitalizadas de Goiânia, Goiás. 2017. 74 f. Dissertação (Mestrado em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro ) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7956
Data de defesa: 3-Out-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro (IPTSP)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Thairiny Neres Silva - 2017.pdf1,98 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons