Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7994
Tipo do documento: Dissertação
Título: Na falta de pão cultiva-se açafrão na terra do patrão: uma análise das políticas públicas e a pequena produção de açafrão em Mara Rosa – GO
Título(s) alternativo(s): In the lack of bread farming up saffron in the boss lands: an analysis of public policies and small saffron production in Mara Rosa - GO
Autor: Carvalho, José Carlos de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2407097786755197
Primeiro orientador: Calaça, Manoel
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1893714192029341
Primeiro membro da banca: Calaça, Manoel
Segundo membro da banca: Chaveiro, Eguimar Felício
Terceiro membro da banca: Moura, Celso José de
Resumo: As desigualdades do modo capitalista de produção supõem sua reprodução ampliada, articulando-se com relações sociais não-capitalistas. O campo tem sido um dos lugares onde se observa com mais freqüência esses fenômenos, haja vista as práticas de ajuda mútua, o trabalho acessório e os processos de socialização do camponês. Este trabalho busca estudar o efeito das políticas públicas sobre a pequena agricultura no Estado de Goiás, através dos seus resultados, dificuldades e barreiras, uma vez que a sua magnitude nem sempre fica clara para aqueles que formulam as políticas, entendendo esse fato em função da opção pela modernização conservadora, que remonta o processo histórico de formação do espaço agrário goiano, desde os tempos da mineração até a agricultura voltada à exportação, implantada a partir de 1970. Em função do caso dos pequenos produtores de Mara Rosa de Goiás, analisase a pequena produção a partir dos elementos da produção camponesa, identificando as suas limitações provocadas pela inércia do Estado, as dificuldades decorrentes e a influência das políticas públicas no processo produtivo, além de verificar as estratégias de superação que permitem ao camponês produzir e se reproduzir, garantindo, assim, sua sobrevivência. Para tanto, buscou-se um contato mais próximo com a realidade, vivenciando as experiências e o dia-a-dia dos produtores de açafrão, e seus processos produtivo, comercial, cultural, social e político, a fim de compreender os efeitos da atuação do Estado ou da sua ausência, via políticas públicas.
Abstract: Inequalities from capitalist ways of production suppose a bigger reproduction together with the social relationships not capitalistic. The fields in the country have been one of those places where it is possible to observe this phenomenon, taking into consideration the help each other practice, the accessorial work and the socialization of the country man. This research is based on the study of the public policies concerning the small plantations in the state of Goiás, through its results, difficulties and barriers since its importance is not always too clear for those that establish the laws – understanding this fact in relation to the option for conservative modernization that comes from the historical process of agricultural field ordering set up in the seventies. According to small harvest in Mara Rosa de Goiás, we analyzed small plantations from their own ways of production, identifying its limits due to the government non assistance; the difficulties farmers have to overcome to be able to grow and to keep the land useful. For that, it was tried to approach to the reality through close daily experiences to the saffron producers, its process, business, cultural, social and political environment to better understand the State function or lack of it through public policies.
Palavras-chave: Estado
Políticas públicas
Pequena agricultura
State
Public policy
Small agriculture
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA)
Citação: CARVALHO, José Carlos de. Na falta de pão cultiva-se açafrão na terra do patrão: uma análise das políticas públicas e a pequena produção de açafrão em Mara Rosa – GO. 2008. 90 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/7994
Data de defesa: 13-Nov-2008
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - José Carlos de Carvalho - 2008.pdf2,87 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons