Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8018
Tipo do documento: Dissertação
Título: Espacialidades de tensão: l(ug)ar, vínculos e irreverências na lavoura arcaica
Título(s) alternativo(s): Spatialities of tension: place, attachments and irreverence at ancient tillage
Autor: Souza Júnior, Carlos Roberto Bernardes de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/6257873263442881
Primeiro orientador: Almeida, Maria Geralda de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4465452999284335
Primeiro membro da banca: Almeida, Maria Geralda de
Segundo membro da banca: Holzer, Werther
Terceiro membro da banca: Chaveiro, Eguimar Felício
Resumo: Publicado originalmente em 1975, Lavoura Arcaica, escrito por Raduan Nassar é considerado uma das principais produções literárias brasileiras do século XX, inclusive foi responsável por diversas premiações ao autor. O romance narra, em primeira pessoa, a história de André, filho do meio de uma família campesina, que foge de casa para fugir da submissão aos domínios do patriarca e lidar com a rejeição da irmã após o ato incestuoso, mas volta à pedidos de Pedro, irmão mais velho. Pelo nexo impositivo do Pai-patrão, sempre reforçando as ideias de união e paciência, se colocam situações de contínuo incômodo para o protagonista. Para decifrar essas relações recorreu-se à fenomenologia existencialista, de embasamento em Merleau-Ponty. Nesta abordagem de geografia cultural e humanista, identificou-se as diversas tensões que se manifestam e adensam o lugar. Nas passagens em que desvela os cotidianos da lida com a Lavoura, como se compõe a casa e os fluxos de poder nesse contexto, pôde-se evidenciar como os sentimentos obtusos e rugosos se contrapõem de maneiras a arquitetar um lugar pautado em contradições. André oferece uma perspectiva de lugar que não é um espaço de apego, mas de vínculos. De destaque na obra estão os laços de ancestralidade, sangue, paixão, ódio, força, religiosidade, sobrevivência, apego, natureza, corporeidade, imposição, entre outros; cada qual com suas possibilidades relacionais. É a partir dessas vinculações que os personagens vão interagir no e com o lugar-Lavoura. Por meio dos conceitos de dança-de-lugar, temporalidade e lar, reconstruiu-se noções referentes ao modo pelas quais sujeito e lugar estão inseridos em uma profunda e tensa dialética. Nas contraposições apresentadas pelas situações limítrofes da obra, pode-se explorar as espacialidades do ser-no-mundo e compreender as dinâmicas existenciais presentes na natureza do lugar.
Abstract: Originally published in 1975, Lavoura Arcaica (Ancient Tillage), written by Raduan Nassar is considered one of the main Brazilian literary productions of the 20th century, being also responsible for many of the author’s awards. The romance follows, in first person, the story of André, middle son of a peasant family, who runs from home to get away to the submissions of the patriarch and to cope with the rejection of the sister after the incestuous act, but returns after the supplications of Pedro, the oldest brother. By the authoritative nexus of the father, always reinforcing the ideas of union and patience, situations of continuous discomfort have to be put up by the protagonist. In order to decipher these relations, the existentialist phenomenology of Merleau-Ponty is used as the theoretical basis. In this approach of Humanist and Cultural Geography, it was possible to identify the diverse tensions that manifests and builds up the place. In the passages which the everyday of the tillage is unraveled, the way the home and the power influx is composed, it was possible to evidence the obtuse and complex feelings that are contraposed in ways that architects a place that is founded on contradictions. André offers a perspective of place that is not a space of bonding, but of attachments. Mainly in the book are the linkages of ancestry, blood, passion, hate, strength, religiousness, survival, bonding, nature, corporeality, imposition, and others; each with its relational possibilities. It is by the way of those attachments that the characters are going to interact at and with the place-Tillage. By the means of the concepts of place-ballet, temporality and home, the notions of the ways by with place and subject are inserted in a profound and tense dialect was reconstructed. In the contrapositions made aware by the limit situations of the novel, it was possible to explore the spatialities of being-in-the-world and comprehend the existential dynamics at the nature of place.
Palavras-chave: Vínculo de lugar
Corporeidade
Sujeito-lugar
Lar
Serno-mundo
Lavoura arcaica
Place attachment
Corporeality
Subject-place
Home
Being-in-the-world
Ancient tillage
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA)
Citação: SOUZA JÚNIOR, C. R. B. Espacialidades de tensão: l(ug)ar, vínculos e irreverências na lavoura arcaica. 2017. 248 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8018
Data de defesa: 25-Nov-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Carlos Roberto Bernardes de Souza Júnior - 2017.pdf7,92 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons