Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8122
Tipo do documento: Dissertação
Título: Dirigindo a quimera: a morfologia do trabalho e o adoecimento dos motoristas do transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana
Título(s) alternativo(s): Driving to chimera: the morphology of work and the sickness of the collective transport drivers of Goiânia and metropolitan region
Autor: Barros, Rafael Aparecido Mateus de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5033947087115650
Primeiro orientador: Martins, Lucinéia Scremin
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6636418419069593
Primeiro membro da banca: Santos, Cleito Pereira dos
Segundo membro da banca: Lara, Ricardo
Resumo: A partir do materialismo histórico-dialético, como pressuposto metodológico e concepção teórica, recorremos aos expedientes da abordagem qualitativa para conhecer e compreender as vicissitudes e as condições de trabalho dos motoristas do transporte coletivo em Goiânia e Região Metropolitana. A delimitação da abordagem qualitativa possibilitou a condução da pesquisa através de entrevistas semiestruturadas com dez sujeitos ligados ao sistema de transporte coletivo de Goiânia: seis motoristas; dois gestores e dois sindicalistas. A análise de conteúdo foi a técnica empregada para interpretação dos dados. A pesquisa está dividida em três capítulos que conformam uma unidade. No primeiro capítulo, procuramos apresentar um sucinto painel dedicado a história do desenvolvimento do transporte coletivo urbano no Brasil e no Estado de Goiás. Colocamos em relevo os elementos sócio-históricos que caracterizam o sistema de transporte e que subsidiam a análise das condições de trabalho dos motoristas do transporte coletivo urbano. Abordamos, no capítulo dois, os impactos e desdobramentos da reestruturação produtiva do capital sobre o mundo do trabalho; neste capítulo salientamos as determinações da acumulação flexível concretizadas nas inovações organizacionais e tecnológicas. Caracterizamos as mudanças centrais no processo de trabalho dos motoristas do transporte coletivo em Goiânia a partir da inserção de inovações tecnológicas, organizacionais e institucionais. No capítulo três analisamos o processo de saúdedoença dos motoristas, fundamentado no processo de intensificação do trabalho, determinado pela organização do trabalho dos motoristas do transporte coletivo de Goiânia. O estudo apontou uma associação direta entre condições de trabalho impostas pelas empresas e o sofrimento psíquico dos motoristas. Pode-se destacar, além disso, que os motoristas estão no centro do conflito entre passageiros e o serviço de transporte coletivo urbano prestado pelas empresas, essa condição os torna vulneráveis a agressões e suscetíveis a uma carga de trabalho insuportável que gera o medo, um sentimento que acelera o processo de adoecimento dos trabalhadores do transporte, ao mesmo tempo em que os submete a intensificação do trabalho pelos empresários do transporte.
Abstract: From the historical and dialectical materialism, methodological fundamentals and theoretical conception, resorted to expedients of qualitative approach to know and understand the vicissitudes and the working conditions of public transportation drivers in Goiânia and the Metropolitan Region. The delimitation of the qualitative approach made it possible to conduct the research through semi-structured interviews with ten subjects connected to the public transportation system of Goiânia, six drivers; two managers and two union members. Content analysis was the technique used to interpret the data. The research is divided into three chapters that form a unit. In the first chapter we try to present a brief panel dedicated to the history of the development of urban public transport in Brazil and in the State of Goiás. We put in relief the socio-historical elements that characterize the transport system and to subsidize the analysis of working conditions for drivers urban public transport. Approach in chapter two the impacts and consequences of the productive restructuring of capital on the world of work, in this chapter we highlight the determination of flexible accumulation achieved in organizational and technological innovations. We characterize the core changes in the work process of the public transportation drivers in Goiania from the inclusion of technological, organizational and institutional innovations. In chapter three, we analyze the process of health-disease of drivers, based on the process of intensification of work, determined by the organization of work of drivers Goiania public transportation. The study found a direct association between working conditions imposed by the companies and the mental suffering of drivers. It may be noted, moreover, that the drivers are at the heart of the conflict between passengers and the urban public transport service provided by the companies, this condition makes them vulnerable to attacks and susceptible to an unbearable workload that generates fear a feeling that accelerates the disease process of transport workers, while submitting the intensification of work by business transport.
Palavras-chave: Motoristas
Processo de saúde-doença
Intensificação do trabalho
Organização do trabalho
Transporte coletivo
Drivers
Health-disease process
Intensification of labor
Labour organization
Public transport
Área(s) do CNPq: OUTROS::CIENCIAS SOCIAIS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS)
Citação: BARROS, Rafael A. M. Dirigindo a quimera: a morfologia do trabalho e o adoecimento dos motoristas do transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana. 2016. 202 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8122
Data de defesa: 23-Set-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Rafael Aparecido Mateus de Barros - 2016.pdf3,11 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons