Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8198
Tipo do documento: Tese
Título: Geografia de paisagem e perfil sanitário de bovinos curraleiro pé-duro criados nos biomas Cerrado e Caatinga
Título(s) alternativo(s): Landscape Geography and health profile of curraleiro pé-duro cattle created in Cerrado and Caatinga biomes
Autor: Lobo, Joyce Rodrigues
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1481055901005232
Primeiro orientador: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8772502020076257
Primeiro coorientador: Pimentel, Concepta MacManus Pimentel
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/6052239712915301
Primeiro membro da banca: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Segundo membro da banca: Landi, Vincenzo
Terceiro membro da banca: Costa, Gustavo Lage
Quarto membro da banca: Carmo, Adriana Santana do
Quinto membro da banca: Oliveira, Cairo Henrique Sousa de
Resumo: Análise estatística multivariada foi utilizada para agrupamentos ambientais, em Cerrado e Caatinga avaliando a relação entre prevalências sorológicas positivas para brucelose, diarreia viral bovina (BVD), rinotraqueíte infecciosa bovina (IBR), leptospirose, leucose enzoótica bovina (LEB), neosporose e toxoplasmose de bovinos Curraleiro Pé-Duro, juntamente com dados socioeconômicos dos municípios. Resultados sorológicos foram obtidos do banco de dados da Rede Pró Centro-Oeste; socioeconômicos do IBGE e ambientais da plataforma de dados do Laboratório de Processamento de Imagens e Geoprocessamento da UFG e Instituto Nacional de Meteorologia, em dois períodos 2006 e 2011. Variáveis ambientais foram agrupadas, posteriormente foram realizadas análise discriminante e correlação canônica. Em 2006, cluster 1 localizou-se em área de transição Cerrado-Amazônia e associou-se as prevalências de brucelose, leptospirose, LEB, IBR e BVD; Cluster 2 caracterizou por vegetação típicas de Cerrado e relacionou-se as prevalências de neosporose e toxoplasmose; Cluster 3 diferenciou-se pelo estresse hídrico e apresentou os valores intermediários de prevalências; Cluster 4 caracterizou por áreas para proteção ambiental da vegetação remanescente; e cluster 5 constituiu-se ambiente antropizado no Cerrado. Em 2011, cluster 1 caracterizou-se por regiões de Cerrado ricas em vegetação natural e Caatinga, mais quentes, menor pluviometria e baixas altitudes associaram-se as prevalências de LEB, IBR e BVD; Cluster 2 regiões mais secas associadas a prevalência de neosporose; Cluster 3 Cerrado antropizado com clima mais quente e úmido, maior pluviosidade em elevadas altitudes relacionados as prevalências de leptospirose e brucelose, na pecuária leiteira. Avaliação da paisagem na prevalência de doenças bovinas reflete aspectos histórico e socioeconômico da agropecuária.
Abstract: Multivariate statistical analysis was used for environmental groupings in Cerrado and Caatinga evaluating the relationship between positive serological prevalences for brucellosis, bovine viral diarrhea (BVD), infectious bovine rhinotracheitis (IBR), leptospirosis, enzootic bovine leukosis (EBL), neosporosis and toxoplasmosis in bovine Curraleiro Pé-Duro, associated with socioeconomic data of the municipalities. Serological results were obtained from the Pro-Centro-Oeste Network database; socioeconomic variables of IBGE and environmental data of the Laboratory of Image Processing and Geoprocessing of UFG and National Institute of Meteorology, in two periods 2006 and 2011. Environmental variables were grouped, later was performed discriminant analysis and canonical correlation. In 2006, cluster 1 was located in the Cerrado-Amazonian transition area and were associated the prevalences of brucellosis, leptospirosis, EBL, IBR and BVD; Cluster 2 was characterized by vegetation typical of Cerrado and was related the prevalence of neosporosis and toxoplasmosis; Cluster 3 was differentiated by water stress and presented the intermediate values of prevalence; Cluster 4 was characterized by areas for environmental protection of the native vegetation; and cluster 5 constituted an anthropogenic environment in the Cerrado. In 2011, cluster 1 was characterized by Cerrado regions rich in natural vegetation and Caatinga, warmer, lower rainfall and low altitudes were associated with the prevalences of LEB, IBR and BVD; Cluster 2 in dry regions associated with the prevalence of neosporosis; Cluster 3 Cerrado antropizado with more hot and humid climate, higher rainfall at high altitudes related to the prevalence of leptospirosis and brucellosis, in dairy cattle. Evaluation of the landscape in the prevalence of bovine diseases reflects historical and socioeconomic aspects of agriculture.
Palavras-chave: Clima
Infecções reprodutivas
Raça local
Savanas
Sorologia
Climate
Naturalized race
Reproductive infections
Savanna
Serology
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: LOBO, J. R. Geografia de paisagem e perfil sanitário de bovinos curraleiro pé-duro criados nos biomas Cerrado e Caatinga. 2018. 86 f. Tese (Doutorado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8198
Data de defesa: 26-Jan-2018
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciência Animal (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Joyce Rodrigues Lobo - 2018.pdf2,1 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons