Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8230
Tipo do documento: Dissertação
Título: Da literatura distópica à dispersão dos enunciados do presente: uma análise discursiva dos mecanismos de poder no controle da sociedade
Título(s) alternativo(s): From dystopic literature to the dispersion of the statements of the presente: a discursive analysis of the mechanisms of power in the control of society
Autor: Oliveira, Rafael Camargo de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0620744523176375
Primeiro orientador: Sousa, Kátia Menezes de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1920351654350013
Primeiro membro da banca: Sousa, Kátia Menezes de
Segundo membro da banca: Pinto, Joana Plaza
Terceiro membro da banca: Franco, Michele Cunha
Resumo: Este estudo tem como objetivo fazer uma análise do funcionamento das tecnologias do poder utilizadas no controle dos corpos dos indivíduos e das populações. Para tanto, fez-se necessário uma articulação entre discurso, poder e saber, por meio da análise do discurso, com ênfase nos pressupostos teóricos de Michel Foucault. Nosso percurso compreende ainda as aproximações e deslocamentos de um poder soberano ao poder disciplinar, presente no século XVIII, ao biopoder, que se encontra no final do século XIX e início do século XX. Para as análises utilizamos as obras Admirável mundo novo, de Aldous Huxley; 1984, de GeorgeOrwell; e Nós, de Evgueny Zamiatin em conjunto com diversos enunciados da atualidade para que possamos fazer um paralelo entre as práticas presentes nas obras e as vividas hoje em nosso cotidiano. A problematização das formas de poder na análise passa pela relação da biopolítica com o neoliberalismo, pelo direito soberano e os excessos do biopoder; para uma discussão acerca da noção de racismo de Estado, das resistências, quando considerados os diálogos de Foucault com Hannah Arendt e o conceito de biopolítica em Agamben e os dispositivos da língua, da família, de segurança, de sexualidade e de felicidade.
Abstract: This study aims to analyze the functioning of power technologies used to control the bodies of individuals and populations. In order to do so, it was necessary to articulate discourse, power and knowledge through discourse analysis, with emphasis on the theoretical assumptions of Michel Foucault. This work is about an analysis of the power tecnologies used to control the population and the body of individuals. To do this, it was necessary to articulate discourse, power and knowledge through discourse analysis, with emphasis on the theoretical assumptions of Michel Foucault. Our route also includes the approximations and displacements of a sovereign power to the disciplinary power, present in the eighteenth century, to biopower, which is found in the late nineteenth and early twentieth century. For the analysis we use the works Brave New World, by Aldous Huxley; 1984, by George Orwell; and We by Evgueny Zamiatin together with various present-day statements so that we can draw a parallel between the practices present in the works and those experienced today in our daily lives. The problematization of the forms of power in analysis passes through the relation of biopolitics with neoliberalism, sovereign right and the excesses of biopower; for a discussion of the notion of state racism, of resistance, when considering Foucault's dialogues with Hannah Arendt and the concept of biopolitics in Agamben and the devices of language, family, security, sexuality, and happiness.
Palavras-chave: Biopolítica
Poder
Controle
Discurso biopolitic
Power
Control
Discourse
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Letras - FL (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL)
Citação: OLIVEIRA, R. C. Da literatura distópica à dispersão dos enunciados do presente: uma análise discursiva dos mecanismos de poder no controle da sociedade. 2018. 135 f. Dissertação (Mestrado em Letras e Linguística) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8230
Data de defesa: 8-Fev-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Rafael Camargo de Oliveira - 2018.pdf2,2 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons