Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8279
Tipo do documento: Dissertação
Título: Investigação sorológica de anticorpos anti-Neospora caninum e fatores de risco em bovídeos do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga
Título(s) alternativo(s): Sorological investigation of anti-Neospora caninum antibodies and risk factors in historical site bovides and Kalunga Cultural Heritage
Autor: Verissimo, Ana Carolina Ferreira
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7271512791767345
Primeiro orientador: Jayme, Valéria de Sá
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/0603234425928309
Primeiro coorientador: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/8772502020076257
Segundo Coorientador: Moura, Maria Ivete de
Currículo Lattes do segundo coorientador: http://lattes.cnpq.br/9636259477810298
Primeiro membro da banca: Jayme, Valéria de Sá
Segundo membro da banca: Machado, Rosângela Zacarias
Terceiro membro da banca: Oliveira, Vanessa Silvestre de
Resumo: A prevalência de anticorpos anti-Neospora caninum em bovinos dos rebanhos do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga (SHPKC) e os fatores de risco associados foram avaliados. Foram estudadas 141 propriedades SHPCK e foram coletadas 4.810 amostras de soro bovino e 47 amostras de búfalos Murrah, totalizando 4.857 bovinos, incluindo animais de diferentes raças, diferentes grupos etários e macho e fêmeas. O ensaio de imunoabsorção enzimática (ELISA) foi utilizado para identificar os animais sororreagentes para anticorpos anti-N. caninum. Foi aplicado um questionário para obter informações sobre dados socioeconômicos e zootécnicos dos proprietários e para verificar os fatores de risco associados à ocorrência da neosporose. A prevalência de anticorpos anti-N. caninum nos animais da região SHPCK foi de 8,3%, representado por 405 animais positivos e 75,2% em nível do rebanho. Os seguintes fatores foram associados à ocorrência de anticorpos anti-N. caninum: temperatura anual, temperatura máxima no dia mais quente do mês, temperatura mínima mais fria do mês, vacinação contra a febre aftosa, vacinação contra clostridioses, contato com animais selvagens, alta precipitação e presença de áreas alagadiças.
Abstract: The prevalence of anti-Neospora caninum antibodies in cattle from Kalunga Historical Heritage and Cultural Heritage (SHPKC) herds and associated risk factors were evaluated. A total of 141 SHPCK properties were studied and 4,810 bovine serum samples and 47 Murrah buffalo samples were collected, totaling 4,857 cattle, including animals of different races, different age groups, and male and female. The enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) was used to identify seroreagent animals for antibodies anti-N. caninum. A questionnaire was applied to obtain information on socioeconomic and zootechnical data of the owners and to verify the risk factors associated with the occurrence of neosporosis. The prevalence of anti-N. caninum in animals from the SHPCK region was 8.3%, represented by 405 positive animals and 75.2% at the herd level. The following factors were associated with the occurrence of antibodies anti-N. caninum: annual temperature, maximum temperature on the hottest day of the month, coldest minimum temperature of the month, vaccination against foot-and-mouth disease, vaccination against clostridiosis, contact with wild animals, high precipitation and presence of wetlands. Key words: Cattle, oocysts, protozoa, seroprevalence.
Palavras-chave: Bovinos
Oocistos
Protozoários
Soroprevalência
Cattle
Oocysts
Protozoa
Seroprevalence
Área(s) do CNPq: MEDICINA VETERINARIA::MEDICINA VETERINARIA PREVENTIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: VERISSIMO, A. C. F. Investigação sorológica de anticorpos anti-Neospora caninum e fatores de risco em bovídeos do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga. 2018. 65 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8279
Data de defesa: 14-Fev-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciência Animal (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Ana Carolina Ferreira Verissimo - 2018.pdf2,33 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons