Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8379
Tipo do documento: Tese
Título: Indústria cultural e filme de animação: perspectivas da formação cultural no mundo contemporâneo
Título(s) alternativo(s): Cultural industry and film of animation: perspectives of the cultural formation in the contemporary world
Autor: Riter, Ettore
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3909008670686725
Primeiro orientador: Roure, Susie Amâncio Gonçalves de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/2796807492405078
Primeiro membro da banca: Roure, Susie Amâncio Gonçalves de
Segundo membro da banca: Crochík, José Leon
Terceiro membro da banca: Resende, Maria do Rosário Silva
Resumo: A sociedade capitalista contemporânea reproduz, por meio Indústria Cultural, processos ideológicos e sociais, promovendo um tipo de formação adaptada ao modo de vida e aos objetivos deste modelo de organização social. Neste trabalho, o cinema recebeu destaque, em especial o filme de animação. Na Indústria Cultural, o filme é produzido sob orientação de fórmulas de sucesso, tanto nas formas, efeitos e repetições quanto na construção das personagens e narrativas, que garantam a satisfação do público e a lucratividade. O filme contém elementos sociológicos e técnicos, trazendo em si, representações dos objetos sociais e suas ideologias; ele transmite seus conteúdos aos espectadores por camadas de significados, tanto aparentes quanto ocultas; os sentidos dos espectadores são inundados por estímulos audiovisuais atrativos e em um fluxo que domina a atenção; a experiência estética que um filme provoca colabora com a produção da pseudoformação, uma modalidade de formação. Neste esforço de pesquisa discute-se a atuação que um filme de animação pode ter para a formação cultural do indivíduo, desde a infância. A família é espaço de relações afetivas e sociais intensas, fundamental à socialização; ela apresenta modelos sociais e ideologias que são reafirmadas nas demais relações sociais, provendo uma consistência e aparente harmonia social. Fundamentada na Teoria Crítica da Sociedade, essa pesquisa procedeu a uma análise do filme de animação “Minions”, juntamente com um modelo de análise de conteúdo utilizada por Adorno, para apreender as camadas de significados apresentadas no objeto. Identificou-se conteúdos e padrões de comportamentos socialmente validados, relacionados ao narcisismo, à barbárie e à violência. Verificou-se o uso de humor (o riso) na suavização desses elementos e na dessensibilização dos espectadores quanto à ferocidade e aos modos de dominação próprios da sociedade capitalista, por meio da produção da dinâmica de tensão-alívio.
Abstract: The contemporary capitalist society reproduces through Cultural Industry, ideological and social processes, promoting a type of formation adapted to the way of life and the objectives of this model of social organization. In this work, the cinema was highlighted, especially the animated film. In the Cultural Industry, the animated film is produced based on successful formulas, both in its forms, effects and repetitions, as well as in the construction of characters and narratives, which results in audience satisfaction and profitability. It contains sociological and technical elements, full of representations of social objects and their ideologies; it presents its contents to viewers through layers of meanings, both apparent and hidden; the senses of the viewers are flooded by audiovisual stimuli in such a way that hold their attention; the aesthetic experience which the film provides collaborates with the production of pseudoformation, a form of formtation. This research effort discusses the role the animated film plays in the cultural formation of the individual, since childhood. The family is a place of intense affective and social relations, fundamental to socialization; it presents social models and ideologies that are reaffirmed in other social relations, providing a consistency and apparent social harmony. Based theoretically on the Critical Theory of the Society this research was an analysis of the animated film "Minions", in addition to the content analysis model used by Adorno, to apprehend the layers of meanings presented in the object. Content and patterns of socially validated behaviors related to narcissism, barbarism and violence, were identified. The use of humor (laughter) in the smoothing of these elements and in the desensitization of the viewers regarding the ferocity of the society of domination and exploitation, was verified through the production of tension-relief dynamics.
Palavras-chave: Teoria crítica da sociedade
Subjetividade
Cinema de animação
Ideologia
Pseudoformação
Critical theory of society
Subjectivity
Animated film
Ideology
Pseudoformation
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia (FE)
Citação: RITER, E. Indústria cultural e filme de animação: perspectivas da formação cultural no mundo contemporâneo. 2018. 167 f. Tese (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Goiás,Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8379
Data de defesa: 28-Mar-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Ettore Riter - 2018.pdf2,12 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons