Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8461
Tipo do documento: Dissertação
Título: A cidadania na prateleira: uma leitura crítica da influência midiática do fantástico na ressignificação dos direitos sociais
Título(s) alternativo(s): Citizenship on shelf: a critical reading of the fantastic midi influence of the ressignification of social rights
Autor: Carvalho Júnior, Eurípedes Ferreira de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3018957152267143
Primeiro orientador: Tuzzo, Simone Antoniaci
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9376233659808755
Primeiro membro da banca: Tuzzo, Simone Antoniaci
Segundo membro da banca: Braga, Claudomilson Fernandes
Terceiro membro da banca: Tondato, Marcia Perecin
Resumo: Este trabalho procura discutir na sociedade atual as relações de cidadania e consumo. Sendo compreendidas por meio de uma análise de discurso crítica da mídia a partir de uma leitura do programa televisivo Fantástico e seu aparente discurso pró-cidadão. Pelo enfraquecimento das esferas sociais convencionais da sociedade como a família, a escola e a religião, os valores sociais estão sendo apropriados mais efetivamente pelos canais midiáticos. Como uma nova arena para o debate sobre os direitos civis, políticos e sociais, a televisão, por intermédio da publicização de desejos, ambições e frustrações dos indivíduos, vem pautando o modo “adequado” para as relações sociais e ressignificando o conceito de cidadania. Desta forma contribuindo para a transferência das relações sociais coletivas da cidadania em processos de aquisição e consumo individuais para seus itens constitutivos – saúde, educação, segurança, justiça, transporte e lazer. O locus e a marcação temporal para este trabalho são o programa televisivo “Fantástico – o show da vida” da Rede Globo, estudado ao longo do ano de 2016. Por meio de uma análise crítica do discurso verificou-se como a mídia construiu uma prateleira expositiva de desejos para ser consumida simbólica e materialmente pelos indivíduos cidadãos-consumidores. E objetivou-se, portanto, analisar como se deu o discurso do programa ao se falar de temáticas cidadãs e se este discurso foi esclarecedor para a cidadania, sendo ou não eficaz para a construção do “ser cidadão” na sociedade brasileira.
Abstract: This work tries to discuss in the current society the relations of citizenship and consumption. They are understood through a critical discourse analysis of the media from a reading of the television show Fantástico and its apparent pro-citizen discourse. By weakening conventional social spheres of society such as family, school, and religion, social values are being appropriated more effectively by media channels. As a new arena for the debate on civil, political and social rights, television, through the publicizing of the desires, ambitions and frustrations of individuals, has been guiding the "adequate" way for social relations and reaffirming the concept of citizenship. Thus contributing to the transfer of the collective social relations of citizenship in individual acquisition and consumption processes for its constituent items - health, education, security, justice, transportation and leisure. The locus and the time stamp for this work are the TV show "Fantastic - the show of life" of Rede Globo, studied throughout the year 2016. Through a critical analysis of the discourse it was verified how the media built a shelf exhibition of desires to be consumed symbolically and materially by citizens-consumers. The objective was therefore to analyze how the discourse of the program was given when talking about citizen themes and whether this discourse was enlightening for citizenship, whether or not it was effective for the construction of "being citizen" in Brazilian society.
Palavras-chave: Mídia
Fantástico
Cidadania
Consumo
Leitura crítica
Media
Fantastic
Citizenship
Consumption
Critical reading
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: CARVALHO JÚNIOR, Eurípedes Ferreira de. A cidadania na prateleira: uma leitura crítica da influência midiática do fantástico na ressignificação dos direitos sociais. 2018. 127 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8461
Data de defesa: 4-Abr-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Eurípedes Ferreira de Carvalho Júnior - 2018.pdf1,71 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons