Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8504
Tipo do documento: Dissertação
Título: I congresso nacional de intelectuais (Goiânia - 1954): cultura nacional, PCB e hegemonia
Título(s) alternativo(s): The first national congress of intellectuals (Goiânia - 1954): national culture, PCB and hegemony
Autor: Barros, Francisco Messias Gomes
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/6904186621560471
Primeiro orientador: Borges, Rosana Maria Ribeiro
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8386191325702205
Primeiro membro da banca: Borges, Rosana Maria Ribeiro
Segundo membro da banca: Gomes, Suely Henrique de Aquino
Terceiro membro da banca: Carvalho, Eugênio Rezende de
Resumo: O trabalho abordou o I Congresso Nacional de Intelectuais, que se realizou em Goiânia, em fevereiro de 1954. A pesquisa teve como objetivo central buscar compreender em que medida esse evento, organizado pelo PCB, pode ser considerado crítico à corrente cultural hegemônica, representada pelo Estado, uma vez que o conclave privilegiou como temática central a defesa e preservação da “cultura nacional”. A mobilização preparatória do Congresso envolveu a redação de um manifesto, que concitava “preservar o caráter nacional de nossa cultura”, assinado por 1.082 intelectuais do Brasil. Ao evento compareceu cerca de 300 participantes, de diferentes Estados brasileiros, e nove delegações estrangeiras, incluindo a do Chile, cuja principal estrela foi o poeta Pablo Neruda. Seguindo esse diapasão, adotaram-se os seguintes objetivos secundários: evidenciar que o Congresso estava inserido na estratégia do PCB de tentar uma inflexão no seu dogmatismo cultural, marcada pela disputa do comando da Associação Brasileira de Escritores (ABDE); estabelecer uma relação entre cultura e política, tomando como referencial as resoluções do conclave e avaliar as possíveis contribuições legadas por esse evento. O estudo, de abordagem qualitativa, utilizou como procedimento técnico as pesquisas bibliográfica e documental, e como método de análise de dados a análise de conteúdo. Pretendeu-se demonstrar que o conceito genérico de “cultura nacional” resultou em diretivas e resoluções que configuraram o esboço de uma política cultural crítica e alternativa, ou segundo o conceito gramsciano, uma contra hegemonia, ou seja, uma contraposição à cultura do sistema hegemônico.
Abstract: The work covered the First National Congress of Intellectuals, held in Goiânia in February, 1954. The research had as central objective to understand to which degree this event, organized by the PCB, can be considered critical to the current hegemonic culture, represented by the State, since the meeting privileged as a centel theme the defense and preservation of the “national culture”. The preparatory mobilization of the Congress involved the drafting of a manifesto, which sought to "preserve the national character of our culture," signed by 1,082 intellectuals from Brazil. To the event about 300 participants showed up, from diferente brazilian states, and nine foreign delegations, including Chile, whose main star was the poet Pablo Neruda. Following this tone, the following secundary objectives were adopted: Highlight that the Congress was inserted in the PCB’s strategy of trying an inflection in its cultural dogmatism, marked by the dispute of comand of the Brazilian Association of Writers (ABDE); to establish a correlation between culture and politics, taking as reference the resolutions of the meeting and to evaluate the possible contributions bequeathed by this event. The qualitative study used as a technical procedure bibliographical and documentary research, and as a method of data analysis, content analysis. It was intended to demonstrate that the generic concept of "national culture" resulted in guidelines and resolutions that configurated the outline of a critical and alternative cultural policy, or according to the Gramscian concept, a counter-hegemony, capable of counteracting the culture of the hegemonic system.
Palavras-chave: Congresso nacional de intelectuais
Hegemonia
PCB
Intelectuais
Cultura nacional
Comunicação
National congress of intellectuals
Hegemony
Intellectuals
National culture
Communication
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Informação e Comunicação - FIC (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Comunicação (FIC)
Citação: BARROS, F. M. G. I congresso nacional de intelectuais (Goiânia- 1954): cultura nacional, PCB e hegemonia. 2018. 147 f. Dissertação (Programa de Pós-graduação em Comunicação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8504
Data de defesa: 24-Abr-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Comunicação (FIC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Francisco Messias Gomes Barros - 2018.pdf8,57 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons