Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8610
Tipo do documento: Dissertação
Título: Fatores associados à reospitalização em idosos com doenças crônicas acompanhados em programa de atenção domiciliar
Título(s) alternativo(s): Factors associated with rehospitalization in the elderly with chronic diseases accompanied by a home care program
Autor: Borges, Jackeline Gomes
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0961642701993858
Primeiro orientador: Rassi Neto, Elias
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/5546754296937329
Primeiro coorientador: Pereira, Edna Regina Silva
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/4503589425013098
Primeiro membro da banca: Rassi Neto, Elias
Segundo membro da banca: Souza, Marta Rovery de
Terceiro membro da banca: Rezende Filho, Joffre
Resumo: Introdução: Devido ao crescimento da população idosa no Brasil a carga de doenças crônicas e a incapacidade funcional tende a aumentar, assim como o número de pessoas que necessitam de cuidados de longa duração. A atenção domiciliar é modalidade de atenção à saúde que complementa os cuidados realizados na atenção básica e nos serviços hospitalares, promovendo a humanização e a qualidade de vida, auxiliando na desospitalização e otimizando os recursos de saúde. É importante conhecer o perfil dos idosos atendidos por esta modalidade para obter informações que auxiliarão na execução de políticas públicas para a melhoria dos cuidados domiciliares. Objetivo: Descrever o perfil clínico-epidemiológico de idosos com doenças crônicas, atendidos em um programa de atenção domiciliar, e fatores associados à reospitalização. Metodologia: Estudo observacional, analítico e transversal, realizado em idosos acompanhados pelo serviço de atenção domiciliar de um Centro de Reabilitação de Goiás no período de março de 2014 a janeiro de 2017. Coleta de dados por meio de estudo de prontuários eletrônicos. Análise de dados foi realizada pelo programa estatístico Stata, versão 14.0 com análise descritiva, bivariada e múltipla para verificar a associação entre as variáveis independentes e as dependentes. Resultados: Total de 109 idosos com tempo médio de seguimento de 5,4 (±3,7) meses, sendo 51,4 % do sexo feminino, 46,8% com estado civil casado e 42,2% com escolaridade ignorada. A média de idade foi 75,9 anos (± 9,6), e aqueles com > 80 anos corresponderam a 36,7%. Dentre as doenças crônicas que levaram à incapacidade funcional a mais frequente foi sequela de acidente vascular encefálico, com 56,9%. A comorbidade esteve presente em 87,2% dos pacientes, 54,1% apresentavam algum dispositivo auxiliar (traqueostomia, gastrostomia, oxigênio, ventilação mecânica) e 48,6% apresentaram algum tipo de infecção. As reospitalizações foram mais prevalentes nos pacientes portadores de dispositivos auxiliares, comorbidades e infecções. Dos idosos, 31,2% evoluíram para óbito no período de acompanhamento Os fatores relacionados à reospitalização estatisticamente significantes foram: doença neuro-muscular, doença pulmonar obstrutiva crônica e presença de traqueostomia. Conclusão: Há um percentual relevante de idosos com mais de 80 anos. A principal doença crônica foi acidente vascular encefálico. A prevalência de pacientes com comorbidades, dispositivos auxiliares e intercorrências infecciosas foi elevada. Como os fatores estatisticamente significantes relacionados à reospitalizações estão associados a problemas respiratórios (doença neuro-muscular, doença pulmonar obstrutiva crônica e presença de traqueostomia) propõe-se o aumento da frequência de atendimento fonoaudiólogo, de fisioterapia respiratória e atendimento odontológico
Abstract: Introduction: Due to the growth of the elderly population in Brazil, the burden of chronic diseases and functional disability tend to increase, as well as the number of people who needlong-term care. Home care is a health care modality that complements the care provided in basic care and in hospital services, promoting humanization and quality of life, assisting in dehospitalization and optimizing health resources. It is important to know the profile of the elderly served by this modality to obtain information that will help in the execution of public policies for the improvement of the home care. Objective: To describe the clinical- epidemiological profile of elderly people with chronic diseases, assisted in a home care program, and factors associated with rehospitalization. Methodology: An observational, analytical and cross-sectional study carried out in the elderly accompanied by the home care service of a Rehabilitation Center of Goiás from March 2014 to January 2017. Data collection through electronic medical records study. Data analysis was performed by the statistical program Stata, version 14.0 with descriptive, bivariate and multiple analysis to verify the association between independent and dependent variables. Results: A total of 109 elderly people with mean follow-up time of 5.4 (± 3.7) months, 51.4% female, 46.8% married and 42.2% with no schooling. The mean age was 75.9 years (± 9.6), and those with> 80 years corresponded to 36.7%. Among the chronic diseases that led to functional disability, the most frequent sequelae was cerebrovascular accident, with 56.9%. Comorbidity was present in 87.2% of patients, 54.1% had some auxiliary device (tracheostomy, gastrostomy, oxygen, mechanical ventilation) and 48.6% presented some type of infection. Rehospitalization were more prevalent in patients with ancillary devices, comorbidities and infections. Of the elderly, 31.2% evolved to death in the follow-up period. The factors related to statistically significant rehospitalization were: neuro-muscular disease, chronic obstructive pulmonary disease and the presence of tracheostomy. Conclusion: There is a relevant percentage of elderly people over 80 years old. The main chronic disease was stroke. The prevalence of patients with comorbidities, ancillary devices and infectious intercurrences was high. As the statistically significant factors related to rehospitalization are associated with respiratory problems (neuro-muscular disease, chronic obstructive pulmonary disease and the presence of tracheostomy), it is proposed to increase the frequency of speech therapy, respiratory physiotherapy and dental care.
Palavras-chave: Idoso
Assistência domiciliar
Doença crônica
Comorbidade
Hospitalização
Elderly
Home care
Chronic illness
Comorbidities
Hospitalization
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PRPG)
Citação: BORGES, Jackeline Gomes. Fatores associados à reospitalização em idosos com doenças crônicas acompanhados em programa de atenção domiciliar. 2018. 75 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8610
Data de defesa: 29-Mai-2018
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Saúde Coletiva (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Jackeline Gomes Borges - 2018.pdf2,2 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons