Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8773
Tipo do documento: Tese
Título: Aditivos fitogênicos na terminação de tourinhos nelore confinados
Título(s) alternativo(s): Phytogenic additives in Nelore bulls finished in feedlot
Autor: Moreira, Kíria Karolline Gomes
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4968590167624056
Primeiro orientador: Padua, João Teodoro
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/0308044304591375
Primeiro coorientador: Fernandes, Juliano José de Resende
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/7949776443064259
Primeiro membro da banca: Bilego, Ubirajara Oliveira
Segundo membro da banca: Neves Neto, José Tiago das
Terceiro membro da banca: Silva, Maurícia Brandão da
Quarto membro da banca: Miyagi, Eliane Sayuri
Quinto membro da banca: Padua, João Teodoro
Resumo: Aditivos fitogênicos com ação semelhante aos ionóforos podem ser utilizados como alternativas, a fim de abranger mercados que tenham restrições quanto ao uso de aditivos sintéticos. Foram realizados dois experimentos com o objetivo de avaliar os efeitos de aditivos antimicrobianos fitogênicos sobre o desempenho, características de carcaça, digestibilidade dos nutrientes e perfil metabólico ruminal de tourinhos Nelore confinados. No primeiro experimento avaliou-se o desempenho animal e as características de carcaça de 114 tourinhos Nelore com peso corporal inicial de 335,48±25,70 kg. Os tratamentos foram: MON - monensina 30 mg/kg MS; BBT - extrato de Barbatimão (S. adstrigens) 1.500 mg/kg de MS; MOE – mistura de óleos essenciais de (cinamaldeído, eugenol, oleoresina de pimenta e carvacrol) - 118 mg/kg de MS; e, MOF – mistura de óleos funcionais de caju, mamona e copaíba 250 mg/kg de MS. O delineamento experimental foi em blocos inteiramente casualizado com 4 tratamentos e 5 repetições, sendo que os blocos foram definidos pelo PI dos animais e as baias foram consideradas como repetições. A dieta consistia em 19,49% de bagaço de cana in natura e 80,51% de concentrado na MS. O consumo de matéria seca dos animais que receberam MON durante os 104 dias de confinamento foi 16,2% menor que os animais que consumiram BBT e 8,6% menor que os animais que receberam MOF (P < 0,001). Animais que consumiram BBT apresentaram maior consumo de FDN (P < 0,001). PF (μ= 485,60 kg) e GMD (μ= 1,42 kg/d) não foram afetados pelos tratamentos (P > 0,05). A EA foi melhor (P < 0,05) para MON (0,184 kg/kg) quando comparada a BBT e MOE. Não houve diferença (P > 0,05) para as características de carcaça. O uso de aditivos fitogênicos na ração de bovinos confinados não influenciou as características de carcaça, porém a utilização da monensina sódica ainda proporciona melhores resultados de desempenho. No segundo experiemento, avaliou-se as características da fermentação ruminal e a digestibilidade aparente dos nutrientes de bovinos Nelore. Cinco bovinos castrados fistulados no rúmen (275,40 ± 15,53 kg) foram usados em delineamento Quadrado Latino 5 × 5. Os tratamentos foram: controle - sem aditivo; monensina sódica 30 mg/kg MS; extrato de Barbatimão (S. adstrigens) 1.500 mg/kg de MS; mistura de óleos essenciais de (cinamaldeído, eugenol, oleoresina de pimenta e carvacrol) - 118 mg/kg de MS; mistura de óleos funcionais de caju, mamona e copaíba 250 mg/kg de MS. A dieta continha na MS 19,49% de bagaço de cana e 80,51% de concentrado com milho, farelo de soja, ureia e minerais. Não houve efeito (P > 0,05) dos aditivos sobre o consumo, digestibilidade aparente dos nutrientes, concentração de AGCC, relação acetato:propionato e concentração de N-NH3. Novilhos alimentados com MOF apresentaram pH ruminal mais elevado (6,75) do que novilhos recebendo BBT (6,54; P < 0,05). Aditivos fitogênicos possuem potencial para substituir antibióticos sintéticos sem prejudicar o sistema produtivo de bovinos de corte.
Abstract: Phytogenic additives with action similar to ionophores can be used as alternatives to synthetic additives. Two experiments were carried out to evaluate the effects of phytogenic antimicrobial additives on performance, carcass characteristics, nutrient digestibility and ruminal metabolic profile of Nellore bulls feedlot. In the first experiment, 114 Nellore steers (335.48 ± 25.70 kg) were assigned to a randomized complete block design with 4 treatments: monensin; S. Adstrigens extract; essential oils blend; functional oils cashew, castor and copaiba on the growth performance and carcass. The diet consisted of 19.49% sugarcane bagasse and 80.51% concentrate (DM basis). DMI of animals receiving monensin (104 days feedlot) was 16.2% lower than the animals that consumed dry extract and 8.6% lower than the animals that received functional oils (P <0.001). Animals that consumed dry extract of S. adstrigens showed higher consumption of NDF (P <0.001). FBW (μ = 485.60 kg) and ADG (μ = 1.42 kg/d) were not affected by treatments (P>0.05). FE was better (P <0.05) for MON (0.184 kg/kg) than BBT and MOE. There was no difference (P>0.05) for carcass characteristics. The use of phytogenic additives in feed of confined cattle did not influence the carcass characteristics, but the use of monensin still provides better performance results. In the second experiment, was to evaluate the characteristics of ruminal fermentation and digestibility of nutrients of a finishing diet with phytogenic additives. Five fistulated steers (initial BW = 275.40 ± 15.53 kg) were used in a 5 × 5 Latin Square design. Treatments were: no additive; monensin 30 mg/kg DM; extract of S. adstrigens 1.500 mg/kg DM; mixture of essential oils 118 mg/kg DM; mixture of functional oils from cashew, castor, and copaiba 250 mg/kg DM. The diet consisted on DM basis of 19.49% of sugarcane bagasse and 80.51% of concentrate with corn, soybean meal, urea and minerals. There were no effects (P>0.05) on nutrients intake, apparent digestibility concentration of VF, acetate:propionate ratio and concentration of NH3-N. Steers fed mixture of functional oils showed higher ruminal pH (6,75) than BBT (6,54; P <0.05). Phytogenic additives have the potential to replace synthetic antibiotics without penalizing the productive system of beef cattle.
Palavras-chave: Barbatimão
Extrato de plantas
Monensina
Nelore
Monensin
Nellore
Plants extracts
Tannins
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Zootecnia (EVZ)
Citação: MOREIRA, K. K. G. Aditivos fitogênicos na terminação de tourinhos nelore confinados. 2018. 57 f. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8773
Data de defesa: 13-Jul-2018
Aparece nas coleções:Doutorado em Zootecnia (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Kíria Karolline Gomes Moreira - 2018.pdf825,34 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons