Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8857
Tipo do documento: Dissertação
Título: Criminalidade e encarceramento: discursos sobre a reincidência penitenciária
Título(s) alternativo(s): Crime and imprisonment: speeches about penitentiary recidivism
Autor: Alencar, Anna Karollina Silva
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2958942459133422
Primeiro orientador: Hur, Domenico Uhng
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9021644568209077
Primeiro membro da banca: Hur, Domenico Uhng
Segundo membro da banca: Cassoli, Tiago
Terceiro membro da banca: Bicalho, Pedro Paulo Gastalho de
Quarto membro da banca: Lacerda Júnior, Fernando
Resumo: Os altos índices de criminalidade, violência e reincidência revelam a situação da segurança pública brasileira. Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo conhecer discursos sobre a reincidência penitenciária para discutir a relação entre instituição, sujeito e reincidência. Realizaram-se revisão da literatura e entrevista aberta, em que foram ouvidas seis histórias de presidiários/as reincidentes. Os dados foram operacionalizados pela Análise de Conteúdo Categorial. A dissertação está estruturada em três capítulos. No primeiro capítulo, a prisão foi apresentada enquanto instituição concreta que atualiza regimes de força e poder dos diagramas de soberania e disciplina. No segundo capítulo, três categorias de discursos foram construídas a partir da análise dos dados encontrados na literatura, a saber, o discurso da patologização, o discurso da institucionalização e discurso da exclusão social. Tais categorias representam justificativas para a reincidência a partir da construção de verdades sobre o sujeito reincidente e a instituição prisional. Por fim, apresenta-se no terceiro capítulo, discursos elaborados a partir da escuta de presidiários/as reincidentes, que justificam a reincidência através de quatro categorias: fatalismo, vingança, institucionalização e ostentação. São diferentes condutas que expressam respostas à situação de encarceramento e ao exercício da criminalidade. Conclui-se que a reincidência é multideterminada por forças sociais, políticas, econômicas, subjetivas e, sendo assim, constitui-se por condutas que estruturam profundamente a vida de sujeitos que já passaram pelo cárcere e, por diferentes motivos, não mais distanciam suas trajetórias da criminalidade e das instituições prisionais.
Abstract: The high level of crime, violence and recidivism reveal the Brazilian public security situation. The purpose of this study is to understand discourses about penitentiary recidivism in order to discuss the relationship between institution, subject and recidivism. A review of the literature and an open interview were carried out, in which six stories of recidivists were heard. The data was operationalized by Categorical Content Analysis. The dissertation is structured in three chapters. In the first chapter, the arrest was presented as a concrete institution that updates force and power regimes of sovereignty and discipline diagrams. Then, in the second chapter, three categories of discourses were constructed based on the analysis of the data found in the literature, namely, the discourse of pathologization, the discourse of institutionalization and discourse of social exclusion. Such categories represent justifications for recidivism from the construction of truths about the recidivist subject and the prison institution. Finally, we present, in the third chapter, speeches elaborated from listening to repeat offenders. That justifies the recidivism through four categories: fatalism, revenge, institutionalization and ostentation. They are different behaviors that express answers to the incarceration situation and to the exercise of criminality. It is concluded that recidivism is multidetermined by social, political, economic, and subjective forces and, as such, it is constituted by conduct that profoundly structures the lives of subjects who have already passed through jail and, for different reasons, no longer distance their trajectories crime and prison institutions.
Palavras-chave: Criminalidade
Reincidência
Prisão
Psicologia
Criminality
Recidivism
Prison
Psychology
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação (FE)
Citação: ALENCAR, A. K. S. Criminalidade e encarceramento: discursos sobre a reincidência penitenciária. 2018. 130 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8857
Data de defesa: 29-Mar-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Anna Karollina Silva Alencar - 2018.pdf2,23 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons