Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8945
Tipo do documento: Dissertação
Título: Representações das cotas raciais na graduação e pós-graduação entre docentes produtividade em pesquisa (PQ) na Universidade Federal de Goiás
Autor: Santos, Aline David dos
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/1048184183760412
Primeiro orientador: Oliveira, Dijaci David de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9145111011143886
Primeiro membro da banca: Oliveira, Dijaci David de
Segundo membro da banca: Junqueira, Ivanilda Aparecida Andrade
Terceiro membro da banca: Baptista, Jean Tiago
Quarto membro da banca: Almeida Neto, Luiz Mello de
Resumo: Estudos desenvolvidos nas últimas décadas sobre o ensino superior no Brasil evidenciam que ainda há necessidade de ampliação do acesso dos brasileiros a este nível de ensino em especial quando se leva em conta a perspectiva racial. Pelo recorte de cor, o nível de pós-graduação é um reflexo do nível de graduação, em ambos existe um número baixo de alunos negros, sendo que na Pós-graduação tem uma proporção ainda menor. Cotas sociais e raciais para acesso à graduação no ensino superior já existem desde a primeira década dos anos 2000 e ganharam força de política pública mais abrangente, principalmente com o advento, no ano de 2012, da Lei das Cotas – Lei 12.711/2012. Em nível de pós-graduação, estas reservas de vagas começam a surgir a poucos anos, porém as experiências se restringiam a alguns cursos. A iniciativa mais ousada tem como cenário a Universidade Federal de Goiás ao estabelecer política de acesso para todos os cursos de Pós-graduação. A presente pesquisa propõe um estudo das representações de docentes que atuam no ensino em programas de pós-graduação da UFG tendo como foco aqueles que são considerados os expoentes da pesquisa e da produção, os docentes Produtividade em Pesquisa (PQ). Com metodologia baseada na pesquisa descritiva, pela técnica da entrevista semiestruturada e pela Teoria das Representações Sociais, procuraremos apresentar as percepções sociais de apoio, de resistência, de redirecionamentos e de ressignificações para com estas políticas. O objetivo será identificar o grau de aceitação ou de resistência à política de cotas na pós-graduação entre os docentes Produtividade em Pesquisa (PQs).
Abstract: In the last decades, studies developed on higher education in Brazil have demonstrated there is still a need to expand the access to that educational level. Taking into account a racial clipping, the postgraduate level of education is a reflection of the graduation level: in both the number of black students is low; in postgraduate studies there is an even smaller proportion of them. Social and racial quotas for access to graduation in higher education have existed since the first decade of the 2000s and have gained strength as implemented public policy especially in 2012, with the outcome of the Quotas Law – Law 12.711/2012. At the postgraduate level, vacancy reservations began to take place over the last years, but experiences were restricted to some sparse university courses. The most comprehensive initiative is the one posed by the Federal University of Goiás (UFG), which has established a quota rule for all its postgraduate courses. This research proposes a study of the considerations of professors working in such programs at UFG, focusing on those who are considered the exponents of research and academic production, named as Productivity-in-Research Professors (PQ). By using descriptive research methodology, with semi-structured interview techniques we will try to present these social representations and perceive support, resistance, redirecting and redefinitions towards such public policies. The work’s objective is to identify the degree of acceptance or resistance with regards to the racial quotas policy in graduate and postgraduate studies among the PQ professors.
Palavras-chave: Cotas raciais
Pós-graduação
UFG
Representações sociais
Produtividade em pesquisa (PQ)
Racial quotas
Post-graduation
Social representations
Productivity-in-research (PQ)
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS)
Citação: SANTOS, A. D. dos. Representações das cotas raciais na graduação e pós-graduação entre docentes produtividade em pesquisa (PQ) na Universidade Federal de Goiás. 2018. 156 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8945
Data de defesa: 26-Jun-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Aline David dos Santos - 2018.pdf6,9 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons