Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9060
Tipo do documento: Dissertação
Título: Saneamento rural: o esgotamento sanitário no Programa Moradia Camponesa
Autor: Sacho, Sara Duarte
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3391556774541268
Primeiro orientador: Miziara, Fausto
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3275079358565458
Primeiro coorientador: Hora, Karla Emmanuela Ribeiro
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/6451685640638572
Primeiro membro da banca: Miziara, Fausto
Segundo membro da banca: Scalize, Paulo Sergio
Terceiro membro da banca: Souza, Cleonice Borges de
Resumo: Diante da longa trajetória de invisibilidade das regiões rurais nas políticas públicas em habitação e saneamento no país, este trabalho de pesquisa tem como tema central a questão do acesso da população beneficiaria de programas de habitação de interesse social a soluções adequadas de saneamento em regiões rurais. A discussão é desenvolvida a partir da experiência com a terceira etapa do Programa Moradia Camponesa (PMC), no âmbito do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) nos municípios de Silvânia e Vianópolis em Goiás. O gargalo encontrado no programa frente às alternativas para esgotamento sanitário nas unidades habitacionais inspiraram os primeiros questionamentos da pesquisa: Como a questão do saneamento é tratada nos programas de habitação de interesse social em regiões rurais? A hipótese que direcionou a investigação foi de que as soluções em saneamento são transplantadas de experiências urbanas para a rural, carregando incoerências com a realidade do modo de vida camponês; as particularidades do canteiro de obras e a modalidade de construção auto assistida das unidades habitacionais. A partir da hipótese inicial, foram considerados fundamentalmente dois eixos de investigação: a) a dinâmica do Programa Moradia Camponesa na implementação de soluções de esgotamento sanitário nas unidadeshabitacionais; b) as diferentes esferas envolvidas na promoção de condições de esgotamento sanitário em habitações de interesse social do programa e as relações estabelecidas entre elas. Foi verificado que a incorporação de modelos urbanos nas zonas rurais acontece desde a estrutura, burocracia e operacionalização do programa, herdados das experiências com os programas habitacionais urbanos. A questão do saneamento é tratada de forma secundária à habitação, a partir da uma demanda de prestação de contas com as diretrizes da política pública. Apesar de culminarem no mesmo objeto, a moradia, as políticas públicas em habitação de interesse social e saneamento básico seguem fragmentados em programas e iniciativas nas regiões rurais.
Abstract: Given the long way of invisibility of rural areas in public policies on housing and sanitation in the country, this research work is emerge from the central theme on the access of the population benefited with social housing programs to adequate sanitation solutions in rural areas. The debate is developed from the experience with the Programa Moradia Camponesa (PMC), which compose the National Rural Housing Program (PNHR) in the municipalities of Silvânia and Vianópolis in Goiás. The challenges faced during the program in relation to alternatives to sanitary sewage in housing units inspired the first questions of the research: How is sanitation addressed in housing programs of social interest in rural areas? The research was guided by the hypothesis that sanitation solutions are transplanted from urban to rural experiences, leading to inconsistencies with the reality of the traditional rural worker's way of life; the particularities of the construction site and the self-construction of the housing units. Based on the initial hypothesis, two research bases were fundamentally considered: a) the dynamics of the Programa Moradia Camponesa for the implementation of sanitary sewage solutions in housing units; b) the different parts involved in promoting sanitary sewage conditions in social housing of the program and the relationships established between them. It was verified that the incorporation of urban technologies in rural areas happens from the structure, bureaucracy and operationalization of the program, inherited from the experiences with the urban housing programs. The issue of sanitation is treated in a secondary way, from the demand for accountability with the guidelines of public policy. Despite culminating in the same object (the house), public policies on housing of social interest and basic sanitation remain fragmented in programs and initiatives in rural regions.
Palavras-chave: Saneamento rural
Programa moradia camponesa
Esgoto doméstico
Habitação
Tecnologia social
Programa moradia camponesa
Sanitary sewage
Housing
Social tecnology
Rural Sanitation
Área(s) do CNPq: SANEAMENTO AMBIENTAL::ECOLOGIA APLICADA A ENGENHARIA SANITARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais (PRPG)
Citação: SACHO, S. D. Saneamento rural: o esgotamento sanitário no Programa Moradia Camponesa. 2018. 132 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9060
Data de defesa: 1-Out-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências Ambientais (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Sara Duarte Sacho - 2018.pdf12,72 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons