Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9224
Tipo do documento: Dissertação
Título: A brincadeira das crianças de 0 a 3 anos no contexto da educação infantil: perspectivas na produção acadêmico- científica brasileira (1999-2015)
Título(s) alternativo(s): The play of children from 0 to 3 years in the context of children education: perspectives in the brazilian academic-scientific production (1999-2015)
Autor: Fortini, Fernanda Antunes Guimarães
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8746840137633129
Primeiro orientador: Barbosa, Ivone Garcia
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8032275045906128
Primeiro membro da banca: Barbosa, Ivone Garcia
Segundo membro da banca: Soares, Marcos Antônio
Terceiro membro da banca: Teixeira, Ricardo Antônio Gonçalves
Resumo: A presente dissertação “A brincadeira das crianças de 0 a 3 anos no contexto da Educação Infantil: perspectivas na produção acadêmico-científica brasileira (1999-2015)” se constitui em um subprojeto da pesquisa intitulada “Políticas públicas e educação da infância em Goiás: história, concepções, projetos e práticas” – que está sendo desenvolvida pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas da Infância e sua Educação em Diferentes Contextos (NEPIEC) – e é um trabalho que integra a linha de pesquisa “Formação, profissionalização docente e práticaseducativas” do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Educação, da Universidade Federal de Goiás. Esta dissertação se propôs a apresentar resultados de uma investigação a partir de uma análise da produção acadêmico-científica brasileira, no período de 1999 a 2015, acerca da brincadeira da criança de 0 a 3 anos na perspectiva sócio- histórico-dialética, no contexto da Educação Infantil. Definimos como objetivo geral: conhecer e analisar a produção acadêmico-científica, no período de 1999 a 2015, sobre a brincadeira da criança de 0 a 3 anos de idade no contexto da Educação Infantil. E como objetivo específico: discutir as diferentes referências pelas quais se tem analisado a brincadeira infantil, destacando e compreendendo de que forma a perspectiva sócio-histórico-dialética discute a brincadeira da criança de 0 a 3 anos de idade. Decidimos investigar a brincadeira da criança de 0 a 3 anos de idade na referida perspectiva, no contexto da Educação Infantil, com o objetivo principal de responder a seguinte questão: como estão constituídas/configuradas as discussões sobre a brincadeira da criança nessa faixa etária na produção acadêmico-científica no período de 1999 a 2015 e, em especial, segundo uma perspectiva sócio-histórico-dialética? Para responder a esta questão, procedemos à um levantamento bibliográfico sobre a temática em estudo em diferentes bases de dados consideradas representativas da produção acadêmico-científica no Brasil: CAPES, ANPED, IBICT. O processo investigativo se concretizou por meio da seguinte metodologia: pesquisa qualitativa do tipo teórico-bibliográfica. É uma dissertação teórica de base bibliográfica que propõe a releitura da produção acadêmico- científica do campo à luz do materialismo histórico-dialético, possivelmente com uma grande reflexão-crítica ao olhar da perspectiva sócio-histórico-dialética. Tivemos como referencial teórico os seguintes autores: Marx; Engels; Vigotski; Leontiev; Luria; Elkonin; Wallon; Barbosa. Verificamos em nossa análise que há uma vasta discussão sobre a brincadeira da criança de 0 a 3 anos em diversas perspectivas teóricas e metodológicas. Independente do referencial teórico todos os trabalhos analisados concebem a brincadeira como elemento fundante da aprendizagem e do desenvolvimento infantil. Entretanto, os autores constatam em suas pesquisas que as concepções de brincadeira por parte dos profissionais da educação é uma concepção de instrumentalização da brincadeira enquanto recurso didático-pedagógico, não proporcionando espaço e tempo para as crianças brincarem na Educação Infantil, e não valorizando a brincadeira como atividade principal que gera as mudanças mais significativas no psiquismo infantil.
Abstract: The present dissertation "The play of children from 0 to 3 years in the context of Early Childhood Education: perspectives in the Brazilian academic-scientific production (1999- 2015)" is a subproject of the research entitled "Public policies and childhood education in Goiás: history, conceptions, projects and practices "- which is being developed by the Center for Studies and Research of Childhood and its Education in Different Contexts (NEPIEC) - and is a work that integrates the research line" Training, teacher professionalization and educational practices " of the Post-Graduation Program in Education, Faculty of Education, Federal University of Goiás. This dissertation proposed to present results of an investigation based on an analysis of the Brazilian academic-scientific production, from 1999 to 2015, about of the child's play from 0 to 3 years in the social-historical-dialectic perspective, in the context of Educ Children's action. We defined as a general objective: to know and analyze the academic-scientific production, from 1999 to 2015, on the play of children from 0 to 3 years of age in the context of Early Childhood Education. And as a specific objective: to discuss the different references for which the child's play has been analyzed, highlighting and understanding how the socio-historical-dialectic perspective discusses the play of the child from 0 to 3 years old. We decided to investigate the child's play from 0 to 3 years of age in this perspective, in the context of Early Childhood Education, with the main objective of answering the following question: how are the discussions about the child's play in this age group in the production academic period from 1999 to 2015 and, in particular, from a socio- historical-dialectical perspective? To answer this question, we proceeded to a bibliographical survey about the subject under study in different databases considered representative of the academic-scientific production in Brazil: CAPES, ANPED, IBICT. The investigative process was accomplished through the following methodology: qualitative research of the theoretical- bibliographic type. It is a theoretical dissertation based on bibliography that proposes the re- reading of the academic-scientific production of the field in the light of historical-dialectical materialism, possibly with a great critical-reflection to the socio-historical-dialectical perspective. We had as theoretical reference the following authors: Marx; Engels; Vigotski; Leontiev; Luria; Elkonin; Wallon; Barbosa. We verified in our analysis that there is a wide discussion about the child's play from 0 to 3 years in diverse theoretical and methodological perspectives. Regardless of the theoretical reference, all the works analyzed conceive play asa fundamental element of learning and child development. However, the authors note in their research that conceptions of play by educational professionals is a conception of instrumentalization of play as a didactic-pedagogical resource, not providing space and time for children to play in Infant Education, and not valuing the play as the main activity that generates the most significant changes in the infant psyche.
Palavras-chave: Brincadeira
Criança de 0 a 3 anos
Educação Infantil
Produção acadêmico-científica brasileira
Play
Child from 0 to 3 years
Child education
Brazilian academic-scientific production
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Educação (FE)
Citação: FORTINI, F. A. G. A brincadeira das crianças de 0 a 3 anos no contexto da educação infantil: perspectivas na produção acadêmico- científica brasileira (1999-2015). 2018. 196 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9224
Data de defesa: 26-Set-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Fernanda Antunes Guimarães Fortini - 2018.pdf2,26 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons