Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9226
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise das contribuições de uma regional de saúde do estado de Goiás na governança interfederativa da região
Título(s) alternativo(s): Analysis of the contributions of a regional health service of the state of Goiás in the governance of the region
Autor: Mendes, Patrícia Freitas
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/471541965468230
Primeiro orientador: Pereira, Edsaura Maria
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8820722314388248
Primeiro coorientador: Silva, Marilúcia Batista Antônio
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/9435306631014870
Primeiro membro da banca: Pereira, Edsaura Maria
Segundo membro da banca: Souza, Marta Rovery de
Terceiro membro da banca: Freitas, Revalino Antônio de
Quarto membro da banca: Silva, Marilúcia Batista Antônio
Resumo: Introdução: A Secretaria de Saúde de Goiás possui 18 Regionais de Saúde atuando como apoio administrativo para articular, aperfeiçoar e planejar a oferta dos serviços de saúde, identificando prioridades para intervenção de modo a possibilitar maior acesso dos cidadãos aos serviços. A Regional de Saúde Pireneus, situada na macrorregião Centro- norte é responsável pelo apoio a uma região que contempla dez municípios, com uma população de 500.652 pessoas. A compreensão acerca do potencial da Regional de Saúde como participante de orientações das ações da saúde coletiva na região pode favorecer a cooperação de cada uma das partes que compõe a região de saúde. Objetivo: Analisar a atuação da Regional de Saúde Pireneus do Estado de Goiás frente ao processo de regionalização do SUS. Metodologia: Estudo misto, descritivo, qualitativo, utilizando questionário aplicado aos servidores da Regional de Saúde Pireneus, pesquisa documental e entrevista em grupo focal com representantes dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde e instâncias colegiadas de articulação interfederativa (CIB, CIR e COSEMS). A análise e compreensão dos dados coletados se deram pela categorização das informações, através de planilhas e figuras formuladas no Microsoft Office (Excel) e pela utilização do software MAXQDA 2018. Resultados: Foi possível correlacionar o perfil demográfico e a força de trabalho da Regional de Saúde Pireneus, relacionar as ações realizadas e o nível de satisfação dos servidores e discutir as relações político-administrativas da Regional de Saúde Pireneus.Quanto às contribuições da Regional de Saúde para a região a ela jurisdicionada observou-se que a equipe possui capacidade técnica suficiente para o apoio aos municípios e região e realiza função administrativa e de apoio à região. Quanto às fragilidades apontadas destacam-se, pouca integração entre os setores da regional, dificuldade no monitoramento das ações e serviços realizados por esta regional e ausência do diagnóstico situacional da região com realização das ações de acordo com a demanda devido à insuficiência de recursos humanos. Considerações Finais: Essa pesquisa contribuiu para identificar pontos fortes e fragilidades da Regional de Saúde Pireneus com vistas a subsidiar a delimitação das suas responsabilidades e atribuições. Considera-se a importância de ampliar a capacidade técnica dos profissionais que trabalham na Regional estudada, institucionalizar processos de planejamento em todos os setores utilizando o monitoramento e avaliação das ações executadas, fortalecendo e incentivando o maior comprometimento dos servidores da instituição. Essa ação pode contribuir com o apoio às necessidades técnicas dos municípios, impulsionando a organização dos serviços de saúde de forma regional definida pelos municípios e estado, na efetivação, consolidação e gerenciamento das redes de atenção à saúde segundo as necessidades da região.
Abstract: Introduction: The Health Department of Goiás has 18 Health Regions acting as administrative support to articulate, refine and plan the health services offer, identifying priorities for intervention in order to allow greater access of citizens to services. The Pireneus Health Region, located within the central-north macroregion, is responsible for supporting a region that includes 10 municipalities, with a population of 500,652 people. Understanding the potential of Regional Health as a participant in guidelines for collective health actions in the region may favor the cooperation of each of the parts that make up the health region. Objective: To analyze the performance of the Regional of Pireneus Health of the State of Goiás before the process of regionalization of SUS. Methodology: Mixed, descriptive and qualitative study, using questionnaire applied to the servers of the Regional Health of the Pyrenees; documentary research and focal group interview with representatives of the workers of the Unified Health System and collegiate bodies of interfederative articulation (CIB, CIR and COSEMS). The analysis and comprehension of the data collected was based on the categorization of information, through spreadsheets and figures formulated in Microsoft Office (Excel) and by the use of MAXQDA 2018 software. Results: It was possible to correlate the demographic profile and the workforce of the Pireneus Health Region, to relate the actions performed and the level of satisfaction of the employees, and to discuss the political-administrative relations of the Pireneus Health Region. Regarding the Regional Health contributions to the region it was observed, it was observed that the team has sufficient technical capacity to support the municipalities and region and perform the administrative and support function for the region. As for the weaknesses pointed out, there is little integration among the regional sectors, difficulty in monitoring the actions and services carried out by the region, and absence of the situational diagnosis of the region with the implementation of the actions according to the demand due to insufficient human resources. Considerations: This research contributed to identify strengths and fragilities of the Pyrenean Health Region in order to subsidize the delimitation of its responsibilities and attributions. It is considered important to expand the technical capacity of professionals working in the region studied, institutionalize planning processes in all sectors using the monitoring and evaluation of actions performed, strengthening and encouraging the greater commitment of the institution's employees. This action can contribute to the technical needs of the municipalities, boosting the organization of health services in a regional manner defined by the municipalities and state, in the implementation, consolidation and management of health care networks according to the needs of the region.
Palavras-chave: Saúde coletiva
Descentralização
Regionalização
Governança
Collective health
Decentralization
Regional health
Planning
Governance
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PRPG)
Citação: MENDES, Patrícia Freitas. Análise das contribuições de uma regional de saúde do estado de Goiás na governança interfederativa da região. 2018. 111 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9226
Data de defesa: 14-Dez-2018
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Saúde Coletiva (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Patrícia Freitas Mendes - 2018.pdf2,53 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons