Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9283
Tipo do documento: Dissertação
Título: O burocrata de médio escalão na implementação de políticas públicas: o caso REUNI na Universidade Federal de Goiás
Título(s) alternativo(s): The mid-level bureaucrat in the implementation of public policies: the REUNI case at the Federal University of Goiás
Autor: Novato, Valéria de Oliveira Lemos
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8894889295494001
Primeiro orientador: Najberg, Estela
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/9181719235039514
Primeiro membro da banca: Najberg, Estela
Segundo membro da banca: Ferreira, Vicente da Rocha Soares
Terceiro membro da banca: Lotta, Gabriela Spanghero
Resumo: Esta pesquisa pretendeu analisar a percepção dos Burocratas de Médio Escalão na implementação do REUNI no âmbito da UFG no período de 2007 a 2012. Tal objetivo se deu em função da importância de compreender quem são e o que fazem esses BME’s em instituições públicas como contribuição para a superação do aparente limbo conceitual do tema, e ainda de estudá-los sob a perspectiva de uma política pública já implementada. Para tanto, o estudo foi feito por meio do estudo de caso, com pesquisa documental, observação em campo e entrevista com o auxílio de roteiro semiestruturado aos BME’s implementadores do REUNI na UFG. Os objetivos específicos do trabalho e o roteiro semiestruturado foram categorizados pelos seguintes fatores apontados pela literatura: (i)- Estrutural, (ii)- Humano, (iii)- Política Pública e (iv)- Estado; por meio da Análise de Conteúdo foi possível extrair dados descritivos e análises qualitativas. Os resultados apontaram que a UFG não conseguiu atender às Metas Globais do programa, porém cumpriu a maioria das Diretrizes estipuladas pelo MEC em decreto, com destaque para a Ampliação de políticas de inclusão e assistência estudantil, passando de uma universidade “elitizada” para “igualitária”. Ressalta-se como ponto positivo a satisfação pessoal dos BME’s em implementar uma política pública afirmativa e a confiança entre os implementadores e suas equipes. Como ponto negativo, evidencia-se a regulamentação da política considerada como engessada, o que dificultou a sua customização frente aos obstáculos constatados pelos atores envolvidos no momento da implementação. Conclui-se que de forma unânime todos os BME’s reconhecem a grande importância do REUNI na UFG em termos estruturais, de pessoal e de ensino, além das ações afirmativas e assistenciais, e que o papel dos BME’s poderia ser mais bem desempenhado se houvesse uma preparação técnica e emocional apropriada para isso.
Abstract: This research aimed to analyze the perception of the Mid-level Bureaucrats (BME’s) in the implementation of the REUNI in the scope of the UFG in the period from 2007 to 2012. This objective was based on the importance of understanding who are and what these BME’s do in public institutions as a contribution to the overcoming of the apparent conceptual limbo of the theme, and still to study them from the perspective of a public policy already implemented. For that, the study was done through the case study, with documentary research, observation in the field and interview with the aid of semi-structured script to the implementing BMEs of REUNI in the UFG. The specific objectives of the work and the semi-structured script were categorized by the following factors: (i) - Structural, (ii) - Human, (iii) - Public Policy and (iv) - State. Through the Content Analysis it was possible to extract descriptive data and qualitative analyzes. The results showed that the UFG was unable to meet the program's Global Goals, although it complied with most of the Guidelines stipulated by the MEC in decree. With emphasis on the expansion of policies of inclusion and student assistance, moving from an "elite" to an "egalitarian" university. The BME's personal satisfaction in implementing an affirmative public policy and trust between the implementers and their teams stands out as a positive point. As a negative point, the regulation of the policy considered as cast is highlighted, which made it difficult to customize the same in front of the obstacles observed by the actors involved at the moment of implementation. It is concluded that unanimously all BME’s recognize the great importance of REUNI in the UFG in terms of structure, personnel and teaching, as well as affirmative and assistance actions. And that the role of BME's could be better fulfilled if there were better technical and emotional preparation for this.
Palavras-chave: Burocracia de médio escalão
BME
Políticas públicas educacionais
REUNI
Implementação de políticas públicas
Mid-level bureaucrats
BME
Public educational policies
REUNI
Implementation of public policies
Área(s) do CNPq: ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas - FACE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Administração (FACE)
Citação: NOVATO, V. O. L. O burocrata de médio escalão na implementação de políticas públicas: o caso REUNI na Universidade Federal de Goiás. 2019. 85 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9283
Data de defesa: 6-Fev-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Administração (FACE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Valéria de Oliveira Lemos Novato - 2019.pdf1,37 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons