Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9455
Tipo do documento: Dissertação
Título: Concepções de infância e sua relação com o conhecimento psicológico em Goiás: um recorte histórico
Título(s) alternativo(s): Conceptions of childhood and its relation with psychological knowledge in Goiás: a historical snippet
Autor: Silva, Natielly Pryscilla
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8852782991113303
Primeiro orientador: Rodrigues, Anderson de Brito
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3108480037296614
Primeiro membro da banca: Rodrigues, Anderson de Brito
Segundo membro da banca: Resende, Maria do Rosário Silva
Terceiro membro da banca: Pinto, Rúbia-Mar Nunes
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo investigar através de uma pesquisa histórica voltada para a Revista de Educação do Estado de Goiás, quais eram as concepções de infância existentes em Goiás na época de circulação da revista e entender se há relações entre o conhecimento psicológico e o processo de elaboração dessas concepções. Tal recorte se deu em função de a revista ter funcionado como um importante veículo de comunicação do Estado, no que diz respeito aos assuntos vinculados à educação, psicologia e infância, tendo circulado no período entre 1937 a 1962, passando por distintas nomenclaturas e fases. Sua existência foi concomitante ao momento de modernização do território goiano que trouxe como consequência maior enfoque na infância e no desenvolvimento de perspectivas diferentes sobre ela, como parte deste processo transformativo, principalmente por meio do movimento escolanovista. Este estudo se viabilizou através de uma análise documental e revisão bibliográfica pautada em livros, artigos científicos, legislações, dissertações, teses e demais publicações nas quais foram investigadas as concepções de infância como construções históricas, tanto em contexto global, quanto no Brasil e, sobretudo, em Goiás. Parte-se do entendimento de que a psicologia mantém uma relação estreita com a educação e a infância desde seu surgimento como ciência no Brasil e em Goiás, o que contrasta com a existência de uma quantidade reduzida de pesquisas acadêmicas envolvendo história e psicologia em contexto regional, analisando a partir de que momento a psicologia colabora com as reflexões acerca da infância goiana. A pesquisa permitiu encontrar uma visão da criança acompanhada da carga moralizadora, associada a uma história da infância e da educação infantil tradicionalmente marcada por propostas que visam acompanhar e favorecer o desenvolvimento natural da criança, isolando-a como elemento único da relação pedagógica e deslocando suas raízes históricas, culturais e sociais.
Abstract: The present work aims to investigate through a historical research based on the “Revista de Educação do Estado de Goiás”, which were the conceptions of childhood that existed in Goiás during the period of circulation of the journal and to understand if the psychological knowledge and the process of elaboration of these conceptions are related. This was due to the fact that the magazine functioned as an important communication vehicle of the State in terms of subjects related to education, psychology and childhood, that circulated in the period between 1937 and 1962, passing through different nomenclatures and phases. Its existence was concomitant to the moment of modernization of the territory of Goiás that resulted on a greater focus on childhood and the development of different perspectives about it, as a part of the transformation process, especially through the escolanovista movement. This study was made possible through a documentary analysis and bibliographic review based on books, scientific articles, legislations, dissertations, theses and other publications in which the conceptions of childhood as historical constructions were investigated both in the global context and in Brazil and, above all, in Goiás. It is based on the understanding that psychology keeps a close relationship with education and childhood since its emergence as a science in Brazil and Goiás, which contrasts with the existence of a reduced amount of academic research involving history and psychology on a regional context, analyzing from what moment the psychology collaborates with the reflections about the goiana childhood. The research allowed to find a vision of the child followed by the moralizing burden, related to the history of the education of children and children traditionally marked by proposals that aim to follow and favor the natural development of the child, isolating it as a unique element of the pedagogical relationship and displacing its historical, cultural and social roots.
Palavras-chave: Infância em Goiás
Psicologia em Goiás
História
Childhood in Goiás
History
Psychology in Goiás
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Educação - FE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia (FE)
Citação: SILVA, N. P. Concepções de infância e sua relação com o conhecimento psicológico em Goiás: um recorte histórico. 2019. 204 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9455
Data de defesa: 7-Mar-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Natielly Pryscilla Silva - 2019.pdf2,21 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons