Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9569
Tipo do documento: Dissertação
Título: O pixo como ato político
Título(s) alternativo(s): Brazilian graffiti as na political act
Autor: Cunha, Marcelo Perini Peralta
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/5871901656006741
Primeiro orientador: Britto, Pedro Dultra
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3392969122990264
Primeiro membro da banca: Britto, Pedro Dultra
Segundo membro da banca: Amaral, Camilo Vladimir de Lima
Terceiro membro da banca: Fonseca, Carolina Ferreira da
Resumo: O presente trabalho foca em analisar o Picho como uma forma de intervenção urbana distinta de outras como o grafite e a arte de rua. Abordamos primeiramente essa separação entre grafite e picho que só ocorre no Brasil. Analisamos como são atividades que possuem uma relação paradoxal aonde o grafite é aceito como uma obra de arte legítima e transformado em mais uma mercadoria cultural das cidades, assim como uma forma de atuação no meio urbano para promover sua valorização, enquanto o picho se nega a seguir essa linha e se mantém propositalmente ilegal, constantemente questionando o caráter público de nossas cidades e seu gerenciamento estratégico mercadológico. Se fazendo assim, um ato inegavelmente político de contestação da forma com que as cidades são geridas atualmente e como podem ser apropriadas pelos seus citadinos.
Abstract: The present work focuses on analyzing picho as a form of urban intervention distinct from others such as graffiti and street art. We first approach this separation between graffiti and picho that occurs only in Brazil. We analyze how they are activities that have a paradoxical relationship where graffiti is accepted as a legitimate work of art and transformed into another cultural commodity of the cities, as well as a way of acting in the urban environment to promote its valorization, while picho refuses to follow this line and remain deliberately illegal, constantly questioning the public character of our cities and their strategic marketing management. By doing so, it is an undeniably political act of contesting the way cities are managed today and how they can be appropriated by their citizens.
Palavras-chave: Picho
Política
Urbanismo
Graffiti
Politics
Urbanism
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Artes Visuais - FAV (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Projeto e Cidade (FAV)
Citação: CUNHA, M. P. P. O pixo como ato político. 2019. 145 f. Dissertação (Mestrado em Projeto e Cidade) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9569
Data de defesa: 27-Mar-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Projeto e Cidade (FAV)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Marcelo Perini Peralta Cunha - 2019.pdf3,62 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons