Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9597
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cinema em Goiás: quando tudo começou... (1960-1970)
Título(s) alternativo(s): Cinema in Goiás: when everything started... (1960-1970)
Autor: Silva, Túlio Henrique Queiroz e
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/7000845546892707
Primeiro orientador: Nazareno, Elias
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1486334927436240
Primeiro membro da banca: Nazareno, Elias
Segundo membro da banca: Silva, Ademir Luiz da
Terceiro membro da banca: Vilela, Ana Lúcia Oliveira
Resumo: Esse trabalho tem como objetivo principal o estudo sobre a trajetória de três artistas goianos pioneiros na produção cinematográfica em Goiás, sendo eles: Cici Pinheiro, João Bennio e Jocelan Melquíades de Jesus. Para esse objetivo, utilizamos a metodologia de análise fílmica ressaltando alguns dispositivos cinematográficos nas obras de modo que nos permitam compará-las com outras produções e movimentos cinematográficos, além dos estudos das trajetórias artísticas de cada personalidade abordada. Os filmes analisados compreendem as décadas de 1960 e 1970, sendo: O Diabo Mora no Sangue (1966), Tempo de Violência (1969), ambos produzidos por Bennio; Simeão, o Boêmio (1970), O Azarento, um Homem de Sorte (1973), dirigidos e produzidos também por Bennio; e A Fraude (1968), dirigido por Jocelan Melquíades de Jesus. Vale ressaltar que a obra pioneira de Cici Pinheiro, O Ermitão de Muquém (1966), não chegou a ser finalizada por falta de financiamento e por isso nosdetivemos na trajetória artística de Pinheiro até sua primeira tentativa de produção cinematográfica. Através dessas análises foi possível compreender as “escolas” a partir das quais esses filmes foram influenciados e, também, influenciaram, pois, como essa pesquisa demonstrará, uma série de artistas que se consagraram no mercado audiovisual brasileiro posteriormente estiveram diretamente envolvidos com alguns desses projetos analisados, como foi o caso de Cecil Thiré, que estreou como diretor em O Diabo Mora no Sangue, como também Carlos Reichenbach que dirigiu a fotografia de A Fraude, entre outros.
Abstract: This work has as main purpose the study on the trajectory of the three artists from Goiás pioneers in cinematographic production in this state, being them: Cici Pinheiro, João Bennio e Jocelan Melquíades de Jesus; and also of the film analysis of five works carried out to Bennio and Jocelan M. Jesus. For this purpose, we used the methodology of film analysis highlighting some cinematographic elements in the Works to the extent that they allow us to compare them with other cinematographic productions and cinematic movements, besides the studies of the artistic trajectories of each personality approached. The films analyzed are from the 1960s and 1970s, being: O Diabo Mora no Sangue (1966), Tempo de Violência (1969), both produced by Bennio; Simeão, o Boêmio (1970), O Azarento, um Homem de Sorte (1973), directed and produced by Bennio; and A Fraude (1968), directed pby Jocelan Melquíades de Jesus. It is noteworthy that the pioneering work of Cici Pinheiro, O Ermitão de Muquém (1966), did not get finalized and for that reason we stopped in the artistic trajectory of Pinheiro until its first attempt of cinematographic production. . Through these analyzes it was possible to understand the “schools” from which these films were influenced, and also influenced, therefore, how this research will demonstrate, a series of artists that were consecrated in the Brazilian audiovisual market later were directly involved with some of these projects analyzed, as was the case with Cecil Thiré, who made his debut as a film diretor in O Diabo Mora no Sangue, as well as Carlos Reichenbach who directed the photography of A Fraude, among others.
Palavras-chave: Cinema em Goiás
Cinema in Goiás
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de História - FH (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em História (FH)
Citação: SILVA, T. H. Q. Cinema em Goiás: quando tudo começou... (1960-1970). 2018. 128 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9597
Data de defesa: 28-Ago-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em História (FH)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Túlio Henrique Queiroz e Silva - 2018.pdf2,95 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons