Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9732
Tipo do documento: Tese
Título: Fatores clínicos e laboratoriais discriminantes nos diferentes estádios da doença renal crônica em cães
Título(s) alternativo(s): Discriminating clinical and laboratory factors in the different stages of chronic kidney disease in dogs
Autor: Queiroz, Layla Livia de
Currículo Lattes do Autor: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4484096U6
Primeiro orientador: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4784183Z1
Primeiro coorientador: Borges, Naida Cristina
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4799386Y5
Primeiro membro da banca: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Segundo membro da banca: Silva, Luciano Schneider da
Terceiro membro da banca: Naguetini, Alessandra Vitorino
Quarto membro da banca: Martins, Danieli Brolo
Quinto membro da banca: Carvalho, Rosângela Oliveira Alves de
Resumo: A doença renal crônica (DRC) é uma condição progressiva e irreversível que acomete grande parcela da população de cães. Diante da importância dessa doença, objetivou-se fazer uma análise estatística multivariada de resultados de avaliações clínicas e exames laboratoriais de 142 cães nos diferentes estádios da doença para obtenção de uma nova forma de avaliar esses dados. Os resultados demonstraram alta relação entre a ocorrência de doenças nos dois últimos anos com o início da DRC. Os principais sinais clínicos da doença foram poliúria, polidipsia, vômito e diarreia. Fósforo, ureia e creatinina apresentaram alta correlação positiva. E esses apresentaram alta correlação negativa com o cálcio. Albumina e globulinas apresentaram correlação forte e negativa. Houve correlação forte e negativa entre proteinúria e densidade urinária. A acidose metabólica foi uma alteração importante a partir do estádio IRIS 3. Em um segundo momento do estudo foram realizados proteinogramas séricos com gel de poliacrilamida contendo dodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE) para avaliação das proteínas de fase aguda (PFAs) de 63 cães com DRC em diferentes estádios e diferentes momentos. Com os resultados obtidos concluiu-se que haptoglobina e a PFA com peso molecular de 23kDa são PFAs positivas para DRC, não discriminando os diferentes estádios da doença. A α-1 antitripsina tem comportamento de PFA negativa e discrimina o estádio mais grave, IRIS 4, podendo ser utilizada como indicador de prognóstico na DRC em cães. A IgG cadeia pesada é uma PFA positiva, que apresenta elevação gradual e maiores valores em IRIS 3.
Abstract: Chronic kidney disease (CKD) is a progressive and irreversible disease that affects a large number of dogs. Considering the importance of this disease, it was aimed to perform a multivariate statistical analysis of the results of clinical evaluations and laboratory tests of 142 dogs at different stages of the disease to establish a new way to evaluate these data. The results showed a high relation between the ocurrance of diseases within the last two years and the onset of CKD. The disease’s main clinical signs were polyuria, polydipsia, vomiting and diarrhea. Phosphorus, urea and creatinine showed a high positive correlation and they showed a high negative correlation with calcium. Albumin and globulins showed a strong negative correlation. There was a strong negative correlation between proteinuria and urinary density. Metabolic acidosis was an important abnormality present on IRIS 3 stage onwards. Serum proteinograms with polyacrylamide gel containing sodium dodecyl sulfate (SDS-PAGE) were used to evaluate the acute phase proteins (APPs) of 63 dogs with CKD at different stages and at different times. With the results it was concluded that haptoglobin and the APP with molecular weight of 23kDa are positive APPs in CKD, not differentiating between the different stages of the disease. α-1 antitripsin behaves as a negative APP and differentiates the most severe stage, IRIS 4, and can be used as an indicator of prognosis in CKD in dogs. The heavy chain IgG is a positive APP, presenting gradual elevation and higher values in IRIS 3.
Palavras-chave: Análise multivariada
Caninos
Eletroforese
Nefropatia
Proteinograma canines
Eletrophoresis
Multivariate analysis
Nephropathy
Proteinogram
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: QUEIROZ, L. L. Fatores clínicos e laboratoriais discriminantes nos diferentes estádios da doença renal crônica em cães. 2019. 91 f. Tese (Doutorado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9732
Data de defesa: 28-Mai-2019
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciência Animal (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Layla Livia de Queiroz - 2019.pdf2,27 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons