Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9804
Tipo do documento: Dissertação
Título: Qualidade de vida de usuários de drogas ilícitas em atendimento em um centro de atenção psicossocial álcool e drogas
Título(s) alternativo(s): Quality of life in users of illicit drugs in care in a psychosocial care center alcohol and drugs
Autor: Campêlo, Selva Rios
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/0819380201823357
Primeiro orientador: Barbosa, Maria Alves
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/5025797873585225
Primeiro membro da banca: Barbosa, Maria Alves
Segundo membro da banca: Porto, Celmo Celeno
Terceiro membro da banca: Caixeta, Camila Cardoso
Quarto membro da banca: Dias, Danilo Rocha
Quinto membro da banca: Oliveira, Lizete Malagoni de Almeida Cavalcante
Resumo: O objetivo principal deste estudo foi investigar as relações entre uso de drogas ilícitas e Qualidade de Vida em usuários em atendimento em um Centro de Atenção Psicossocial álcool e drogas (CAPSad). Metodologia: Revisão de literatura de instrumentos de Qualidade de Vida e sua finalidade em pesquisas com usuários em tratamento para abuso e dependência de substâncias orientou a escolha do instrumento de Qualidade de Vida a ser utilizado neste estudo. Para responder o principal objetivo da pesquisa foi realizado estudo transversal com 60 usuários de drogas ilícitas em atendimento em um CAPSad. Foram utilizados os instrumentos WHOQOL-Bref para mensurar a Qualidade de Vida nos domínios físico, psicológico, social e ambiental, ASI-6 para investigar a gravidade da dependência nas dimensões drogas, família/criança, álcool, psiquiátrica, médica, legal, emprego, apoio sócio familiar, problema sócio familiar, e MINI para identificar a presença de transtornos psiquiátricos de ansiedade, humor, psicóticos e de personalidade antissocial. Análise estatística foi realizada com testes de correlação de Pearson e de Spearman para verificar a associação entre a gravidade da dependência e a Qualidade de Vida e teste T de Student para a comparação da Qualidade de Vida em grupos de usuários com e sem comorbidades psiquiátricas. Resultados: A revisão de literatura mostrou que os instrumentos genéricos de Qualidade de Vida SF-36 e o WHOQOL- Bref são os mais utilizados na área da dependência, sendo que ainda não existem instrumentos específicos validadados no Brasil. O WHOQOL-Bref foi escolhido por ser um instrumento que avalia a satisfação do sujeito com a vida de forma global, incluindo área ambiental, o que está mais relacionado ao tratamento proposto pelo CAPSad, que visa a recuperação de usuários de drogas. Houve correlação negativa significativa de fraca a moderada entre a gravidade da dependência avaliada pelo ASI-6, nas dimensões drogas, álcool, psiquiátrica, médica, legal, apoio sócio familiar e problema sócio familiar, e os domínios de Qualidade de Vida avaliados pelo WHOQOL-Bref. As evidências foram mais fortes nas dimensões psiquiátrica e médica e mais fracas em apoio sócio familiar, problema sócio familiar e legal. Houve diferença significativa nas médias de Qualidade de Vida entre os que apresentaram comorbidades psiquiátricas e os que não apresentaram, para o domínio psicológico no transtorno de ansiedade, e para os domínios físico e psicológico no transtorno de humor. Conclusão: A Qualidade de Vida piorou a medida que a gravidade da dependência aumentou, com resultados diferentes nas várias áreas da vida dos usuários de drogas ilícitas, o que ressalta a necessidade de capacitações dos profissionais que atuam na área de Transtornos por Uso de Substâncias, para avaliações diagnósticas mais abrangentes, e intervenções terapêuticas mais apropriadas em cada área. Os resultados foram mais evidentes nas áreas médica e psiquiátrica, o que indica necessidade de maior atenção em relação as comorbidades médicas e psiquiátricas. Abstract:
Abstract: The aim of this study was to investigate the relationship between illicit drug use and Quality of Life for users treated in a Psychosocial Care Center alcohol and drugs (CAPSad). Methodology: Literature review of Quality of Life instruments and its purpose in research with users in treatment for abuse and substance dependence guided the choice of Quality of Life instrument to be used in this study. To answer the main objective of the study was cross-sectional study with 60 users of illicit drugs in care in a CAPSad. The instruments used were WHOQOL-Bref to measure the Quality of Life in the physical, psychological, social and environmental, ASI-6 to investigate the severity of dependence on the dimensions drugs, family/child, alcohol, psychiatric, medical, legal, employment, family social support, family social problem, and MINI to identify the presence of psychiatric disorders of anxiety, mood, psychotic and anti-social personality. Statistical analysis was performed with Pearson and Spearman correlation tests to verify the association between the severity of dependence and the Quality of Life and Student's T test to compare Quality of Life in user groups with and without psychiatric comorbidities. Results: The literature review showed that the generic Quality of Life instruments SF-36 and WHOQOL Bref are the most used in the field of addiction, and there are still no specific instruments validated in Brazil. The WHOQOL-Bref was chosen to be an instrument that assesses the satisfaction of the subject to life globally, including environmental area, which is more related to treatment proposed by CAPSad, aimed at recovering drug users. There was a significant negative correlation of weak to moderate between the severity of dependence assessed by the ASI-6, dimensions drugs, alcohol, psychiatric, medical, legal, family social support and family social problem, and Quality of Life domains assessed by the WHOQOL bref. The evidence was strongest in psychiatric and medical dimensions and weaker in family social support, family social problem and legal. There was a significant difference in mean qualityof life among those who had psychiatric comorbidities and those who did not, for the psychological domain in anxiety disorder, and for the physical and psychological domains in mood disorder. Conclusion: The Quality of Life worsened as the severity of dependence has increased, with different results in various areas of life of illicit drug users, which underscores the need for training of professionals working in Substance Use Disorders area, to more comprehensive diagnostic evaluations, and more appropriate therapeutic interventions in each area. The results were more evident in the medical and psychiatric fields, which indicates the need for greater attention in relation to medical and psychiatric comorbidities.
Palavras-chave: Qualidade de vida
Transtornos por uso de substância
Gravidade da dependência
Drogas ilícitas
Comorbidades psiquiátricas
Quality of life
Substance use disorders
Dependence severity
Illicit drugs
Psychiatric comorbidity
Área(s) do CNPq: SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (FM)
Citação: CAMPÊLO, Selva Rios. Qualidade de vida de usuários de drogas ilícitas em atendimento em um centro de atenção psicossocial álcool e drogas. 2016. 169 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9804
Data de defesa: 21-Set-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências da Saúde (FM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao- Selva Rios Campêlo - 2016 - parte 1.pdf16,77 MBAdobe PDFBaixar/Abrir
Dissertacao-Selva Rios Campêlo - 2016 - parte 2.pdf13,21 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons