Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9837
Tipo do documento: Dissertação
Título: A produção de milho no sudoeste goiano: espacialização, cadeia produtiva e complementaridade
Título(s) alternativo(s): The corn production from southwest goiano: espacialization, production belt and
Autor: Souza Neto, João Marques de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3461597871853647
Primeiro orientador: Borges, Ronan Eustáquio
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/3781116210567482
Primeiro membro da banca: Borges, Ronan Eustáquio
Segundo membro da banca: Chaveiro, Eguimar Felício
Terceiro membro da banca: Silva, Lorranne Gomes da
Resumo: O conceito de cadeia produtiva se constitui por um conjunto de ações econômicas e comerciais que consistem na valorização dos meios de produção e na sucessão de operações de transformações, capazes de serem separadas e ligadas entre si por encadeamento técnico e por relações financeiras e comerciais. Uma cadeia de produção agroindustrial pode ser dividida entre jusante (produto final) e a montante (matéria-prima); no caso da cadeia do milho, os limites dessa visão não são, às vezes, facilmente identificáveis. Isto posot, o objetivo geral da pesquisa foi analisar a produção de milho no contexto da produção agrícola regional, identificando às áreas de plantio, as tecnologias utilizadas, as propriedades produtoras, as finalidades da produção e a produção nas áreas de agricultura camponesa. Como objetivos específicos têm-se: (i) perceber e identificar o processo de formação da cadeia produtiva, identificando políticas públicas, o processo da chegado do pacote conhecido como Revolução Verde e de modernização do campo para compreender a lógica de formação do Sudoeste Goiano; e (ii) demostrar a cadeia produtiva do milho no Sudoeste de Goiás, analisando a cadeia dentro da realidade regional. Os procedimentos metodológicos se basearam em revisão bibliográfica de importantes conceitos geográficos (região, território e paisagem), bem como da evolução do campo brasileiro e inserção do Centro-Oeste na dinâmica agrícola do país. Além disso, a pesquisa se fundamentou no levantamento de dados secundários e primários, por meio de pesquisa em publicações de órgãos oficiais (FAO, IBGE e IMB) e realização de trabalho de campo, o que possibilitou um olhar mais crítico e sensível da cadeia produtiva do milho. De maneira resumida, foi possível identificar as complexas relações presentes na cadeia em estudo, bem como a produção em larga escala do milho e a concentração fundiária da área em estudo.
Abstract: The concept of the productive chain is constituted by a set of economic and commercial actions that consist in valorization of the means of production and in the succession of operations of transformations, capable of being separated and linked by technical chaining and by financial and commercial relations. An agroindustrial production chain can be divided upstream (end product) and upstream (raw material); in the case of the maize chain, the limits of this view are sometimes not readily identifiable. The general objective of the research was to analyze the production of maize in the context of regional agricultural production, identifying to the areas of planting, the technologies used, the producing properties, the purposes of production and the production in the areas of peasant agriculture. Specific objectives include: (i) understanding and identifying the process of formation of the productive chain, identifying public policies, the process of arriving at the package known as the Green Revolution and modernizing the field to understand the formation logic of Southwest Goiás; and (ii) demonstrate the production chain of maize in the Southwest of Goiás, analyzing the chain within the regional reality. The methodological procedures were based on a bibliographical review of important geographic concepts (region, territory and landscape), as well as the evolution of the Brazilian countryside and the insertion of the Midwest in the country's agricultural dynamics. In addition, the research was based on the collection of secondary and primary data, through research in official publications (FAO, IBGE and IMB) and field work, which allowed a more critical and sensitive view of the maize production chain. In summary, it was possible to identify the complex relationships present in the chain under study, as well as the large-scale production of maize and the concentration of land in the study area.
Palavras-chave: Milho
Cadeia produtiva
Sudoeste goiano
Corn
Productive belt
Southwest goiano
Área(s) do CNPq: GEOGRAFIA REGIONAL::ANALISE REGIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA)
Citação: SOUZA NETO, João Marques de. A produção de milho no sudoeste goiano: espacialização, cadeia produtiva e complementaridade. 2019. 87 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9837
Data de defesa: 10-Mai-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia (IESA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - João Marques de Souza Neto - 2019.pdf3,73 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons